Medicina de felinos
38 pág.

Medicina de felinos


Disciplina<strong>feliz</strong> Natal1 materiais
Pré-visualização38 páginas
Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais

É o CRMV-MG participando do processo de atualização
técnica dos profissionais e levando informações da

melhor qualidade a todos os colegas.

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

compromisso com você

www.crmvmg.org.br

PROJETO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

Universidade Federal
de Minas Gerais
Escola de Veterinária
Fundação de Estudo e Pesquisa em
Medicina Veterinária e Zootecnia
- FEPMVZ Editora

Conselho Regional de
Medicina Veterinária do
Estado de Minas Gerais
 - CRMV-MG
www.vet.ufmg.br/editora

Correspondência:

FEPMVZ Editora
Caixa Postal 567
30161-970 - Belo Horizonte - MG
Telefone: (31) 3409-2042

E-mail:
editora.vet.ufmg@gmail.com

Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais

É o CRMV-MG participando do processo de atualização
técnica dos profissionais e levando informações da

melhor qualidade a todos os colegas.

VALORIZAÇÃO PROFISSIONAL

compromisso com você

www.crmvmg.org.br

PROJETO DE EDUCAÇÃO CONTINUADA

Editorial
Caros colegas.
Os dados arqueológicos sugerem que a domesticação

do gato (Felis silvestres catus) pode ter ocorrido há 8.700
anos, em Jericó, e 9.500 anos, em Creta. A aproximação do
gato à habitação humana, em comensalismo, surge com o
desenvolvimento de estoques de cereais selvagens criados
há 21.000 anos no Oriente Próximo, anterior à agricultu-
ra, criando as condições para a presença de camundongos,
ratos e pardais, já atraídos há muitos anos. Entre as seis
subspécies de Felis silvestres, a F. silvestres catus é a sexta e
mais recente subespécie, aproximando-se de 500 milhões
de indivíduos no mundo, número maior que a dos cães
segundo o Fundo Internacional para o Bem-Estar Animal
(International Fund for Animal Welfare). O gato doméstico
tornou-se um dos mais importantes animais de companhia,
mérito que demanda a formação profissional e a educação
continuada. A Escola de Veterinária da UFMG e o Conselho
Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais têm a
satisfação de encaminhar à comunidade veterinária e de
zootecnia mineira um volume dos Cadernos Técnicos in-
teiramente destinados à Medicina Felina. Embora artigos
a respeito de felinos tenham sido produzidos em edições
anteriores, este é o primeiro Caderno Técnico temático a
reunir textos exclusivamente sobre a saúde de gatos. O pre-
sente número, sob a coordenação e preparado por professo-
res e especialistas, discorre de forma atualizada sobre pon-
tos relevantes para o paciente felino, incluindo acupuntura,
choque circulatório, dermatites parasitárias, esporotricose,
manejo do paciente, nefrologia e obesidade. Consolida-se
a parceria e o compromisso entre as duas instituições com
relação à Educação Continuada da comunidade dos médi-
cos veterinários e zootecnistas de Minas Gerais. Deseja-se
que este volume exerça uma contribuição contínua, como
um manual de consulta na rotina profissional na área de
Medicina Felina.

Prof. Nelson Rodrigo da Silva Martins - CRMV-MG 4809
Editor dos Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia
Prof. Renato de Lima Santos - CRMV-MG 4577
Diretor da Escola de Veterinária da UFMG
Prof. Antônio de Pinho Marques Júnior - CRMV-MG 0918
Editor-Chefe do Arquivo Brasileiro de Medicina Veterinária e Zootecnia (ABMVZ)
Prof. Nivaldo da Silva - CRMV-MG 0747
Presidente do CRMV-MG

Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de Minas Gerais
- CRMV-MG
Presidente:

Prof. Nivaldo da Silva

E-mail: crmvmg@crmvmg.org.br

CADERNOS TÉCNICOS DE
VETERINÁRIA E ZOOTECNIA
Edição da FEPMVZ Editora em convênio com o CRMV-MG

Fundação de Estudo e Pesquisa em Medicina Veterinária e
Zootecnia - FEPMVZ

Editor da FEPMVZ Editora:

Prof. Antônio de Pinho Marques Junior

Editor do Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia:

Prof. Nelson Rodrigo da Silva Martins

Editores convidados para esta edição:

Adriane Pimenta da Costa Val Bicalho

Rubens Antonio Carneiro

Revisora autônoma:

Giovanna Spotorno

Tiragem desta edição:

1.000 exemplares

Layout e editoração:

Soluções Criativas em Comunicação Ldta.

