A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
38 pág.
Colite

Pré-visualização | Página 1 de 1

*
Faculdade Vértice
Colite aguda em equinos
 
Prof. Bruno S. C. Andrade
Matipó
2013
*
Cólon Dorsal Direito
*
*
*
Budras & Sack, (1994)
*
Introdução
Definições
Debilitação e morte rápidas;
Mortalidade 90% - não tratados;
Resolução 7-14 dias (tratados)...
*
Fatores predisponentes
Estresse;
Antimicrobianos;
AINEs;
Dieta;
Abdômen agudo equino;
Fatores relacionados à cirurgia abdominal.
*
Patofisiologia e Sinais Clínicos
Mc Connico, 2003
*
Patofisiologia
Transporte anormal de fluidos e íons;
Malabsortiva x Hipersecretória;
Inflamação ceco e cólon + diarréia;
Perda massiva de fluidos.
*
Fonte: www.uff.br/mfl/outras_disciplinas/med_integral_infancia_adolescente/cox2.htm
*
Colite Dorsal Direita
Fisiopatologia CDD x AINEs-ns:
Inibição COXs;
Prostaglandinas citoprotetoras;
Lesão isquêmica;
Ativação e influxo neutrófilos;
Aumento permeabilidade;
Edema;
Perda do epitélio.
*
Características
Sequestro intraluminal de fluidos;
Cólica moderada a severa;
Diarréia;
Endotoxemia;
Leucopenia;
Hipovolemia (desidratação);
Hipoproteinemia!
*
Sinais Clínicos
Depressão;
Anorexia;
Febre;
Taquicardia;
Mucosas secas, pegajosas;
Turgor de pele aumentado;
TPC aumentado;
Cólica intermitente moderada a severa;
Diarréia profusa aquosa, fétida.
*
Sinais Clínicos
Evolução Clínica:
Endotoxemia;
*
Sinais Clínicos
Aumento FC:
Dor
Hipovolemia
Endotoxemia
Aumento FR:
Acidose metabólica x Alcalose respiratória
Diarreia
Hipovolemia
Hipoperfusão tecidual
*
Diarreia:
Profusa
Aquosa
Fétida
*
*
Diagnóstico
 Sinais clínicos;
 Hemograma;
 Proteínas plasmáticas;
 Ultrassonografia.
Testes Laboratoriais 
*
(A) espessura normal CDD (3,12±0,34mm) 12º EI -C1/ D0. (B) CDD-11º EI C4/D3, (3,12±0,17mm). (C) 12º EI - C3/D5,(8,85±0,45mm). (D) 15º EI - C2 / D7, (7,05±2,10mm). 
*
Diagnóstico
Exame Ultrassonográfico Transabdominal:
Imagem EUST 13ºEI
*
Diagnóstico
*
Diagnóstico
Enterite anterior
*
Achados Hematológicos
Leucopenia;
Neutrófilos tóxicos;
Linfopenia;
Azotemia.
*
Hemograma
 HEMOGRAMA EQUINO    
 SÉRIE VERMELHA        VALORES OBTIDOS     VALORES DE REFERÊNCIA      UNIDADES   
 ERITRÓCITOS             12,92                  7,00 - 13,00         milhões/mm3  
 HEMOGLOBINA             19,00                 10,00 - 18,00              g%      
 HEMATÓCRITO             58,14                 32,00 - 48,00              %       
 V.C.M.                  45,00                 37,00 - 50,00              u3      
 H.C.M.                  14,71                 12,00 - 18,00              uu3    
 C.H.C.M.                32,68                 31,00 - 35,00              %     
 ERITROBLASTO:         0          (Observado durante a contagem diferencial) 
 PLAQUETAS:    159.000    100 a 600  mil/mm3      
   OBSERVAÇÃO:  HEMÁCIAS NORMOCÍTICAS E NORMOCRÔMICAS                                                                           
*
Hemograma
HEMOGRAMA EQUINO    
SÉRIE BRANCA                                    VALORES OBTIDOS          VALORES DE REFERÊNCIA  
LEUCÓCITOS                       1.680  /mm3              7 a 14   mil/mm3 
LEUCÓCITOS CORRIGIDOS        1.680  /mm3              7 a 14   mil/mm3  
CONTAGEM DIFERENCIAL         %        mm3        Relativo        Absoluto
METAMIELÓCITO                0,0           0       0        %         0        mm3  
BASTONETE                    2,0          34       0 - 2    %         0 - 280  mm3  
SEGMENTADO                  82,0       1.378      30 - 65   %      2100 - 9100 mm3 
EOSINÓFILO                   1,0          17     0,5 - 11   %      35 - 1540 mm3 
LINFÓCITO                   12,0         202      25 - 70   %      1750 - 9800 mm3  
MONÓCITO                     3,0          50     0,5 - 7    %       35 - 980  mm3 
BASÓFILO                     0,0           0       0 - 3    %        0 - 420  mm3        OBSERVAÇÃO:  LEUCOPENIA
*
Testes Laboratoriais
VG e PPT desidratação;
 PPT normal + VG elevado = perda de proteínas;
 PPT + VG elevado = perda de proteínas (prognóstico desfavorável);
Estágio avançado = fibrinogênio
 Leucocitose 				 neutrofílica
*
Determinação Etiologia
Histórico;
Mudanças na dieta;
Estresse;
Medicações prévias...
*
Determinação Etiologia
Salmonela:
 5 amostras para cultura e antibiograma;
3 amostras para PCR;
5-10 g de fezes por amostra.
*
Determinação Etiologia
Neoricketsia risticii:
Febre Potomac;
Tratamento específico (Oxitetraciclina);
Sorologia pareada;
PCR. 
*
Determinação Etiologia
Clostridium spp.:
Animais tratados com antibióticos;
Amostras de fezes resfriadas ou congeladas;
ELISA;
PCR.
*
Determinação Etiologia
Parasitismo;
Ciatostomídeos;
Estrongilus;
OPG?!
*
Achados de Necropsia
Edema, tiflite/colite hemorrágica;
Ingesta fluida;
Erosão/ulceração mucosa;
Inflamação.
*
Achados de Necropsia
Vista da mucosa do cólon dorsal direito de C1, evidenciando presença de colite ulcerativa difusa, com perda extensa do revestimento da mucosa.
*
*
*
Tratamento
Suporte;
Reposição plasma, fluidos, eletrólitos;
Analgesia;
Antiinflamatórios;
Antitoxêmicos;
Antimicrobianos;
Nutrição clínica.
Profilaxia Laminite!!!
*
Tratamento
Suporte;
Reposição plasma, fluidos, eletrólitos;
Analgesia;
Antiinflamatórios;
Antitoxêmicos;
Antimicrobianos;
Nutrição clínica.
Profilaxia Laminite!!!
*
*
Complicações frequentes
Laminite;
Tromboflebite jugular;
*
*
*