A FORMAÇÃO DE UM LIDER
313 pág.

A FORMAÇÃO DE UM LIDER


DisciplinaR110 materiais261 seguidores
Pré-visualização50 páginas
não querem fazer nada além de ficar sentadas no sofá, 
comendo salgadinhos e assistindo às novelas, logo você estará fazendo o mesmo. 
Não adianta nada dizer: "Queria me sentir daquela forma". Você precisa 
decidir fazer algo com relação ao que sente. Se você quer ter vitória sobre seus 
sentimentos, fará tudo o que for preciso para alcançar o que quer. Mas se você 
não quer ter essa vitória, ninguém conseguirá fazer com que você queira a ponto 
de fazer algo para alcançá-la. 
Temos de parar de choramingar, com pena de nós mesmos, desejando: 
"Queria ter isto. Queria não ter aquilo. Queria que meus pais me amassem mais. 
Queria ter mais dinheiro. Queria que minhas costas parassem de doer. Queria... 
queria... queria...". 
Eu fazia isso. Durante anos, eu ficava de lá para cá, querendo e querendo, 
até que o Senhor falou comigo: "Você pode ter auto-piedade ou ter poder, mas não 
ambos. Então, faça sua escolha". 
Anos mais tarde, li a seguinte frase: "As pessoas preferem esperar um golpe 
de sorte a dar duro para ter o que querem". E pensei: É verdade. 
Somente ficar querendo não resolve nada. Temos de trabalhar duro e fazer o 
que pudermos para conseguir o que queremos. 
Em Romanos 12.11, lemos: No zelo, não sejais remissos; sede fervorosos 
do espírito, servindo ao Senhor. Para que nossa chama sempre brilhe, temos de 
mantê-la acesa, queimando. 
E como mantemos a chama acesa? Descobri que a Palavra de Deus saindo 
de minha própria boca na forma de oração, louvor, pregação ou confissão é a 
melhor forma de alimentar o fogo. Ele reaviva o dom que tenho, mantém o fogo 
ardendo e impede que meu espírito esmoreça dentro de mim. 
O autor de Eclesiastes nos aconselha: Tudo quanto te viera mão para fazer, 
faze-o conforme tuas forças, porque no além [ou na sepultura], para onde tu vais, 
não há obra nem projetos, nem conhecimento, nem sabedoria alguma.5 Não há 
razão para ficarmos adiando as coisas. 
Isso, na realidade, seria passividade, e essa é uma das grandes armas que 
Satanás usa contra o povo de Deus. 
O adiamento e a preguiça são primos da passividade, e eles geralmente 
atacam em grupo. Uma pessoa passiva espera para ser empurrada por uma força 
externa antes de agir. Nós, porém, devemos ser motivados e guiados pelo Espírito 
Santo dentro de nós, não por forças externas. A melhor forma de nos prevenirmos 
contra o espírito de passividade é fazer as coisas agora e com todas as nossas 
forças. 
Lembre-se: tudo o que fizermos deve ser feito como se fosse para o Senhor 
e para Sua glória. Devemos fazer as coisas para Ele, por Ele, por meio dEle e com 
Ele. E devemos fazer de bom grado, com o coração reavivado dentro de nós. 
 
3. Um coração sábio 
Falarás também a todos os homens hábeis a quem 
enchi do espírito de sabedoria, 
que façam vestes para Amo para consagrá-lo, para que 
me ministre o oficio sacerdotal. 
Êxodo 28.3. 
 
Fico completamente estarrecida com algumas coisas tolas que fazemos. 
Ficamos questionando por que não temos as coisas que queremos na vida, sem 
perceber que basta observarmos o modo como agimos e teremos a resposta. 
No livro de Ageu, há um grupo de pessoas que estavam descontentes com 
as suas circunstâncias. A resposta de Deus para elas foi: "Reflitam sobre o seu 
passado (sua conduta anterior e atual) [...] vejam aonde os seus caminhos os 
levaram".6 
Podemos ter dons, mas, se temos dons e nenhuma sabedoria, os dons só 
irão nos causar problemas. Se quisermos nos sair bem no ministério, precisamos 
ter dons espirituais e sabedoria, mas lembremo-nos: precisamos de muito bom 
senso. Na verdade, a sabedoria é exatamente isso: o "bom e velho" bom senso. 
Não faz nenhum sentido adiar durante dezoito anos algo que Deus disse 
para fazer, mas os israelitas o adiaram e, ainda assim, não conseguiam 
compreender por que não estavam prosperando. Sim, o sucesso no ministério 
requer mais do que dons. 
Em Êxodo 35.30-33, Moisés fala aos israelitas sobre dons: 
 
Disse Moisés aos filhos de Israel: 
Eis que o Senhor chamou pelo nome a Bezalel, filho de Uri, 
filho de Hur, da tribo de Judá, e o Espírito de Deus 
o encheu de habilidade, inteligência e conhecimento 
em todo artifício, e para elaborar desenhos e trabalhar em ouro, 
em prata, em bronze, e para lapidação 
de pedras de engaste, e para entalho de madeira, 
e para toda sorte de lavores. 
Êxodo 35.30-33. 
 
