Slide de Aula Racionalização
39 pág.

Slide de Aula Racionalização


DisciplinaRacionalização Industrial7 materiais62 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Unidade I 
 
 
RACIONALIZAÇÃO DO TRABALHO 
 
 
Prof. Winston Gonçalves 
Introdução 
\uf0a7 Problemas globais das empresas. 
\uf0a7 Problemas específicos das empresas. 
A solução dos problemas: 
a) Sobreviver. 
b) Evoluir em flexibilidade. 
c) Eliminar perdas. 
\uf0a7 Como matar uma boa ideia. 
Evolução histórica da organização do trabalho 
\uf0a7 Escala Necessidades de Maslow 
Figura: Escala das Necessidades de Maslow 
Fonte: o autor 
Evolução histórica da organização do trabalho 
\uf0a7 Antiguidade \u2013 a.C. (Pirâmides, Xenofonte). 
\uf0a7 Idade Média (Leonardo da Vinci). 
\uf0a7 Século XVII (Blaise Pascal, Descartes, Regulamento de 
Estrasburgo). 
\uf0a7 Século XVIII (Belidor, De La Hire, Euler, Coulomb, M. Perronet). 
\uf0a7 Século XIX (Charles Babbage, Frederick Winslow Taylor). 
 
Frederick Winslow Taylor (1856-1915) 
\uf0a7 Nascido em 20 de março de 1856 (Filadélfia \u2013 
Pensilvânia). 
\uf0a7 Falecido em 21 de março de 1915 (Filadélfia \u2013 
Pensilvânia). 
\uf0a7 Engenheiro mecânico. 
 
 
 
\uf0a7 Principais obras: 
\uf0a7 \u201cShop Management\u201d (1903). 
\uf0a7 \u201cThe Art of Cutting Metals\u201d (1906). 
\uf0a7 \u201cThe Principles of Scientific Management\u201d (1911). 
 
Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Frederick_Taylor 
Racionalização de Bethlem Steels Works 
\uf0a7 Homens trabalhando com a pá: 
\uf0a7 Em um pátio de 3 km² carregavam carrinhos de mão com 
minério de ferro e com carvão. 
\uf0a7 Constatações de Taylor: 
\uf0a7 Cada funcionário com a sua pá. 
\uf0a7 Um encarregado para um grupo de 60 homens. 
\uf0a7 Grupos dispersos pelo pátio. 
\uf0a7 Manipulação do carvão: 1,5 kg. 
\uf0a7 Manipulação do minério: 17 kg. 
 
Racionalização de Bethlem Steels Works 
\uf0a7 Questionamento: 
\uf0a7 Qual a carga máxima que cada operário poderia levantar com 
a pá sem causar desgaste físico? 
\uf0a7 Resposta obtida: 
\uf0a7 9,75 kg. 
\uf0a7 Providências: 
\uf0a7 Minério: usar pá pequena. 
\uf0a7 Carvão: usar pá grande. 
\uf0a7 Criação de departamentos de planejamento. 
\uf0a7 Resultados: 
\uf0a7 Redução de 600 para 140 funcionários. 
 
Administração tradicional x posicionamento de Taylor 
\uf0a7 Sistema de iniciativa e 
incentivos: método de 
trabalho era arbítrio 
do operário. 
\uf0a7 A função gerencial era a 
de persuadir o operário a 
executar o trabalho de 
forma a propiciar ganhos 
para o patrão. 
 
\uf0a7 Prosperidade do patrão: 
dividendos, tecnologia, 
mercado e sobrevivência 
nos negócios. 
\uf0a7 Prosperidade do 
empregado: crescimento 
profissional, aproveitamento 
de suas capacidades em 
atividades para as quais 
estejam inclinados e 
motivados. 
 
 
Pontos centrais da filosofia de Taylor 
\uf0a7 É fundamental que os operários realizem durante um dia de 
trabalho uma produção aceitável. 
\uf0a7 Existe um método adequado para realizar todo e qualquer 
trabalho. 
\uf0a7 É preciso instruir o trabalhador para que realize o trabalho 
adequadamente. É preciso fixar condições segundo as quais 
o trabalho deve se desenvolver. É necessário fixar um tempo 
padrão para a realização do trabalho. 
\uf0a7 Deve-se pagar ao trabalhador um prêmio em forma de salário 
extraordinário, uma vez realizado o trabalho como 
especificado. 
 
Princípios da administração científica 
\uf0a7 Desenvolver uma consciência coletiva científica no seio da 
organização, com observação, criação de hipóteses e modelos 
que reproduzam o fenômeno observado e uso da simulação 
para a previsão de futuras ocorrências e confronto entre o que 
se realizou e o que estava previsto. 
\uf0a7 Selecionar e instruir adequadamente os trabalhadores de modo 
que cada um seja encaminhado ao trabalho para o qual esteja 
melhor preparado e inclinado. 
\uf0a7 Desenvolver a colaboração entre a direção e os operários com 
vistas à aplicação geral dos princípios. 
\uf0a7 Dividir o trabalho entre os vários departamentos segundo o 
princípio da especialização. 
 
