A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
152 pág.
Administracao Geral Giovana Carranza

Pré-visualização | Página 8 de 50

organizacionais internos. 
c) foco presencial, ambiente externo e tempo de implementação. 
d) capacidade interna, viabilidade externa e foco no passado recente. 
e) análise organizacional externa, foco no presente e tempo de implementação. 
 
09. (FUNRIO - 2016 - IFPA - Auxiliar de Administração) O planejamento voltado para a adaptabilidade e inovação, que é 
predominantemente incremental, denomina-se: 
 
a) otimizante. 
b) suplementar. 
c) direto. 
d) objetivo. 
e) abstrato. 
 
10. (IMPARH – 2015 – IPLANFOR - ASSISTENTE) O planejamento é a função administrativa que define objetivos e decide 
sobre os recursos e tarefas necessários para alcançá-los adequadamente. Chiavenato (2009) reconhece três níveis de 
planejamento: o planejamento estratégico, o planejamento tático e o planejamento operacional. Considerando as 
etapas de um planejamento estratégico, avalie as afirmações abaixo. 
 
I. No planejamento estratégico, formulam-se estratégias, as quais permitem à organização combinar seus pontos 
fortes e fracos com as oportunidades do ambiente. 
II. Na última etapa do planejamento estratégico, elabora-se um diagnóstico da situação da empresa para identificar a 
viabilidade de sua implementação. 
III. No planejamento estratégico, não há preocupação com o ambiente externo, uma vez que sua função é permitir a 
avaliação de oportunidades e ameaças internas. 
IV. O planejamento estratégico está relacionado à análise do ambiente interno e possibilita a verificação dos seus 
pontos fortes e fracos. 
 
É correto apenas o que se afirma em: 
 
a) II. 
b) IV. 
c) I e III. 
d) I e IV. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
GABARITO 
 
01 02 03 04 05 06 07 08 09 10 
D D A C D A A B A D 
 
ADMINISTRAÇÃO GERAL PARA CONCURSOS 
| Apostila 2016 / Profa. Giovanna Carranza 
 
 
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222 
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220 16 
 
OS: 0014/9/16-Gil 
Aula 02 – ORGANIZAÇÃO 
 
Definição de Organização 
"Organização da empresa é a ordenação e o agrupamento de atividades e recursos, visando ao alcance de objetivos e 
resultados estabelecidos". (Djalma, 2002, p. 84). 
Segundo Maximiano, uma organização é um sistema de recursos que procura alcançar objetivos. Em outras palavras, 
Organizar é desenhar/montar a estrutura da empresa/instituição de modo a facilitar o alcance dos resultados. 
 
DE OLHO NA PROVA: 
Ela pode ser aplicada em dois sentidos diferentes, a saber: 
1. Organização como uma unidade ou entidade social. Na qual as pessoas interagem entre si para alcançar objetivos 
comuns. Neste sentido, a palavra organização significa qualquer empreendimento humano criado e moldado 
intencionalmente para atingir determinados objetivos. As organizações podem ser empresas, órgãos públicos, bancos, 
universidades, lojas e comércio em geral, prestadoras de serviços e diversos outros tipos. Dentro desse enfoque social, a 
organização pode ser visualizada sob dois aspectos: 
a - Organização formal: é a organização baseada em uma divisão racional do trabalho, na diferenciação e integração de 
seus órgãos e representada através do organograma. É a organização planejada, isto é, a que está oficialmente no pa-
pel, aprovada pela direção e comunicada a todos os participantes por meio de manuais de organização, descrições de 
cargos, de organogramas e de regras e regulamentos internos. É a organização formalizada oficialmente. 
b - Organização informal: é a organização que emerge espontânea e naturalmente entre as pessoas que ocupam posições 
na organização formal e a partir dos relacionamentos interpessoais como ocupantes de cargos. A organização informal 
surge a partir das relações de amizades (ou de antagonismos) entre as pessoas e do surgimento de grupos informais 
que não aparecem no organograma ou em qualquer outro documento da organização formal. Ela é constituída de 
interações e relacionamentos sociais entre as pessoas, de tal modo que a organização informal transcende e 
ultrapassa a organização formal em três aspectos: 
• Na duração: enquanto a organização formal está confinada ao horário de trabalho, a organização informal pode 
prolongar-se para os períodos de lazer ou tempos livres das pessoas. 
• Na localização: enquanto a organização formal está circunscrita a um local físico determinado, a organização 
informal pode ocorrer em qualquer lugar. 
• Nos assuntos: a organização formal limita-se aos assuntos exclusivos dos negócios da organização, enquanto a 
informal amplia-se a todos os interesses comuns das pessoas envolvidas. 
 
