A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
194 pág.
ANÁLISE DE DECISÃO REVISADA E AMPLIADA (1)

Pré-visualização | Página 5 de 6

uma
informação, mas torná-la comum entre as
pessoas envolvidas.
Emissor
(fonte)
Receptor
Codifi-
cação
Canal
Decodi-
ficação
Mensagem Mensagem
Transmite
TransmiteFeedback
Ruído RuídoRuído
Recebe
Recebe
O sistema de informação gerencial (sig)fornece base de
apoio ao gestor, pois ele conta com informações primordiais
para dar fundamentação à todas as decisões a serem
tomadas.
E L E M E N T O S DA 
QUALIDADE DA INFORMAÇÃO
NO PROCESSO DECISÓRIO
M Ó D U L O 1 7
O processo decisório, assim como
qualquer ferramenta gerencial deve ser
dotado de elementos de qualidade.
São elementos que possibilitam ao
tomador de decisão segurança no
processo, porque formam um conjunto
de atributos de segurança e redução
do risco.
Desenvolvimento Organizacional
A qualidade da informação pode ser definida como o quanto
que a informação disponível atende aos requisitos de
informação dos usuários, ou ainda, como a informação supre a
necessidade dos consumidores de informação.
É importante que os produtores de informação saibam quem
são todos os consumidores da informação, quais são os seus
requisitos de qualidade, como o dado é utilizado e qual o custo
do dado sem qualidade.
Desenvolvimento Organizacional
Ciclo da 
Qualidade de 
Informação 
para 
Processos 
Decisórios
Definir
Medir
Analisar
Melhorar
Desenvolvimento Organizacional
DIMENSÕES DEFINIÇÕES
Ter fácil 
acessibilidade
Facilidade de obtenção
Ter em 
quantidade 
necessária
Volume de informação necessário a tomada de 
decisão
Ter credibilidade A informação é considerada verdadeira e digna de 
crédito
Ter objetividade Imparcialidade, não prejudicada e livre de tendências
Ser relevante A informação é aplicável e útil para a tomada de 
decisão
Ser atual A informação é suficientemente atualizada
Ser de fácil 
entendimento
A informação é facilmente compreendida
Q
U
A
L
ID
A
D
E
 D
A
 I
N
F
O
R
M
A
Ç
Ã
O
DIFICULDADES BÁSICAS 
NA TOMADA DE DECISÃO 
M Ó D U L O 1 8
Cada 
dificuldade 
cria um 
ambiente 
específico
na empresa.
A existência das dificuldades mencionadas 
anteriormente apontam para a necessidade 
da P E S Q U I S A na tomada de decisão 
como uma forma segura de se obter 
I N F O R M A Ç Ã O . 
A IMPORTÂNCIA DA 
PESQUISA NA TOMADA 
DE DECISÃO 
M Ó D U L O 1 9
A 1ª refere-se à complexidade do problema que
requer a decisão, sendo essencial que o responsável
por ela desenvolva ou utilize métodos para organizar
a situação em uma estrutura de análise, incluindo
possíveis cursos de ação, resultados e
consequências.
A 2ª dificuldade deve-se à incerteza da origem e
das causas da situação problema. Esta deve ser
analisada por meio da identificação e representação
de fontes de incertezas, sendo fundamental que o
tomador de decisão busque o máximo possível de
informações para sua análise.
A 3ª dificuldade refere-se à multiplicidade de objetivos
que podem existir em um contexto de decisão.
Muitas vezes a decisão em uma direção pode impedir o
progresso em outras, sendo necessário que o responsável
por ela analise os benefícios que podem ocorrer de um
lado e os custos que podem acarretar em outro.
QUARTA, uma decisão pode ser difícil, se mais de
uma pessoa está envolvida no processo decisório,
uma vez que os indivíduos podem interpretar a
situação de maneiras diversas, da mesma forma
como podem discordar com relação às incertezas,
riscos e resultados.
M É T O D O S
DE TOMADA DE 
DECISÃO 
M Ó D U L O 2 0
E X P E R I Ê N C I A S P A S S A D A S : Baseadas em modelos 
já utilizados e que tiveram um bom grau de eficiência 
em determinado momento.
E X P E R I M E N T A Ç Ã O : Baseia-se em modelos ainda 
