Relatório
4 pág.

Relatório


DisciplinaFísica I27.928 materiais916.751 seguidores
Pré-visualização1 página
Relatório
Objetivo
 Construir uma tabela e um gráfico a partir dos dados recolhidos na atividade laboratorial e assim observar a variação da energia cinética.
Intrudução teórica 
Nesta atividade exprimental vamos responder à pergunta da página 48 do manual \u201cUm veiculo, inicialmente no cimo de uma rampa, é destravado acidentalmente e começa a descher a rampa. Como se relaciona a variação de energia cinética do centro de massa do veiculo com a distância percorrida sobre a rampa?\u201d
Formulas usadas:
\u394Ec = 
Parte exprimental
Material:
Plano inclinado 
Cronómetro digital
Célula fotoelétrica
Fita métrica
Balança
Procedimento:
Ligámos todos os materiais, montámos o equipamento e pesámos o carrinho. Depois do equipamento montado, começamos a atividade exprimental deixando o carrinho cair, com uma fita com mais ou menos 1 cm de largura (quanto mais pequena maior a precisão) para que ao passar na célula fotoelétrica, esta nos disse-se a velocidade momentania. Repetimos este proçesso 3 vezes para cada distância (20, 40, 60, 80, 100 cm)
Depois de retirados os valores, começamos os calculos para conseguirmos preencher a tabela para assim fazermos o grafico final
Resultados
 m=201,24g
Calculos (tempo médio):
20cm: (33,521+33,588+33,502)/3=33,537s
40cm: (23,982+23,969+23,942)/3=23,964s
60cm: (19,227+19,404+19,401)/3=19,344s
80cm: (16,990+16,934+16,959)/3=16,961s
100cm: (14,904+14,828+14,878)/3=14,870s
(incerteza):
20cm:
33,521-33,537=-0,016s
33,588-33,537=0,051s
33,502-33,537=-0,035s
 40cm:
23,982-23,964=0,018s
23,969-23,964=0,005s
23,942-23,964=-0,022s
 60cm:
19,227-19,344=-0,117s
19,404-19,344=0,060s
19,401-19,344=0,057s
 80cm:
16,990-16,961=0,029s
16,934-16,961=-0,027s
16,959-16,961=-0,002s
 100cm:
14,904-14,870=0,034s
14,828-14,870=-0,042s
14,878-14,870=0,008s
 
 
 (Velocidade):
 20cm: 0,2/33,537=0,006m/s
 40cm: 0,4/23,964=0,017m/s
 60cm: 0,6/19,344=0,031m/s
 80cm: 0,8/16,961=0,047m/s
 100cm: 1/14,870=0,067m/s
 (\u394Ec):
 20cm: 0,5x201,24x0,006x0,006=0,0036J
 40cm: 0,5x201,24x0,017x0,017=0,029J
 60cm: 0,5x201,24x0,031x0,031=0,096J
 80cm:0,5x201,24x0,047x0,047=0,222J
 100cm :0,5x201,24x0,067x0,067=0,452J
	distância
(+/- 0,0005) m
	\u394t/ms 
(+/- 0,000001)
	\u394t/s
medio
	\u3b4i=\u3b4-\u3b4m
	\u394t medio
 c/incerteza
	velocidade 
m/s
	\u394Ec
	0,2000 m
	33,521
33,588 
33,592
	0,033567
	-0,046
0,021
-0,025
	(0,033537± 0,046)
	0,313
	9,8x10-3
	0,4000 m
	23,982 
23,969 
23,942
	0,023964
	0,018 
0,005 
-0,022
	(0,023964 ± 0,022)
	0,438
	1,9x10-2
	0,6000 m
	19,227 
19,404 
19,401
	0,019344
	-0,117 
0,06 
-0,057
	(0,019344 ± 0,117)
	0,543
	2,9x10-2
	0,8000 m
	16,990 
16,934 
16,959
	0,016961
	0,029
-0,027
-0,002
	(0,016961 ± 0,029)
	0,619
	3,8x10-2
	1,000 m
	14,904 
14,828 
14,878
	0,014870
	0,034
-0,042
0,008
	(0,014870 ± 0,042)
	0,706
	5,0x10-2
Conclusão
Os resultados foram os esperados pois quanto maior for a distância maior é a velocidade momêntania logo pde-se comprovar que é verdade.
Trabalho realizado por: André Ferreira
 nº3 10º3