2. Organização como função administrativa de organizar. E parte integrante do processo administrativo. Neste sentido, 
organização significa o ato de organizar, estruturar e integrar os recursos e os órgãos incumbidos de sua administração e 
estabelecer relações entre eles e suas atribuições. 
 
Os níveis da organização são: 
 
 
ADMINISTRAÇÃO GERAL PARA CONCURSOS 
| Apostila 2016 / Profa. Giovanna Carranza 
 
 
CURSO PRIME ALDEOTA – Rua Maria Tomásia, 22 – Aldeota – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208. 2222 
CURSO PRIME CENTRO – Av. do Imperador, 1068 – Centro – Fortaleza/CE – Fone: (85) 3208.2220 17 
 
OS: 0014/9/16-Gil 
Estrutura Organizacional 
VASCONCELOS (1989) entende estrutura como o resultado de um processo no qual à autoridade é distribuída, as 
atividades são especificadas (desde os níveis mais baixos até a alta administração) e um sistema de comunicação é delineado, 
permitindo que as pessoas realizem as atividades e exerçam a autoridade que lhes compete para o alcance dos objetivos da 
organização. 
Estrutura organizacional: Forma pela qual as atividades de uma organização são divididas, organizadas e coordenadas. 
(Stoner, 1992, p.230). 
 
Estrutura Formal e Informal 
Estrutura Formal: é aquela representada pelo organograma. Todas as relações são formais. Não se pode descartá-la e 
deixar funcionários se relacionarem quando eles não devem ter relações diretas. Na estrutura formal (Organização formal) 
conseguimos identificar os departamentos, os cargos, a definição das linhas de autoridade e de comunicação entre os 
departamentos e cargos envolvidos. 
Já a Estrutura Informal (Organização Informal) é a rede de relações sociais e pessoais que não é representada ou 
requerida pela estrutura formal. Surge da interação social das pessoas, o que significa que se desenvolve, espontaneamente, 
quando as pessoas se reúnem. Portanto, apresenta relações que, usualmente, não são formalizadas e não aparecem no 
organograma da empresa. A organização informal envolve as emoções, atitudes e ações das pessoas em termos de suas 
necessidades e não de procedimentos ou regras. 
 
Elementos da Estrutura Organizacional 
A estrutura organizacional é a maneira pela qual as atividades da organização são divididas, organizadas e 
coordenadas. Constitui a arquitetura ou formato organizacional que assegura a divisão e coordenação das atividades dos 
membros da organização. Na verdade, a estrutura organizacional funciona como a espinha dorsal da organização, o 
esqueleto que sustenta e articula suas partes integrantes. Nesse sentido, a estrutura organizacional costuma apresentar uma 
natureza predominantemente estática. Ela se refere à configuração dos órgãos e equipes da organização. 
Dá-se o nome de unidade para cada subdivisão dentro de uma organização. Assim, divisões, departamentos, seções, 
grupos de trabalho e equipes são considerados unidades organizacionais. 
A função administrativa de organizar conduz necessariamente à criação da estrutura organizacional. A estrutura 
organizacional pode ser definida como: 
1. O conjunto de tarefas formais atribuídas às unidades organizacionais - divisões ou departamentos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.