Estudo de Caso
4 pág.

Estudo de Caso


DisciplinaAdministração Libras10 materiais531 seguidores
Pré-visualização1 página
ESTUDO DE CASO
Vamos conhecer a história de Léo, um jovem Surdo, nascido em 1987, filho de Maria, diagnosticado 
com deficiência auditiva tardiamente, o que trouxe implicações para o seu desenvolvimento 
intelectual e cognitivo.
Léo teve uma infância igual a de outras crianças, no entanto, apresentava uma dificuldade na 
fala, que sua mãe acreditava que seria resolvida com o tempo. Contudo, por volta dos três ou 
quatro anos, notou-se que ele tinha uma perda auditiva significativa, justificando o problema 
na fala.
Por volta dos 13 anos de idade, sua mãe o levou a um médico, que o diagnosticou com uma 
considerável perda auditiva. Os dados técnicos do laudo no ano de 2000 foi de surdez mista, 
sendo no ouvido esquerdo 96 dB e no ouvido direito 73 dB. A deficiência auditiva mista ocorre 
quando há ambas perdas auditivas condutiva e neurossensorial. Com relação ao grau de 
perda de sensação auditiva, considera-se leve entre 27 a 40 dB, moderada entre 41 a 55 dB, 
moderadamente grave entre 56 a 70 dB, grave entre 71 a 90 dB e profunda acima de 90 dB.
Os termos dB (decibéis) e escala de decibéis são usados mundialmente para medir o nível de 
som. É importante entender que o termo dB pode ter diferentes significados e não tem um uma 
unidade fixa como as relacionadas a voltagem, metro e afins. A unidade de dB vai depender do 
contexto em que ela é utilizada.
Fonte: Hear-it ([2018], on-line).
O diagnóstico já era esperado pela mãe, porém a idade era considerada muito avançada para 
tal diagnóstico. Maria ressalta que a dificuldade de levar o filho a médicos e de se locomover 
para cidades vizinhas acabaram por prejudicar todo o desenvolvimento cognitivo e intelectual, 
trazendo consequências que interferiram na vida de seu filho. É muito importante o diagnóstico 
precoce da surdez, para que haja um tratamento adequado e eficaz, de acordo com cada caso 
e grau da perda auditiva.
Estudo 
de Caso
estudo de 
caso
Durante o processo educacional, alguns professores afirmaram que a escola não iria proporcionar 
a construção da aprendizagem de Léo, apesar disso, ele permaneceu e, em paralelo, sua mãe 
tentava o ensinar a ler e escrever em casa. Maria não teve sucesso na sua tentativa e nem apoio 
dos professores e de outros profissionais, como consequência recusaram a voltar para a escola.
Léo sempre foi muito tranquilo e obediente, porém quando entrou na adolescência, aos 16 
anos, com a descoberta do seu corpo, identidade e sexualidade, começou a apresentar uma 
inquietação e ansiedade na tentativa de se comunicar, comum entre jovens Surdos. Quando 
não são bem interpretados, essa situação causa um turbilhão na mente desses indivíduos e 
transtornos para todos os envolvidos.
Na fase adulta, ainda houve a tentativa de reintegração escolar, por professores locais, mas 
Léo se recusou mesmo dispondo de infraestrutura e políticas públicas que auxiliariam nesse 
processo. No vilarejo onde mora, a economia gira em torno da pesca, atividade que, às vezes, 
pratica. Devido à falta de formação, não foi possível conseguir outro emprego, ele continua 
morando no mesmo local, encontra-se bem e namorando.
É importante que políticas públicas e de inclusão sejam consolidadas para que situações como 
esta não se repita, pois onde se apregoam direitos de igualdade para todos, o acesso à educação, 
saúde, bem-estar e mercado de trabalho devem ser de proporções igualitárias. É necessário 
retirar o estigma colocado por muitos: que quem tem alguma deficiência é incapaz.
Fonte: adaptado de Silva, Diniz e Araújo (2006).
Referências Bibliográficas
HEAR-IT. O que é dB e frequência. Hear-it, [2018]. Disponível em: <https://www.hear-it.org/
pt/o-que-e-db-e-frequencia>. Acesso em: 14 dez. 2018.
SILVA, S. C.; DINIZ, M. A.; ARAÚJO, E. C. História de Vida de um Jovem Portador de Surdez: 
Estudo de Caso. Psicopedagogia On Line, v. 01, p. 1-7, 2006.
1
2
3
4
5
CONHECENDO A
LIBRAS
Saber falar sobre família e identificação 
pessoal também é muito importante. 
Vamos aprender o sinal de cada membro 
da nossa família.
Acesse os links e veja o 
material que preparamos 
especialmente para você!