resumo pregão lei 10520
21 pág.

resumo pregão lei 10520


DisciplinaDireito Administrativo I54.728 materiais994.475 seguidores
Pré-visualização5 páginas
a publicação do aviso do edital de convocação.
Art. 4º A fase externa do pregão será INICIADA COM A convocação dos interessados e observará as seguintes regras:
I - a convocação dos interessados será efetuada por meio de publicação de aviso em diário oficial do respectivo ente federado ou, não existindo, em jornal de circulação local, e facultativamente, por meios eletrônicos e conforme o vulto da licitação, em jornal de grande circulação, nos termos do regulamento de que trata o art. 2º;
Q330844 Se um pregão eletrônico for considerado de grande vulto, de acordo com os critérios estabelecidos em normas regulamentares, a convocação dos interessados nesse pregão deverá ser feita, obrigatoriamente, em jornal de grande circulação.
II - do aviso constarão a definição do objeto da licitação, a indicação do local, dias e horários em que poderá ser lida ou obtida a íntegra do edital; 
IV - cópias do edital e do respectivo aviso serão colocadas à disposição de qualquer pessoa para consulta e divulgadas na forma da Lei no 9.755, de 16 de dezembro de 1998;
Consta do edital
III - DO EDITAL CONSTARÃO todos os elementos definidos na forma do inciso I do art. 3º, as normas que disciplinarem o procedimento e a minuta do contrato, quando for o caso; 
Edital constará: TUDO FEITO PELA AUTORIDADE COMPETENTE.
- Justificativa da necessidade de contratação 
- Definirá o objeto do certame
- As exigências de habilitação
- Os critérios de aceitação das propostas
- As sanções por inadimplemento
- As cláusulas do contrato, inclusive com fixação dos prazos para fornecimento;
- A minuta do contrato quando houver
-Normas que disciplinem o procedimento
Propostas \u2013 Prazo e recebimento
Q563740 STJ: A administração pública pode revogar pregão que contar com a participação de um único licitante, sob o fundamento da ausência de economicidade e de competitividade no certame
Q839856 Embora haja controvérsias sobre isso, não tem jurisprudência, apenas um acordão do TCU, no pregão é VEDADO exigir pré amostrar do produto a ser comprado para os licitantes. 
O máximo que se pode fazer é pedir uma amostra do produto ao licitante classificado em 1º lugar.
\u201cFez constar do edital de pregão que publicou a obrigatoriedade de apresentação de amostras dos 5 principais itens pelos licitantes na sessão pública de apresentação de propostas: onera excessivamente os licitantes, cabendo a exigência de apresentação de amostras por parte do vencedor do certame. \u201c
V - o prazo fixado para a apresentação das propostas, contado a partir da publicação do aviso, não será inferior a 8 dias ÚTEIS;
Q911160 Cuidado que são 8 dias ÚTEIS (questão falava 8 dias corridos). 
VI - no dia, hora e local designados, será realizada sessão pública para recebimento das propostas, devendo o interessado, ou seu representante, identificar-se e, se for o caso, comprovar a existência dos necessários poderes para formulação de propostas e para a prática de todos os demais atos inerentes ao certame;
Abertura da sessão
VII - ABERTA A SESSÃO, os interessados ou seus representantes, apresentarão declaração dando ciência de que cumprem plenamente os requisitos de habilitação e entregarão os envelopes contendo a indicação do objeto e do preço oferecidos, procedendo-se à sua imediata abertura e à verificação da conformidade das propostas com os requisitos estabelecidos no instrumento convocatório;
1) Licitantes ou seus representantes (devidamente identificados, comprovando necessários poderes para formular propostas) ASSINARÃO DECLARAÇÃO dando ciência de que cumprem requisitos de habilitação.
2) Entregam envelope contendo a indicação do objeto e o preço.
3) Imediatamente se abre os envelopes e verifica a conformidade das propostas com o edital.
