1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DE GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES RESOLVIDA
5 pág.

1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DE GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES RESOLVIDA


DisciplinaAdministração Industrial18 materiais446 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1ª LISTA DE EXERCÍCIOS DE GESTÃO DA PRODUÇÃO E OPERAÇÕES 
PROFA.: ANA CAROLINA LIMA PIMENTEL DE FARIA 
 
A função produção contribui para se atingir a ideia de vantagem baseada em produção, 
mas isso só é possível através de objetivos de desempenho (vantagens) da função de 
produção. Bem como os benefícios internos e externos que uma operação pode obter 
a partir do atingimento de cada um desses objetivos de desempenho. Sobre esses 
objetivos marque alternativa INCORRETA: 
 
 a) O objetivo rapidez significa quanto tempo os consumidores precisam esperar para 
receber seus produtos ou serviços. Um exemplo é o tempo entre o pedido e a entrega 
de um produto ou tempo de espera em uma assistência técnica. Mas, para que essa 
agilidade aconteça é necessária também uma rapidez na operação interna, pois dela 
depende a resposta rápida aos consumidores externos. 
 b) O objetivo confiabilidade significa fazer as coisas em tempo para os consumidores 
receberem seus bens ou serviços quando foram prometidos. A confiabilidade pode 
significar: agendamento de serviços; entregas no tempo previsto; reposição de estoque 
no tempo certo e etc. 
 c) O objetivo flexibilidade significa ser capaz de mudar a operação de alguma forma. 
Pode se alterar o que a operação faz, como faz ou quando faz. Aqui a palavra chave é 
mudança. 
d) O objetivo custo é classificado como o menos importante objetivo de desempenho, 
pois é através dele que muitas empresas concorrem entre si. Este fato acaba tornando 
o custo o objetivo de produção que menos importa numa empresa. 
e) Cada um dos objetivos de desempenho possui vários efeitos externos e todos eles 
afetam os custos. Com isso na operação interna para se melhorar o desempenho dos 
custos é necessário melhorar os outros objetivos operacionais, isso significa dizer que 
há relação direta entre os aspectos externos e internos no desempenho das operações. 
 
\u201cAs quatro perspectivas tem-se revelado adequadas em diversas empresas e setores 
de mercado (...) ainda não encontramos empresas que utilizam menos que as quatro 
perspectivas, porém, dependendo das circunstâncias podem ser agregadas uma ou 
mais perspectivas complementares (...). As quatro perspectivas originais devem ser 
utilizadas como modelo e não como camisa de força\u201d. (Kaplan e Norton, 1997). 
O texto refere-se as quais perspectivas do BSC (Balanced Scorecard) e como elas 
relacionam-se entre si? 
 
 
 
Resposta 
1 BSC (Balanced Scorecard) é uma sigla que pode ser traduzida como 
Indicadores Balanceados de Desempenho. O termo Indicadores 
Balanceados se dá ao fato da escolha dos indicadores de uma organização não 
se restringirem unicamente no foco econômico-financeiro. As organizações 
também se utilizam de indicadores focados em ativos intangíveis como: 
desempenho de mercado junto a clientes, desempenhos dos processos internos e 
pessoas, inovação e tecnologia. Isto porque a somatória destes fatores 
alavancará o desempenho desejado pelas organizações, consequentemente 
criando valor futuro. 
Balanced Scorecard reflete o equilíbrio entre objetivos de curto e longo prazo, 
entre medidas financeiras e não-financeiras, entre indicadores de tendências e 
ocorrências, e ainda, entre as perspectivas interna e externa de desempenho. 
Este conjunto abrangente de medidas serve de base para o sistema de medição e 
gestão estratégica por meio do qual o desempenho organizacional é mensurado 
de maneira equilibrada sob as quatro perspectivas. Dessa forma contribui para 
que as empresas acompanhem o desempenho financeiro, monitorando, ao 
mesmo tempo, o progresso na construção de capacidades e na aquisição dos 
ativos intangíveis necessários para o crescimento futuro. 
A partir de uma visão balanceada e integrada de uma organização, o BSC 
permite descrever a estratégia de forma muito clara, por intermédio de quatro 
perspectivas: financeira; clientes; processos internos; aprendizado e 
crescimento. Sendo que todos se interligam entre si, formando uma relação de 
causa e efeito. 
 
