Patologia dor
50 pág.

Patologia dor


DisciplinaPrincípios em Fisiatria12 materiais29 seguidores
Pré-visualização1 página
Problema 1
\u2039#\u203a
1- NERVO
2- FASCÍCULOS: compõem o nervo
3- PERINÊURIO: envolve todo o fascículo 
4- EPINÊURIO: gelatina rosa em volta do perineuro
5- FIBRAS
AXÔNIOS: bolinha rosinha dentro da fibra
- a bainha de mielina envolve o axônio
6- CÉLULAS DE SCHWANN: são fitas rosa-escura espalhadas pelos fascículos
axônio mielinizado: são as bolas com contorno preto mais grosso
axônio sofrem remielinização: são as bolas com contorno preto mais fino
axônio desmielinizados: são aqueles sem nada de contorno preto
degeneração da bainha de mielina num nodo de Ranvier: nota-se a ausência do revestimento preto grosso de mielina
processo de REMIELINIZAÇÃO:
- no início da remielinização, a nova bainha tem poucas camadas, apresentando uma espessura menor do que a de uma bainha normal
na neuropatia axonal ocorre redução numérica de axônios mielínicos e até seu desaparecimento e devido a isso, os axônios amielínicos sobressaem
axônios mielinizados: são aqueles com contorno preto grosso.
reparar que na lâmina de neuropatia eles praticamente não existem e só conseguimos ver os axônios amielinizados, ou seja, sem o contorno preto
neuropatia axonal grave: desaparecimento tanto dos neurônios mielínicos quanto dos amielínicos com permanência dos prolongamentos de Schwann dos axônios
REGENERAÇÃO AXONAL:
- na neuropatia axonal pode ocorrer regeneração de axônios que haviam degenerado
- os axônios crescem ao longo das células de Schwann originais e seus tubos de membrana basal 
- os axônios regenerados tendem a formar grupos chamados de \u2018clusters\u2019. Por essa razão, o encontro de grupos de 2 ou mais axônios de diâmetro e bainhas de mielina semelhantes numa neuropatia axonal é altamente sugestivo de regeneração
DEGENERAÇÃO WALLERIANA (anatpat)
- refere-se a degeneração da porção distal da fibra nervosa, caracterizada por degeneração de axônios e suas bainhas de mielina após secção do nervo, geralmente traumática
- o material resultante da degeneração dos axônios e da mielina formam figuras de mielina, que são enovelados de membranas 
-> essas figuras de mielina são encontradas no citoplasma das células de Schwann e em macrófagos 
neuroma traumático apresentando uma desordenada orientação dos axônios misturados com tecido conectivo 
nervos periféricos normais com todos os axônios alinhados num único plano com as bainhas de tecido conjuntivo
\u2039#\u203a
Problema 1.2
Presença de poucos bacilos -> hanseníase mais branda 
Paucibacilar
Multibacilar
Problema 2
- epitélio simples cilíndrico: presença de células absortivas e células caliciformes 
 setas: nódulos linfáticos
 setinhas: criptas
 camada mucosa
 camada submucosa
 camada muscular
área amarela nas 3 lâminas representa a necrose
1- luz com fecaloma e fecalito
2- espaço vazio entre os epitélios: úlcera, pois invade a muscular da mucosa
 3- infiltrado inflamatório na muscular
\u2039#\u203a
estrela vermelha: parte da camada submucosa preservada com os nódulos linfáticos
estrela amarela: parte da camada mucosa necrótica ulcerada
estrela verde: mucosa
estrela amarela: parte necrótica e ulcerada da mucosa
estrela azul: camada submucosa
estrela preta: camada muscular interna e externa
estrela vermelha: camada serosa
estrela azul: focos de úlcera na mucosa com exsudato necrótico
estrela vermelha: foco de hemorragia na submucosa
MP: camada muscular
estrela amarela: camada serosa edemaciada
Problema 3
Anel fibroso
Núcleo pulposo
Trabéculas (azul) e medula óssea (vermelho)
Os nódulos cartilaginosos ou de Schmörl representam a herniação intravertebral do material do disco através da placa terminal cartilaginosa. 
Tal ruptura da placa terminal cartilaginosa pode ser produzida por: 
\u2022 alterações no osso subcondral do corpo vertebral 
\u2022 uma anormalidade da própria placa terminal cartilaginosa 
Fibrose
- Está invadindo o osso
Trabéculas
- Há osteonecrose com desaparecimento dos osteócitos
Fibrose
Problema 4
Estágio avançado
- OA grave
A. Pannus: formado por infiltrado inflamatório e pela hiperplasia das células da membrana sinovial
- anquilose fibrosa e anquilose óssea
B. Formação de vilosidades: hiperplasia das células da membrana sinovial causada por infiltrado inflamatório que forma o exsudato fibrinopurulento 
C. Infiltrado inflamatório crônico
nódulo reumatóide subcutâneo:
- ocorre ao longo da superfície extensora do antebraço ou de outras áreas sujeitas à pressão mecânica
- os nódulos reumatóides são massas firmes e insensíveis, de formato oval ou arredondado -> se caracterizam por um foco central de necrose fibrinóide circundado por uma paliçada de macrófagos
-> representação dos cristais de urato: são longos, finos, com formato de agulha e não são birrefringentes
Cristais de urato monossódico
depósito de cristais de urato de sódio no tecido conjuntivo subcutâneo, em articulações distais ou na cartilagem auricular, na vigência de hiperuricemia
tofo gotoso formado por agregados de cristais de urato de sódio -> o tofo é delimitado por uma cápsula fibrosa
o infiltrado inflamatório é composto de macrófagos e células gigantes -> essas tentam fagocitar os cristais de urato