A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Avaliando Aprendizado Resp.

Pré-visualização | Página 1 de 2

Durante uma aula prática na Clinica Escola, o aluno avaliou um paciente com pneumonia e verificou que na ausculta pulmonar ele apresentava ruídos adventícios em consequência da quantidade de exsudato nos alvéolos. Estes ruídos patológicos foram designados pelo aluno de:
		
	
	Estridor laríngeo
	
	Atrito pleural
	 
	Estertores Creptantes
	 
	Sibilos
	
	Roncos
		
	
	
	
	
	Ao olhar o exame radiológico de Sr. José admitido na UTI, observou-se uma imagem radio opaca em base de hemitórax direito com desvio do mediastino para o mesmo lado da imagem. A equipe ficou em dúvida quanto ao diagnóstico provável. Dentre as possibilidades descritas abaixo, escolha a mais provável.
		
	
	Pneumonia
	
	Neoplasia
	
	Derrame pleural
	 
	Atelectasia
	
	Pneumotórax
		
	
	Na inspeção estática do tórax de um paciente que chega ao ambulatório de fisioterapia da ESTACIO, devemos observar as principais alterações:
		
	 
	Presença de drenos, cicatrizes e deformidades no tórax.
	
	Deformidades torácicas e a percussão torácica.
	
	Expansibilidade e movimentação diafragmática.
	
	Presença de cicatrizes e o frêmito tóraco-vocal.
	 
	Presença de abaulamentos torácicos e o padrão ventilatório adotado pelo paciente.
		
	
	Christopher Reeve falecido em 10 de outubro de 2004 foi um ator e realizador do cinema dos Estados Unidos. Seu papel mais famoso foi como o Super-Homem, numa série de quatro filmes. Em 27 de maio de 1995, um acidente (queda de um cavalo) o deixou tetraplégico devido à fratura nas suas duas primeiras vértebras cervicais. Qual é o músculo primário da inspiração em pessoas que sofreram lesão medular nível C1-C2?
		
	
	Escalenos
	 
	Diafragma
	 
	Esternocleidomastóideo
	
	Instercostais Paraesternais Externos
	
	Peitoral maior
		
	
	O padrão respiratório fornece informações sobre o tipo e a gravidade da doença respiratória.
Relacione os padrões e características. 1. Apneia; 2. Kussmaul; 3. Cheyne-Stokes; 4. Ataxica;5. Apneustica.
( ) Prolongada.
( ) Rápida e profunda, com ventilação minuto alta.
( ) Ausência de respiração.
( ) Inadequadas, incoordenadas e superficiais.
( ) Irregular, ciclos profundos que progressivamente se tornam superficiais.
		
	
	2, 3, 1, 5 e 4.
	
	4, 5, 2, 3 e 1.
	 
	5, 2, 1, 4 e 3.
	 
	3, 4, 1, 2 e 5.
	José Luiz, sexo masculino, 66 anos, raça branca, altura 1,64, peso 53 Kg, deu entrada na emergência de um hospital municipal, relatando intensa ¿falta de ar¿, segundo informação do cliente (sic). Ao exame clínico apresentou-se cianótico, taquicárdico(115 bpm), hipertenso (150 x 95 mmHg), taquipnêico(28 irpm), com aumento do trabalho respiratório. À ausculta pulmonar apresentou murmúrio vesicular audível com sibilos difusos. A doença a que se refere caracteriza-se por episódios de obstrução ao fluxo aéreo e hiper-responsividade traqueo-brônquica a estímulos diversos, resultando em estreitamento difuso das vias respiratórias.
		
	
	Enfisema
	 
	Asma
	
	Bronquiectasia
	
	Bronquite
	
	Pneumonia
		
	
	Uma criança obesa chegou ao hospital com quadro de pneumonia com dispneia e hipersecreção brônquica. À ausculta pulmonar foram observados roncos difusos em todo o tórax. Foi atendido pelo médico e encaminhado ao fisioterapeuta. I. O fisioterapeuta prescreveu uma nebulização com medicação mucolítica para o paciente; II. Após isso, por se tratar de um paciente obeso, optou por fazer desobstrução com o Flutter, já que o paciente estava colaborativo com a conduta; III. Por não ter êxito na eliminação da secreção pelo próprio paciente, o fisioterapeuta fez uma aspiração aberta com a sequência nariz e boca; !V. Devido a ter observado uma maior quantidade de secreção na base dos pulmões, deixou o paciente em drenagem postural com a perna elevada e a cabeça baixa, durante 30 minutos. Sabendo-se das atribuições e técnicas fisioterapêuticas, analise o quadro clinico acima e marque a resposta correta:
		