Escolha da oferta vencedora:
VIII - no curso da sessão, o autor da oferta de valor mais baixo e os das ofertas com preços até 10% superior àquela poderão fazer novos lances verbais e sucessivos, até a proclamação do vencedor;
Q359828 Todos os licitantes podem apresentar lances ao longo de todo o pregão presencial, a despeito da proposta inicial
FALSO. Note que a fase de lances é uma fase RESTRITA somente a melhor proposta e aquelas que sejam até 10% maior que o valor dela.
IX - não havendo pelo menos 3 ofertas nas condições definidas no inciso anterior, poderão os autores das melhores propostas, até o máximo de 3, oferecer novos lances verbais e sucessivos, quaisquer que sejam os preços oferecidos;
[FCC 2012] cobrou que seriam O MENOR + 3 (totalizando 4 nesses novos lances)
[FCC 2016] O total eram 4 propostas, e ela falou \u201cabrir para os demais licitantes\u201d \u2013 ficaria a melhor proposta e 3 além dela totalizando 4. 
Q315914 se só tiver 3 licitantes e 3 propostas, não importa as propostas, os 3 licitantes vão para a fase de lances!
Julgamento e classificação
X - para julgamento e classificação das propostas, será adotado o critério de MENOR PREÇO, observados os prazos máximos para fornecimento, as especificações técnicas e parâmetros mínimos de desempenho e qualidade definidos no edital;
Q763305 CUIDADO: Pregão julga por menor preço sempre, mas pode também observar outros critérios DEFINIDOS NO EDITAL, como prazos, especificações técnicas e parâmetros mínimos de desempenho e qualidade.
Até agora NÃO VI NENHUMA QUESTÃO que tenha alguma exceção ao critério menor preço \u2013 até agora SEMPRE menor preço.
TCU (Informativo 142): É admissível a flexibilização de critério de julgamento da proposta, na hipótese em que o produto ofertado apresentar qualidade superior à especificada no edital, não tiver havido prejuízo para a competitividade do certame e o preço obtido revelar-se vantajoso para a administração.
XI - examinada a proposta classificada em primeiro lugar, quanto ao objeto e valor, caberá ao pregoeiro decidir motivadamente a respeito da sua aceitabilidade;
XVII - nas situações previstas nos incisos XI e XVI, o pregoeiro poderá negociar diretamente com o proponente para que seja obtido preço melhor;
Q330725 O pregoeiro, após examinar a proposta classificada em primeiro lugar, tem o direito de negociar condições diferentes em relação ao produto licitado, mesmo que não seja prevista essa possibilidade no edital.
FALSO. Ele pode negociar O PREÇO, mas o produto não se pode negociar devido ao princípio da vinculação ao instrumento convocatório.
Habilitação 
XII - encerrada a etapa competitiva e ordenadas as ofertas, o pregoeiro procederá à abertura do invólucro contendo os documentos de habilitação do licitante que apresentou A MELHOR PROPOSTA, para verificação do atendimento das condições fixadas no edital;
CUIDADO: Só vai abrir a habilitação da melhor proposta (não é para habilitar todos que participaram não).
XIII - a habilitação far-se-á com a verificação de que o licitante está em situação regular perante a Fazenda Nacional, a Seguridade Social e o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço - FGTS, e as Fazendas Estaduais e Municipais, quando for o caso, com a comprovação de que atende às exigências do edital quanto à habilitação jurídica e qualificações técnica e econômico-financeira;
- Situação regular perante a fazenda Nacional, estadual e municipal 
- Situação regular perante a Seguridade Social e o FGTS
- Situação regular perante as Fazendas
- Quando for o caso , comprovando que atende as exigências do edital quanto à habilitações jurídicas e qualificações técnicas e econômico financeiras. 
Q315913 Caso uma empresa não demonstre, previamente, estar em situação regular junto ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), ela não poderá participar da fase de oferecimento de lances no pregão.
FALSO. Por mais que habilitação REQUEIRA MESMO regularidade perante o FGTS, note que a essa demonstração é SOMENTE DEPOIS da fase de lances, pois no pregão primeiro julga e classifica as propostas para então habilitar o licitante vencedor!
XIV - os licitantes poderão deixar de apresentar os documentos de habilitação que já constem do Sistema