Nessa passagem, Moisés fala com o povo de Deus que o Senhor encheu 
Bezalel de dons. 
Segundo a Bíblia, cada um de nós recebeu dons diferentes, todos para 
serem usados em benefício do Corpo de Cristo.7 Somos todos dotados de dons, 
uma forma ou de outra. Uma das coisas que precisamos fazer é exercer os nossos 
dons e parar de tentar ter o dom de outras pessoas. 
Alguns de nós estão tão ocupados tentando ter aquilo que o outro tem que 
nunca agem e fazem as próprias coisas. Isso geralmente acontece por 
insegurança, ou por não saberem quem são em Cristo, ou por não estarem 
satisfeitos em fazer aquilo que o Senhor lhes deu para fazer. 
Se Deus lhe deu uma função na igreja que não inclui ficar à frente e 
ministrar, então faça o que lhe cabe, pois, se você tentar se colocar à frente da 
igreja, acabará ficando insatisfeito ou não terá um bom desempenho. 
Deus dá dons a todos, mas muitos nunca chegam a usar os dons porque 
não usam a sabedoria. 
Em Êxodo 35.34-35, Moisés continua falando com os israelitas sobre os 
dons: 
Também lhe dispôs o coração para ensinar a outrem, a ele e a Aoliabe, filho 
de Aisamaque, da tribo de Dã. Encheu-os de [sabedoria8 e] habilidade para fazer 
toda obra de mestre, até a mais engenhosa, e a do bordador em estofo azul, em 
púrpura, em carmesim e em Unho fino, e a do tecelão, sem, toda sorte de obra e a 
elaborar desenhos. 
Quando li essa passagem pela primeira vez, sublinhei as palavras 
habilidade e sabedoria.9 Deus não nos dá somente habilidade; ele nos dá 
sabedoria para acompanhá-la. Dave e eu já vimos muitas pessoas enfrentando 
lutas no ministério não porque não tinham dons e talentos, mas porque não 
usavam a sabedoria. Devemos usar a sabedoria em tudo na vida, não importa se 
for ministério, negócio ou casamento. Por exemplo, uma mulher pode ser dotada 
de grande beleza, ou talvez seja extremamente talentosa; talvez seja capaz de 
cozinhar, cultivar uma horta; enfim, fazer tudo o que faz a mulher de Provérbios 31, 
mas se não usar a sabedoria, ela pode destruir completamente seu casamento. 
Em Provérbios 24.3, lemos: Com sabedoria edifica-se a casa (a vida, o lar, a 
família), e com a inteligência ela se firma [sobre um alicerce firme e sólido]. 
Em que áreas de nossa vida devemos empregar a sabedoria? Devemos 
usá-la no nosso modo de falar, de agir, de administrar nosso dinheiro, cumprir 
nossas responsabilidades, tratar os outros, cumprir nossa palavra, e em vários 
outros aspectos. Há inúmeras maneiras de andarmos em sabedoria, e uma das 
maiores tragédias na vida de muitos entre o próprio povo de Deus é o fato de não 
agirem com sabedoria. Essas pessoas estão totalmente esgotadas porque andam 
em mil direções ao mesmo tempo. 
Certa vez, numa época em que eu reclamava e murmurava em relação aos 
meus horários, Deus me falou: "Sabe, Joyce, foi você quem planejou seus 
horários. Eu não o fiz para você; nunca lhe pedi que fizesse todas as coisas que 
está tentando fazer". 
 
A SABEDORIA O GUIARÁ AO LUGAR CERTO 
Saía Davi aonde quer que Saul o enviava e se conduzia 
com prudência; de modo que Saul o pôs sobre tropas 
do seu exército, e era ele benquisto de todo o povo 
e até dos próprios servos de Saul. 
1 Samuel 18.5 
 
Por acaso esse versículo chamou minha atenção outro dia e eu o sublinhei.