Resumo lei de Improbidade 8429
32 pág.

Resumo lei de Improbidade 8429


DisciplinaDireito Administrativo I54.724 materiais994.348 seguidores
Pré-visualização8 páginas
pode ser considerada culpada na ação de improbidade).
Art. 22. Para apurar qualquer ilícito previsto nesta lei, O MINISTÉRIO PÚBLICO, de ofício, a requerimento de autoridade administrativa ou mediante representação formulada de acordo com o disposto no art. 14, poderá requisitar a instauração de inquérito policial ou procedimento administrativo.
Afastamento provisório
Parágrafo único. A autoridade judicial ou administrativa competente poderá determinar o afastamento do agente público do exercício do cargo, emprego ou função, sem prejuízo da remuneração, quando a medida se fizer necessária à instrução processual.
É IGUAL AO PAD , lá pode determinar o afastamento provisório , mas o cara CONTINUA RECEBENDO.
Prescrição
Q621731 CUIDADO: Os prazos aqui contam do TÉRMINO DO VÍNCULO.
PEGADINHA: Dizendo que uma servidora de cargo em comissão praticou um ato, aí 5 anos depois ela não poderia ser mais punida. 
É FALSO, note que a lei diz que prescreve em até 5 anos DO TÉRMINO do exercício do cargo em comissão. Então poderia punir sem problemas.
Art. 23. As ações destinadas a levar a efeitos as sanções previstas nesta lei podem ser propostas:
Dica, tudo prescreve em 5 anos. 
SALVO ressarcimento ao erário que não prescreve.
I - até 5 anos após o término do exercício de mandato, de cargo em comissão ou de função de confiança;
II - dentro do prazo prescricional previsto em lei específica para faltas disciplinares puníveis com demissão a bem do serviço público, nos casos de exercício de cargo efetivo ou emprego. 
(5 anos) é o prazo que a 8112 prevê para prescrever a pretensão de punir com demissão. 
III - até 5 anos da data da apresentação à administração pública da prestação de contas final pelas entidades referidas no parágrafo único do art. 1o desta Lei.