A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
3 pág.
av1 administrativo II

Pré-visualização | Página 1 de 2

1a Questão (Ref.:201403777202)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Considerando a responsabilidade Civil do Estado e a aplicação da Responsabilidade objetiva, é correto afirmar:
		
	
	A culpa da vítima, mesmo que exclusiva, não exclui a responsabilidade civil do Estado, porque essa é objetiva
	
	O Estado só responderá por danos causados a terceiros se decorrentes de fenômenos da natureza ou provocados por terceiros, porque a responsabilidade civil é objetiva.
	 
	As pessoas jurídicas de direito público e as de direito privado prestadoras de serviço público responderão pelos danos que seus agentes, nessa qualidade, causarem a terceiros, independentemente de prova de culpa no cometimento da lesão
	
	O Estado só responderá por danos causado pelos seus agentes a terceiros, se provado que aqueles agiram com dolo ou culpa.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201403597545)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Em relação à intervenção do Estado na Propriedade Privada, pode-se afirmar que:
		
	 
	As limitações administrativas interferem no caráter absoluto da propriedade privada, visto que o proprietário não poderá dispor de seu bem como pretender.
	
	A requisição administrativa configura a intervenção do Estado na propriedade privada em propriedades vizinhas, em qualquer situação, à obras vinculadas ao processo de desapropriação.
	
	A ocupação temporária é espécie de intervenção do Estado na Propriedade Privada diretamente ligada a situações de iminente perigo público.
	
	A servidão administrativa é forma de intervenção supressiva do Estado na propriedade privada e afeta o seu caráter de exclusividade.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201403708631)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Astrobaldo, motorista de taxi há 25 anos, trafegava por via de rodagem como fazia por todos os dias de sua vida profissional, quando foi surpreendido pela queda de um galho de mangueira. A queda foi provocada pelo acúmulo de ¿erva de passarinho¿ por conta de falta de manutenção cuja competência é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O galho atingiu em cheio o para-brisa de seu taxi. Tal acidente forçou Astrobaldo a submeter o veículo a reparos, onde o carro ficou parado por dois dias inteiros, impossibilitando o motorista de realizar suas tarefas laborais. Indique a alternativa correta:
		
	
	A doutrina majoritária entende que mesmo em caso de omissão do Poder Público, este será responsabilizado objetivamente, bastando Astrobaldo demonstrar o nexo de causalidade entre a conduta do Município e o dano sofrido.
	
	O agente público que deveria ter realizado a manutenção na árvore poderá ser responsabilizado objetivamente pelo dano causado a Astrobaldo.
	 
	Segundo a doutrina dominante, o Município deve ser responsabilizado subjetivamente por culpa do serviço, visto que a falta de manutenção configura omissão do Poder Público.
	
	Astrobaldo não pode responsabilizar o Município, pois a queda do galho ocorreu por situação de força maior, caso de excludente de responsabilidade.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201403625606)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Sobre a responsabilidade civil do Estado, segundo entendimento dos Tribunais Superiores, assinale a alternativa correta:
		
	
	As prestadoras de Serviço Público responderão de forma subjetiva caso a vítima seja usuária do serviço e objetiva caso a vítima não seja usuária do serviço.
	 
	O oficial da polícia à paisana que se envolve em tiroteio em transporte público, com resultado morte de passageiro, obriga o Estado a indenizar a vítima ou sua família no caso de morte.
	
	O suicídio do preso sob custódia do Estado não caracteriza obrigação do Estado indenizar a não ser que fique provada a desídia da vigilância dos presos.
	
	O preso fugitivo que volta a cometer crime, a qualquer tempo após a sua fuga, caracteriza obrigação do Estado indenizar na modalidade de responsabilidade objetiva.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201403691452)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Mário, técnico judiciário, no exercício irregular de suas funções, praticou ato omissivo culposo que resultou em prejuízo ao erário e a terceiros. Considerando que Mário faleceu, seus sucessores:
		
	
	não serão responsáveis pela reparação do dano, uma vez que a responsabilidade civil não se estende aos sucessores do autor do dano.
	
	não serão responsáveis pela reparação do dano, uma vez que não há responsabilidade civil decorrente de ato omissivo.
	
	não serão responsáveis pela reparação do dano, uma vez que não há responsabilidade civil decorrente de ato culposo.
	
	serão responsáveis pela reparação do dano até a satisfação integral do prejuízo, podendo ultrapassar, inclusive, o valor da herança recebida.
	 
	serão responsáveis pela reparação do dano até o limite do valor da herança recebida.
	
	
	
	6a Questão (Ref.:201403109062)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	(OAB) A respeito do instituto da servidão administrativa, assinale a opção correta.
		
	 
	As servidões administrativas podem decorrer diretamente da lei, de acordo ou de sentença judicial.
	
	Cabe direito a indenização em qualquer das hipóteses de servidão administrativa.
	
	A servidão administrativa dispensa, em sua instituição, autorização legal.
	
	Somente mediante lei pode ser extinta uma servidão administrativa
	
	
	
	7a Questão (Ref.:201403218664)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	VII Exame de Ordem Unificado
O Município Y promove o tombamento de um antigo bonde, já desativado, pertencente a um colecionador particular. Nesse caso,
		
	 
	o proprietário do bem, mesmo diante do tombamento promovido pelo Município, poderá gravá‐lo com o penhor.
	
	o proprietário poderá alienar livremente o bem tombado, desde que o adquirente se comprometa a conservá‐lo, de conformidade com o ato de tombamento.
	
	o proprietário pode insurgir‐se contra o ato do tombamento, uma vez que se trata de um bem móvel.
	
	o proprietário fica impedido de alienar o bem, mas pode propor ação visando a compelir o Município a desapropriar o bem, mediante remuneração.
	
	
	
	8a Questão (Ref.:201403776946)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Caso um servidor público de uma Secretaria de Saúde do Estado cause dano a terceiros, no exercício de suas atribuições e caso a vitima pretenda acionar o judiciário para que ocorra a responsabilização, nesse caso, está correto:
		
	
	A Secretaria a que pertence estará sujeita a responsabilidade subjetiva, uma vez que surge a necessidade de se comprovar a culpa ou dolo do agente.
	 
	A Secretaria a que pertence estará sujeita ao regime da responsabilidade civil objetiva, podendo ajuizar ação regressiva contra o agente causador do dano.
	
	A Secretaria a que pertence não estará sujeita a nenhum tipo de responsabilidade, de acordo com a teoria ¿irresponsabilidade Estatal¿.
	
	A Secretaria a que pertence estará sujeita a responsabilidade objetiva, desde que seja prestadora de serviço público.
	
	
	
	9a Questão (Ref.:201403108916)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	(OAB/CESPE) - A promotora M.B. da Vara de Execuções Penais, pediu à justiça novo mandado de prisão contra C.E.T.L., de 18 anos de idade, um dos cinco supostos envolvidos detidos pela morte do menino. Ela solicitou a regressão do regime semi-aberto do suspeito, que era condenado pelos crimes de roubo,furto e tentativa de furto. Se o pedido for aceito, ele voltará a cumprir pena em regime fechado. Como justificativa para o pedido, a promotora argumentou que C.E.T.L. estava foragido na noite em que supostamente dirigia o carro roubado que arrastou a vítima, presa a um cinto de segurança, pelas ruas da Zona Norte do Rio. Desde o dia 28 de dezembro do ano passado, o suspeito estava foragido porque não havia passado a noite na Casa do Albergado. Fluminense online.internet: (com adaptações). Tendo em vista a responsabilidade civil do Estado, assinale