não utilizados, mas que parecem ser a melhor opção. 
P E S Q U I S A O P E R A C I O N A L : Pesquisa
qualitativa ou quantitativa baseadas em aplicações
matemáticas para auxiliar na tomada de decisão.
N Í V E L D E I M P O R T Â N C I A D E N T R O D A
E M P R E S A : altamente importante, importante,
medianamente importante, pouco importante, não
importante.
P R E V I S I B I L I D A D E : rotineira, não rotineira, inédita.
INDICADORES DE
EFICIÊNCIA NA TOMADA
DE DECISÃO 
M Ó D U L O 2 1
• Tempo de tomada de decisão; 
• Grau de centralização da tomada de decisão;
• Disposição ao risco; 
• Assertividade das decisões. 
• Qualidade do processo decisório: Todas as informações 
importantes foram identificadas e analisadas?
• Implementação : As pessoas envolvidas entenderam a 
decisão?
• C u s t o : Qual a relação custo x benefício da tomada de 
decisão?
• E n v o l v i m e n t o : As pessoas certas foram envolvidas e ouvidas 
no processo? “O processo foi conduzido de forma que todos possam 
aprender com ele?”
VANTAGENS NA DECISÃO EM GRUPO
✓ Uma maior probabilidade de se chegar a uma solução de maior 
qualidade e precisão;
✓ Maior partilha de informação entre seus membros;
✓ Maior diversidade de experiências e perspectivas sobre os diversos 
assuntos;
✓ Mais alternativas para solucionar o problema;
✓ As pessoas sentem-se mais motivadas, pois sentem que a sua 
opinião contribuiu para uma solução final e que foi importante.
DESVANTAGENS NA DECISÃO EM GRUPO
✓ Processo mais demorado;
✓ O grupo necessita de conciliar horário e tempo para chegar a 
uma solução;
✓ Poderá existir um impasse mais prolongado precisamente por 
não se chegar a um consenso que seja apoiado pela maioria;
✓ Poderão ocorrer discussões entre os membros;
✓ Diluição de responsabilidades quanto aos resultados da decisão.
A N Á L I S E
DE DECISÕES
TOMADAS 
M Ó D U L O 2 2
Analisar a decisão é prezar pela qualidade
dos resultados, é respeitar o entendimento
mútuo da equipe diante da missão a ser
alcançada e, por fim, é avaliar de forma séria e
responsável sua escolha.
A análise da tomada de decisão
é formada por quatro conjuntos 
de indicadores.
Qualidade: as decisões passam por métodos eficientes?
Implementação: a implementação é feita segundo um 
plano de trabalho?
Custo: o custo resultante do processo é suportável? 
Envolvimento: o envolvimento de todos os participantes foi 
programado? 
1
2
3
4
Conjunto de 3 Dimensões Para a 
A N Á L I S E da Tomada de Decisão
A DECISÃO ENVOLVEU UM PROCESSO ANALÍTICO?
Decisões são normalmente relacionadas a resolução de
problemas.
Quanto melhor a análise do problema, maior a
probabilidade que uma boa decisão seja tomada.
Portanto, reflita se suas decisões estão sendo tomadas com
base nas causas reais ou somente nos efeitos dos
problemas.
11
A DECISÃO RESPEITOU OS VALORES DA EMPRESA?
No calor do dia a dia, e face a pressões de diversos
lados, decisões tomadas podem ser contrárias aos
valores do empreendedor e da empresa. Valores são
princípios, padrões ou qualidades que são crenças
centrais e convicções da organização. Estabelecem as
prioridades morais e éticas, que servem como guia para
todas as atividades.
22
A DECISÃO CONSIDEROU OS POTENCIAIS IMPACTOS E 
RISCOS PARA OS RESULTADOS?
Decisões envolvem previsões e é impossível prever o
futuro, ainda mais em momentos de incertezas como
passa o Brasil. É de se esperar que retornos elevados
estejam associados a riscos maiores. Portanto, boas
decisões são as que consideram conscientemente uma
boa relação risco x retorno.
33
A análise da tomada de decisões é um conjunto de procedimentos
complexos, que visa:
✓Identificar e avaliar a situação;
✓Prescrever

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.