Impressão:

Imprensa Universitária da UFMG

Cadernos Técnicos de Veterinária e Zootecnia. (Cadernos Técnicos da Escola de Veterinária da
UFMG)

N.1- 1986 - Belo Horizonte, Centro de Extensão da Escola deVeterinária da UFMG, 1986-1998.

N.24-28 1998-1999 - Belo Horizonte, Fundação de Ensino e Pesquisa em Medicina Veterinária e
Zootecnia, FEP MVZ Editora, 1998-1999

v. ilustr. 23cm

N.29- 1999- Belo Horizonte, Fundação de Ensino e Pesquisa em Medicina Veterinária e
Zootecnia, FEP MVZ Editora, 1999¬Periodicidade irregular.

1. Medicina Veterinária - Periódicos. 2. Produção Animal - Periódicos. 3. Produtos de Origem
Animal, Tecnologia e Inspeção - Periódicos. 4. Extensão Rural - Periódicos.

I. FEP MVZ Editora, ed.

Permite-se a reprodução total ou parcial,
sem consulta prévia, desde que seja citada a fonte.

Prefácio
Adriane Pimenta da Costa Val Bicalho
Rubens Antonio Carneiro

A medicina veterinária de pequenos
animais sofreu grande crescimento nas
últimas décadas. Entretanto, o conheci-
mento gerado e, certamente, distribuído
é desigual quando se compara a medi-
cina de cães e de gatos. A discrepância
é ainda maior quando se percebe que o
crescimento do número de gatos como
animais de estimação supera aquele de
cães. Tal desequilíbrio gera abordagens
e tratamentos errôneos, insatisfação dos
tutores e danos à saúde dos pacientes
felinos. Procurou-se, portanto, selecionar
temas de importância atual, estimular
discentes de graduação e pós-graduação,
professores e profissionais a desenvolvê-
-los e ofertá-los à comunidade veteriná-
ria em forma de capítulos, que compõem
este volume dos Cadernos Técnicos.
Para nós, foi uma grata honra editorar
este tomo, que esperamos contribua para
o aperfeiçoamento da medicina desses
maravilhosos animais.

\u201cGatos são poemas ambulantes\u201d
Roseana Kligerman Murray

Sumário

1. Acupuntura na Medicina Felina ...................................................................9
Maria Lopes Corrêa

As práticas de medicina veterinária complementar tradicional chinesa (MVCTC)
oferecem cuidado integral ao paciente buscando a manutenção da saúde do indivíduo
em equilíbrio com o meio do qual é parte. A reconhecida sensibilidade psicossomática
felina às alterações do meio é claramente interpretada à luz da MVCTC, fazendo com
que tal abordagem seja indicada para pacientes felinos.

2. Choque circulatório em felinos ...................................................................20
Fernanda dos Santos Alves, Gabriela de Menezes Paz, Grazielle Amaro Siqueira de Sousa,
Manuela Bamberg Andrade, Nathália das Graças Dornelles Coelho

Os felinos apresentam características que os tornam muito diferentes dos cães quando
comparados como pacientes críticos. O reconhecimento precoce da instabilidade
cardiovascular, em conjunto com os achados de exames físicos e resultados de exames
realizados à beira de leito, são fatores necessários para iniciar o tratamento. Terapia
rápida e agressiva, com monitoração apropriada e associada à remoção da causa
subjacente, são necessárias para melhorar as chances de um desfecho favorável.

3. Dermatopatias parasitárias em felinos .......................................................33
Guilherme De Caro Martins, Larissa Silveira Botoni, Adriane Pimenta da Costa Val

As doenças parasitárias cutâneas são afecções bastante comuns na rotina dermatológica
de cães e gatos. Em felinos, a abordagem dessas doenças tem suma importância, vista
as diferenças significantes quando comparadas às dermatopatias parasitárias em cães.
Além disso, podem ocasionar em sinais clínicos diversos e, por isso, o diagnóstico muitas
vezes é desafiador. Este artigo objetiva