	 
	São verdadeiras as alternativas I e II
	
	São verdadeiras as alternativas III e IV
	
	São verdadeiras as alternativas I e III
	 
	São verdadeiras as alternativas II e III
	
	São verdadeiras as alternativas I e IV
		
	
	A medida da força da musculatura respiratória tem sido considerada, desde as décadas de 60 e 70, como um método simples, prático e preciso na avaliação da força dos músculos respiratórios, tanto em indivíduos sadios como em pacientes com disfunção respiratória ou neurológicas. O conjunto dessas técnicas, dentre outras, tem se constituído em parâmetros eficientes de avaliação e acompanhamento do exercício físico e de muitos procedimentos técnicos empregados na fisioterapia respiratória (Costa et al, 2003). Usando como base essa informação marque a resposta que mostra o aparelho que é utilizado para mensuração da força da musculatura respiratória e o aparelho que serve para fortalecer o diafragma:
		
	 
	Manovacuômetro e threshold IMT
	 
	Manovacuômetro e respiron
	
	Ventilômetro e threshold IMT
	
	Manovacuômetro e threshold PEP
	
	Ventilômetro e threshold PEP
		
	
	Uma radiografia do tórax mostra os seguintes achados: imagem hipertrasnparente, com aumento dos espaços intercostais e retificação das cúpulas diafragmáticas sem alteração da trama vascular pulmonar. Os achados são compatíveis com:
		
	
	Derrame Pleural
	 
	Hiperinsuflação patológica provavelmente por doença obstrutiva
	
	Pneumotórax
	
	Infiltrado intersticial
	
	Atelectasia
		
	
	Avalie as alternativas e assinale a seguir: I. Um paciente com derrame pleural terá frêmito tóraco vocal aumentado. II. A fadiga do diafragma pode causar padrão paradoxal de respiração e o paciente pode evoluir para suporte ventilatório mecânico. III.A presença de pneumotórax pode produzir hiperressonância durante a percussão torácica. IV. A presença de roncos durante a ausculta pulmonar pode indicar broncoespasmo das vias aéreas. Então:
		
	 
	II, III e IV são verdadeiras
	 
	II e III são verdadeiras
	
	Todas as afirmativas são verdadeiras
	
	I e II são verdadeiras
	
	III e IV são verdadeiras
	O Programa de Saúde da Família é a principal porta de entrada do Sistema Único de Saúde e tem sua prática centrada na população cadastrada de uma determinada comunidade assistida. As equipes atuam numa abordagem que respeita a especificidade do local em ações de promoção de saúde e prevenção de doenças. Em uma equipe inserida em uma cidade onde os índices de Tuberculose Pulmonar excedem os limites estabelecidos como aceitáveis pela Organização Mundial de Saúde e sabendo-se que o Fisioterapeuta é um profissional da área de saúde inserido neste contexto, faz-se necessário o conhecimento sobre esta doença de alta importância para saúde pública. Desta forma, marque a alternativa que NÃO retrata a realidade da Tuberculose Pulmonar:
		
	
	Embora os sintomas desapareçam em média após 60 dias do ínicio do tratamento, o mesmo não pode ser interrompido antes do término da antibioticoterapia.
	
	O tratamento normalmente é feito com o esquema RIPE (rifampicina, isoniazida, Pirazinamida e Etambutol).
	 
	A transmissão ocorre através da via inalatória e contaminação por alimentos, pratos, copos e talheres.
	
	A maior incidência ocorre em: recém-natos até 4 anos, adultos jovens 15-25 anos, idosos, imunossuprimidos e HIV.
	
	É uma doença infecciosa causada pelo Mycobacterium Tuberculosis.
		
	
	Na pneumonia estafilocócica podemos encontrar alterações anatômicas e estruturais decorrente a pneumoatocele no parênquima pulmonar, que ocorre por:
		
	
	Perfuração do ácino
	
	Ação de enzimas nos alvéolos
	 
	Perfuração dos alvéolos
	
	Perfuração dos brônquios
	
	Deficiência de surfactante pulmonar

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.