Argumentação 
\uf0a7 A sociedade seria a maior beneficiada com o aumento da 
produtividade. 
\uf0a7 As causas de disputas e desentendimentos seriam eliminadas 
porque a determinação das tarefas passa a ser uma questão 
científica: as negociações e o regateamento cessarão. Fim da 
divergência salarial. 
\uf0a7 Perdas e ineficiências poderiam ser prontamente eliminadas. 
\uf0a7 Os princípios são independentes do tipo de empresa. 
\uf0a7 Maior competitividade das empresas: ampliação dos mercados 
e geração de novos empregos. 
\uf0a7 Crescimento pessoal e profissional dos empregados. 
 
Aspectos positivos 
\uf0a7 A administração científica não deve ser vista simplesmente 
como estudo de métodos e tempos. Serve como inspiração 
para a organização do trabalho fabril. A obra de Taylor é marco 
na racionalização industrial no início do século XX. 
\uf0a7 A essência dos princípios permanece atual, sob o ponto de 
vista de ganhos para a sociedade: produtividade, envolvimento 
da mão de obra, melhoria de métodos e processos. 
\uf0a7 Os princípios são aplicáveis na padronização de 
procedimentos de atividades gerenciais de seleção de pessoal, 
higiene e segurança, treinamento e ergonomia. 
 
Aspectos negativos 
\uf0a7 Os princípios não são aplicáveis indiscriminadamente para 
qualquer tipo de empresa. 
\uf0a7 Preocupação centrada no ritmo de trabalho: intensificação do 
trabalho \u2013 fadiga diária. 
\uf0a7 Decomposição excessiva das tarefas, fragmentando a 
participação do operário, eliminando qualquer tipo de 
interesse intelectual na realização do trabalho. Os que pensam 
e os que executam. 
\uf0a7 O homem certo para o lugar certo, considerando apenas as 
habilidades específicas do indivíduo \u2013 trabalhadores hábeis ou 
de primeira ordem. Esquema diabólico, segundo a American 
Federation of Labour. 
\uf0a7 Treinamento relacionado com adestramento. 
 
Interatividade 
Em relação aos possíveis resultados da aplicação da 
administração científica, analise as afirmativas a seguir. 
A administração científica: 
I. proporciona o aumento da remuneração média dos 
trabalhadores. 
II. proporciona o aumento da jornada de trabalho. 
III. permite que os trabalhadores sintam-se objeto de cuidados 
especiais. 
Está correto o que se afirma em: 
a) I 
b) II 
c) I e II 
d) III 
e) II e III 
Estudo dos métodos 
\uf0a7 O estudo dos métodos tem por objetivo a procura, a análise e a 
implantação de rotinas mais eficientes e eficazes para a 
realização de tarefas. A ideia de que não existe um método 
perfeito permite uma postura crítica e coerente com uma 
contínua busca de aperfeiçoamento. 
Nomenclatura para estudo dos métodos: 
\uf0a7 Processo = conjunto de operações (usinagem de uma peça). 
\uf0a7 Operações = conjunto de movimentos (torneamento). 
\uf0a7 Movimentos = conjunto de micromovimentos (prender peça na 
máquina). 
\uf0a7 Micromovimentos = parte do movimento (deslocar o braço até 
chave, transportar a chave para prender a peça). 
 
Roteiro para estudo dos métodos 
1. Selecionar a tarefa a ser estudada e definir seus limites. 
2. Registrar os fatos relevantes acerca da tarefa, com a 
observação direta. 
3. Examinar a forma pela qual a tarefa vem sendo executada e 
desafiar o seu propósito, local, sequência e método. 
4. Desenvolver o mais prático, econômico e eficaz método, 
levando em consideração a opinião dos envolvidos na tarefa. 
 
Roteiro para estudo dos métodos 
5. Avaliar diferentes alternativas no desenvolvimento do novo 
método, comparando seu custo/benefício com o método em 
uso. 
6. Definir e apresentar a nova alternativa de método de uma 
forma clara para aqueles envolvidos (gerência, supervisores 
e operários). 
7. Implementar o novo método sem desconsiderar o treinamento 
das pessoas envolvidas. 
8. Acompanhar o novo método e introduzir procedimentos de 
controle para evitar retorno dos trabalhadores ao método 
anterior. 
 
Melhoria dos métodos de trabalhos 
 \uf0a7 Lead time \uf0a7 Run time 
Componentes do lead time 
Fonte: o autor 
Componentes do run time 
Fonte: o autor 
Melhoria