Resumo serviços públicos
20 pág.

Resumo serviços públicos


DisciplinaDireito Administrativo I54.717 materiais994.025 seguidores
Pré-visualização5 páginas
Coisas de prova
Conceitos
Definição 
CONCEITOS:
Toda atividade de oferecimento de utilidade ou comodidade material fruível diretamente pelos administrados, prestado pelo Estado ou por quem lhe faça às vezes. Sob um regime de direito público \u2013 portanto consagrador de prerrogativas de supremacia e de restrições especiais \u2013 instituído pelo Estado em favor dos interesses que houver definido como próprios do sistema normativo.
É toda atividade material que a LEI ATRIBUI ao Estado para que a exerça diretamente ou por meio de seus delegados, com o objetivo de satisfazer concretamente às necessidades coletivas, sob regime jurídico total ou parcialmente público\u201d.
Note que por esta definição, existem serviços públicos que são prestados sobre um regime \u201cparcialmente público\u201d.
Q766171 Devem ser serviços reconhecidos pelo ordenamento jurídico!
Q609908 MSP:  todo serviço público visa atender a necessidades públicas, mas nem toda atividade de interesse público é serviço público.
Serviço público é o que a lei entregar ao Estado para ser prestado. Note que existem diversas atividades que o Estado presta que não é um serviço público. Saúde e Educação, por exemplo, são ofertadas pelo Estado mas são atividades de interesse público, já que não há monopólio algum sobre a prestação destes serviços.
Serviço público PRÓPRIO: corresponde às atividades de interesse da coletividade, fruíveis diretamente pelos administrados, que, por sua relevância, são tomadas pelo Poder Público como de sua responsabilidade, ainda que passíveis de exploração por particulares mediante concessão ou permissão. 
CUIDADO: Quando dizemos o que o Estado está prestando indiretamente o serviço tem muito a ver com concessão e permissão.
Não levar muito ao pé da letra e falar que só ADM indireta, aqui seria ADM INDIRETA + Todos os delegatários).
Ai poderia dizer assim: presta indiretamente seja por OUTORGA (adm indireta) ou por DELEGAÇÃO (delegatários)
CUIDADO: Não é o fato de o serviço ser prestado por particular que ele não é serviço público \u2013 uma coisa não tem nada a ver com a outra. Serviço público justamente pode ser atribuído ao particular sem problemas, e vai continuar sendo originariamente um serviço público \u2013 O Estado pode a qualquer tempo tomar de volta aquele serviço.
CUIDADO: A doutrina diferencia \u201cserviços públicos\u201d de \u201cserviços de interesse público\u201d
Exemplo: Saúde e Ensino, por mais que sejam regulados pro normas de direito público são serviços DE INTERESSE público \u2013 não são propriamente serviços públicos - Uma vez que a iniciativa privada o presta sem precisar que o Estado delegue atribuição. (Exemplo: uma escola privada, presta serviço de ensino, e não precisa que o Estado delegue a ela essa atribuição).
CUIDADO: NÃO TEM PROBLEMA ALGUM existir serviço público de natureza econômica. SE A LEI atribuiu esse serviço ao Estado, ele será serviço público.
CESPE E FCC sempre cobram a mesma pegadinha, dizendo que \u201ca submissão a regime de direito público retira o intuito lucrativo do serviço público\u201d ou \u201co caráter econômico de uma atividade retira a sua classificação como serviço público\u201d. FALSO, pois o caráter econômico não caracteriza/descaracteriza um serviço público, o que lhe caracteriza é ter sido atribuído por lei ao Estado.
Os serviços públicos a que o art. 175 se reporta são aqueles enquadrados como atividade econômica em sentido amplo, isto é, serviços públicos que têm possibilidade de ser explorados com intuito de lucro, sem perder a natureza de serviço público - por essa razão, têm aptidão para ser prestados por particulares como serviço público, mediante delegação
Q548983 remanescem abrangidas pelo conceito de serviço público as atividades previstas em lei que tenham interesse econômico, podendo se tornar atrativas para o mercado privado, tal como nas concessões e permissões previstas no dispositivo supra indicado, critério subjetivo que não altera o conteúdo da definição.