 
Em janeiro, uma empresa produziu 300 toneladas de um produto, sendo utilizados 40 
funcionários na produção. Em fevereiro, foram 360 toneladas, com o aumento de 5 
funcionários na produção. A partir dessas informações, conclui-se que a: 
 
A) produtividade parcial da mão de obra apresentou um aumento inferior a 2%. 
B) produtividade parcial da mão de obra apresentou um aumento superior a 6%. 
C) produtividade da empresa não aumentou, pois a produção e a mão de obra 
aumentaram. 
D) capacidade da empresa foi reduzida, de forma proporcional ao aumento do número 
de trabalhadores. 
E) capacidade e a produtividade permanecem constantes. 
 
4. Uma empresa automobilística montava 640 unidades/dia com a utilização de 
5.420 empregados. Após melhorias no processo produtivo, passou a montar 768 
unidades por dia com a utilização de 3.720 empregados. Qual foi o aumento da 
produtividade da mão-de-obra? 
 
Produtividade antiga: 
640
5420
= 0,118 
Produtividade nova: 
768
3720
= 0,206 
Aumento da produtividade: 
0,206
0,118
= 1,748 \ud835\udc5c\ud835\udc62 74,5% 
 
5. Suponha que um produto manufaturado por uma empresa seja uma caixa de 
transmissão. Assuma que os seguintes dados sejam típicos de uma semana de 
operação e que os valores estejam expressos em $ constante: 
 
Saídas (Outputs) $ 10.500,00 
Entradas (Inputs) 
\uf0a8 Mão-de-Obra 
\uf0a8 Materiais 
\uf0a8 Capital 
\uf0a8 Energia 
\uf0a8 Outras Despesas 
$ 1.000,00 
$ 3.000,00 
$ 2.500,00 
$ 300,00 
$ 200,00 
Determine as produtividades parciais para esse produto em relação a cada um 
dos cinco fatores dados. Determine também a produtividade total. 
Produtividade da mão de obra: 
10500
1000
= 10,5 
Produtividade dos materiais: 
10500
3000
= 3,5 
Produtividade do capital: 
10500
2500
= 4,25 
Produtividade da energia: 
10500
300
= 35 
Produtividade outras despesas: 
10500
200
= 50,2 
Produtividade total: 
10500
1000+3000+2500+300+200
= 1,5 
 
6. Suponha que uma firma tenha uma máquina que produza 100 unidades / homem 
x hora. A referida máquina é substituída por outra mais moderna e mais cara, 
que permite ao operador produzir 120 unidades / homem x hora. Sabendo que 
os custos de operação da máquina velha e nova são respectivamente, $4,00 / 
hora x máquina e $6,00 / hora x máquina e que o salário do operador é $5,00 / 
homem x hora. Calcule: 
a) A variação da produtividade da mão-de-obra. 
Produtividade antiga - mão de obra: 
100
5
=
20 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60
\u210e\ud835\udc5c\ud835\udc5a\ud835\udc52\ud835\udc5a.$
 
Produtividade nova - mão de obra: 
120
5
=
24 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60
\u210e\ud835\udc5c\ud835\udc5a\ud835\udc52\ud835\udc5a.$
 
Variação da produtividade: 
(24\u221220)
20
= 0,2 \ud835\udc5c\ud835\udc62 20% 
 
b) A variação da produtividade da máquina. 
Produtividade antiga \u2013 máquina: 
100
4
=
25 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60
$
 
Produtividade nova \u2013 máquina: 
120
6
=
20 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60
$
 
Variação da produtividade: 
(20\u221225)
25
= \u22120,2 \ud835\udc5c\ud835\udc62 \u2212 20% 
 
 
c) A variação da produtividade total. 
Produtividade total antiga \u2013 máquina: 
100
4×5
=
5 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60.\u210e\ud835\udc5c\ud835\udc5f\ud835\udc4e
$²
 
Produtividade total nova \u2013 máquina: 
120
6×5
=
4 \ud835\udc62\ud835\udc5b\ud835\udc56\ud835\udc51\ud835\udc4e\ud835\udc51\ud835\udc52\ud835\udc60.\u210e\ud835\udc5c\ud835\udc5f\ud835\udc4e
$²
 
Variação da produtividade: 
(4\u22125)
5
= \u22120,2 \ud835\udc5c\ud835\udc62 \u2212 20% 
 
7. Uma empresa de porte médio instalou um sistema CAD, cuja depreciação é de $ 
10.000,00 por ano. No primeiro ano de operação as economias de pessoal no 
setor de engenharia foram desprezíveis, mas o número de novos trabalhos 
conseguidos pela empresa aumentou consideravelmente, passando a receita de 
$ 1 milhão para $ 1,25 milhão. Também houve uma redução nas despesas de 
viagens dos vendedores de $ 20.000,00