Aula 3
1 pág.

Aula 3


Disciplina<strong>constucional</strong> 24 materiais4 seguidores
Pré-visualização1 página
DIREITO CONSTITUCIONAL III - CCJ0021
Título
SEMANA 3
Descrição
Questão discursiva:
Definindo o conceito de neoconstitucionalismo, Luís Roberto Barroso assim se
manifestou: A dogmática jurídica brasileira sofreu, nos últimos anos, o impacto de um conjunto novo e denso de ideias, identificadas sob o rotulo genérico de pós-positivismo ou
principialismo. Trata-se de um esforço de superação do legalismo estrito, característico
do positivismo normativista, sem recorrer às categorias metafísicas do jusnaturalismo.
Nele se incluem a atribuição de normatividade aos princípios e a definição de suas
relações com valores e regras; a reabilitação da argumentação jurídica; a formação de
uma nova hermenêutica constitucional; e o desenvolvimento de uma teoria dos direitos
fundamentais edificada sob a idéia de dignidade da pessoa humana. Nesse ambiente,
promove-se uma reaproximação entre o Direito e a Ética.
A partir da leitura do texto, INDAGA-SE:
O neoconstitucionalismo busca valorizar a aplicação axiológica do direito?

R: Sim, permeado pelo marco filosófico do pós-positivismo onde se busca uma aproximação entre direito, moral e ética e por isso valoriza o discurso axiológico que se desenvolve a partir da força normativa da Constituição e busca da vontade da Constituição.
b) Em caso de colisão de princípios constitucionais, é correto afirmar que a teoria
neoconstitucional recorre aos critérios hermenêuticos da hierarquia, cronológico ou da
especificidade?
R: Não, essa teoria Neoconstitucional para a solução de conflitos de interesses constitucionais se pauta pela ponderação dos princípios.

Questão objetiva:
Com o ocaso do modelo positivista surge o novo Direito Constitucional voltado para a
Moral e a Justiça. Este novo modelo foi nominado de neoconstitucionalismo e incorpora
grandes transformações paradigmáticas na hermenêutica. Marque a única opção que não
se coaduna com este modelo contemporâneo da interpretação constitucional:
a) afastamento da aplicação axiomático-dedutiva do direito
b) dignidade da pessoa humana como novo epicentro jurídico-constitucional do Estado de
Direito
c) garantia da efetividade dos princípios jurídicos
d) reconhecimento do direito como um sistema fechado de regras jurídicas
e) reaproximação entre a ética e o direito