Teorias e Escolas
A teoria mais utilizada atualmente é a TEORIA FORMAL (Teoria essencialista caiu por terra \u2013 dizia que era serviço público tudo que fosse essencial ao serviço público)
Serviço é tudo o que a LEI vier a definir.
Se a prova perguntar: se usa o critério subjetivo / material / formal:
O Brasil prioriza O CRITÉRIO FORMAL.
1- Escola de Serviço Público: (não é mais utilizada)
Teve como fundador Léon Duguit. Para essa escola, o Estado é uma cooperação de serviços públicos organizados e controlados pelos governantes. Inclusive atividade judiciaria e legislativa, era tudo serviço público para essa escola. 
Para essa escola, um serviço público era formado por 3 ELEMENTOS:
1) elemento subjetivo: importa-se com o prestador do serviço; o serviço público é aquele prestado diretamente pelo Estado \u2013 órgãos e entidades; (Para essa escola, era serviço público APENAS aqueles prestados diretamente pelo Estado \u2013 sempre por suas entidades)
2) elemento material: importa-se com a atividade. O serviço público deve ter como objetivo a satisfação das necessidades coletivas. Assim, as atividades desempenhadas pelo Estado com o objetivo de atender às necessidades coletivas devem ser desenvolvidas como serviço público; (Agora não é mais assim, hoje em dia existem atividades que são de interesse público mas NÃO SÃO serviços públicos)
3) elemento formal: importa-se com o regime jurídico pelo qual o serviço é desenvolvido. Nesse critério, o serviço público deve ser exercido sob regime jurídico de direito público. (Para essa escola, serviço público obrigatoriamente era prestado mediante normas de direito público)
2- Escola Formal (a mais atual)
Serviço Público é toda atividade material prestada diretamente pela Administração Pública ou por meio de seus delegados que tem como objetivo satisfazer concretamente as necessidades individuais, coletivas ou difusas, sob regime jurídico total ou parcialmente de direito público. 
Elaboração das leis por exemplo NÃO É MAIS serviço público (é uma atividade abstrata e não material).
Sentidos de Serviço Público
a) subjetivo ou orgânico: São as pessoas que praticam os serviços \u2013 órgãos, entidades e agentes públicos.
b) objetivo ou material: É a própria atividade \u2013 o serviço público em si.
Q882648 \u201csentido material: corresponde, em seu aspecto material, à prestação de uma utilidade ou comodidade fruível diretamente pelos administrados\u201d
MSP
1- O serviço público em sentido amplo, segundo a doutrinadora, pode ser conceituado como aquele que abrange todas as atividades do Estado, ou seja, toda a atividade judiciária e administrativa, em virtude do fato de que o objetivo maior do Estado é proporcionar aos cidadãos a satisfação de suas necessidades.
 2- O conceito de serviço público em sentido estrito, por sua vez, é aquele que define o serviço público como as atividades exercidas pela Administração Pública, com exclusão das funções legislativa e judiciária.
Formas de prestação 
CF Art. 175. Incumbe ao Poder Público, na forma da lei, diretamente ou sob regime de concessão ou permissão, sempre através de licitação, a prestação de serviços públicos. 
Parágrafo único. A lei disporá sobre:
I \u2013 o regime das empresas concessionárias e permissionárias de serviços públicos, o caráter especial de seu contrato e de sua prorrogação, bem como as condições de caducidade, fiscalização e rescisão da concessão ou permissão; 
II \u2013 os direitos dos usuários; 
III \u2013 política tarifária; 
IV \u2013 a obrigação de manter serviço adequado.
Q910661 Em se tratando de prestação de serviço público sob o regime de concessão, a lei deve dispor sobre os direitos do usuário e a política tarifária.
CORRETO. Letra fria da CF. 
Serviços essenciais PODEM SIM ser delegados.
Temos duas atividades distintas: serviços públicos (Art. 175) e atividades econômicos (Art. 173)
1) Titular do serviço público é o Estado.
Note que o particular só pode vir a prestar serviço público à sociedade somente se o Estado o delegar (concessão, permissão ou autorização) pois o titular
João Paulo
João Paulo fez um comentário
nice
0 aprovações
Carregar mais