trabalho_academico_2014
5 pág.

trabalho_academico_2014


DisciplinaA Arte de Ensinar2 materiais129 seguidores
Pré-visualização1 página
\ufffdPAGE \ufffd
\ufffd
INTRODUÇÃO
Se a pedagogia for uma ciência, o pedagogo é simplesmente um cientista, pois seu maior desafio em uma sala de aula não é manter seus alunos interessados na aula, mas sim ele querer que a aula não acabe, ou que a próxima chegue logo, ser pedagogo é ser artista, artesão, musico, mágico, amigo e professor, é ser um herói, um mocinho e um bandido, é ser tudo mesmo sem ser reconhecido.
A palavra Pedagogia \u201cpaidós (\u201c criança") e \u1f04\u3b3\u3bf, ("conduzir"), diz que somos condutor de crianças. A pedagogia seria a ciência que estuda o modo de ensinar a matéria, mas qual seria o melhor modo? Qual é a melhor forma de aplicar esse conhecimento? Hoje o que vemos em sala de aula é simplesmente o descaso com educação, onde as políticas publicas não favorecem o aprendizado, simplesmente desestimula as crianças, os professores mal renumerados, e sem a mínima condição de trabalho, simplesmente fazem por amor ao ensino, são mágicos que de seu chapéu tira o Maximo de proveito com o mínimo recurso, são atores que interpretam as leituras tornando-as mais interessantes, são músicos trazendo as cantigas antigas e introduzindo novos conhecimentos, e com os trabalhos manuais, artesão, ensinando o prazer de se criar, tudo isso sem esquecer que uma amizade, que começa de uma forma tão singela, se torna eterna, é ser herói para seus alunos, e um vilão para quem não o respeita, e ainda escutar que ele é somente um professor. 
O pedagogo tem muitos campos de trabalho, mas sem duvidas a sala de aula ainda é o maior desafio, ser pedagogo e professor, é matar um leão por dia, ser professor em um país onde o nível cultural é tão baixo, onde é preferível ver uma partida de futebol na televisão a ler um bom livro, é compra tudo, inclusive um diploma, tendo o salário um dos mais baixos entre profissionais de nível superior. Hoje ser pedagogo é uma forma de amor, amar incondicionalmente, manter um aluno em sala de aula interessado no assunto já pode ser considerado uma vitoria, que de tão pequena é quase imperceptível. Ser pedagogo, e muito mais do que ser professor, é ser um eterno pesquisador, um estudioso, nunca se cansar de aprender e ter sede de conhecimento. O pedagogo pode atuar em varias área, seja ela direção escolar, professor ou até no recursos humanos de uma empresa, entre elas temos a pedagogia Social que é indispensável nos Serviços de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, ela contribui nas ações das equipes . De início, o Pedagogo Social necessita marcar seu espaço e perceber-se como profissional que presta serviço à Assistência Social. A partir daí, deve compreender os usuários da política pública se assistência social como indivíduos que necessitam reconhecer-se enquanto sujeitos de direitos e pessoas que necessitam resgatar sua identidade, autoestima e em busca de autonomia e empoderamento. Ser pedagogo social não é tão fácil, pois o profissional precisa ter a sensibilidade de atrelar os saberes educacionais aos saberes das ações desenvolvidas na política de assistência social, dessa forma, ele deve compreender as pessoas como sujeitos em formação e que é preciso ultrapassar os muros da escola e garantir as famílias a garantia de acolhida, renda e de fortalecimento dos vínculos ou reconstrução daqueles que seus vínculos já foram rompidos..
Os pedagogos que tinham um campo de trabalho reduzido aos espaços da escola e saúde (hospitais) tiveram com o desenvolvimento das novas tecnologias os meios para que suas 
ações se tornassem ampliadas, entre tantas surgiu nas organizações e instituições tanto 
públicas como privadas um novo papel ao profissional da educação: Gestão de Pessoas, 
Gestão Pública, Educação Social e a mediação dos processos educacionais, promotor 
dos processos de Responsabilidade Social entre outras possibilidades técnico profissionais.
O campo de atuação do pedagogo hoje é muito ampla sendo que como pedagogos podemos trabalhar com administração escolar: Gerenciar estabelecimentos de ensino, supervisionando o uso e a manutenção das instalações, além dos recursos humanos, materiais e financeiros necessários ao funcionamento. Ensino: Lecionar nas quatro primeiras séries do ensino fundamental. Educação especial: Desenvolver material didático e ministrar aulas para crianças e adultos portadores de deficiência mental, visual, auditiva ou que apresentem outros problemas de comunicação. Orientação educacional: Dar assistência aos estudantes, orientando-os e ajudando-os no processo de aprendizado, com o uso de métodos pedagógicos e psicológicos. Pedagogia empresarial: Desenvolver projetos educacionais, sociais e culturais para empresas, ONG\u2019s e outras instituições privadas. Supervisão educacional: Orientar professores e educadores e avaliar seu trabalho, para melhorar e garantir a qualidade do ensino. Treinamento humanos: Desenvolver programas de treinamento para os funcionários de uma empresa.
Como podemos observar a pedagogia tem um campo muito amplo, onde se pode trabalhar em varias áreas, sem deixar de ser pedagogo, ser pedagogo hoje não é mais ser só o professor, hoje você pode ser um executivo, trabalhar na área cultural sem deixar de ser pedagogo. Hoje eu acredito que ser pedagogo é saber lidar com o diferente, sem preconceitos, sem distinção de cor, raça, sexo ou religião. É ter uma responsabilidade muito grande nas mãos, acreditando no futuro do próximo, independente da área de atuação.
Sistema de Ensino Presencial Conectado
PEDAGOGIA
KELLY DOS REIS PALHANO
A ARTE DE ENSINAR
IPATINGA
2014
kelly dos reis palano
A ARTE DE ENSINAR
Trabalho de pedagogia apresentado à Universidade Norte do Paraná - UNOPAR, como requisito parcial para a obtenção de média bimestral interdisciplinar.
Orientador: Prof. Lara
Ipatinga
2014