Inventários e partilhas Direito das sucessões teoria e prática
50 pág.

Inventários e partilhas Direito das sucessões teoria e prática

Disciplina:Direito Civil I48.446 materiais558.500 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Dados	Internacionais	de	Catalogação	na	Publicação	(CIP)
(Câmara	Brasileira	do	Livro,	SP,	Brasil)

Oliveira,	Euclides	Benedito	de
Inventários	e	partilhas	:	direito	das	sucessões	:	teoria	e	prática	/	Euclides	Benedito	de

Oliveira,	Sebastião	Luiz	Amorim.	--	23.	ed.	rev.	e	atual.	--	São	Paulo	:	Livraria	e	Editora
Universitária	de	Direito,	2013.
	

Bibliografia.
ISBN	978-85-7456-296-4

	
1.	Direito	das	sucessões	\u2013	Brasil	2.	Herança	e	sucessão	\u2013	Brasil	3.	Inventários	de	bens	\u2013

Brasil	4.	Partilhas	\u2013	Brasil	I.	Amorim,	Sebastião	Luiz.	II.	Título

	
04-5029 CDU-347.65(81)

Índices	para	catálogo	sistemático:
1.	Brasil	:	Direito	das	sucessões	:	Direito	civil													347.65(81)

©	Copyright	2013	by	Livraria	e	Editora	Universitária	de	Direito
	

Editor	responsável:
Armando	dos	Santos	Mesquita	Martins

	
Produtor	editorial:
Luiz	Antonio	Martins

	
Revisão:

Luiz	Antonio	Martins
	

Editoração	e	capa:
Triall	Composição	Editorial	Ltda.

	
Produção	do	e-book:
Schäffer	Editorial

	
	

Livraria	e	Editora	Universitária	de	Direito
Rua	Santo	Amaro,	586	\u2013	Bela	Vista

Telefones:	(11)	3101-5100	\u2013	3105-6374	\u2013	CEP	01315-000
E-mail:	leud@leud.com.br	\u2013	Site:	www.editoraleud.com.br

	
TODOS	OS	DIREITOS	RESERVADOS.	Proibida	a	reprodução	total	ou	parcial,	por	qualquer	meio
ou	processo,	 especialmente	por	 sistemas	gráficos,	microfílmicos,	 fotográficos,	 reprográficos,
fonográficos,	videográficos.	Vedada	a	memorização	e/ou	a	recuperação	total	ou	parcial,	bem
como	 a	 inclusão	 de	 qualquer	 parte	 desta	 obra	 em	 qualquer	 sistema	 de	 processamento	 de
dados.	 Essas	 proibições	 aplicam-se	 também	 às	 características	 gráficas	 da	 obra	 e	 a	 sua
editoração.	A	violação	dos	direitos	autorais	é	punível	como	crime	(art.	184	e	parágrafos,	do
Código	Penal,	cf.	Lei	no	10.695/2003)	com	pena	de	prisão	e	multa,	conjuntamente	com	busca
e	apreensão	e	indenizações	diversas	(Lei	no	9.610,	de	19-02-98).

Carinhosa	homenagem

Aos	nossos	queridos	familiares,
porque	souberam	entender	nosso	esforço,

participaram	de	nossos	sofrimentos	e	alegrias,
deram	permanente	incentivo	e	inestimável	apoio,

sem	o	que	esta	obra	não	teria	sucesso.

Os	autores

	
PUBLICAÇÕES	DOS	AUTORES

EUCLIDES	DE	OLIVEIRA:
Código	 Civil	 Comentado.	 Vol.	 XX:	 \u201cDireito	 das	 Sucessões.	 Inventário.	 Partilha.
Artigos	1.991	a	2.027\u201d.	Coord.	Álvaro	Villaça	Azevedo.	São	Paulo:	Atlas,	2004.

Direito	de	Família	e	o	novo	Código	Civil.	\u201cDo	Direito	de	Família\u201d	e	\u201cDo	casamento\u201d.
Com	Giselda	Maria	 Fernandes	Novaes	Hironaka.	 Coord.	Maria	 Berenice	 Dias	 e
Rodrigo	da	Cunha	Pereira.	Div.	aut.,	3a	ed.,	Belo	Horizonte:	Del	Rey,	2003.

Direito	de	Herança	\u2013	a	nova	ordem	da	sucessão.	2a	ed.,	São	Paulo:	Saraiva,	2009.

Direito	 e	 Responsabilidade.	 \u201cResponsabilidade	 do	 Estado	 pelo	 atendimento	 à
saúde\u201d.	 Coord.	 Giselda	 Maria	 Fernandes	 Novaes	 Hironaka.	 Div.	 aut.,	 Belo
Horizonte:	Del	Rey,	2002.

Novo	Código	Civil	\u2013	interfaces	no	ordenamento	jurídico	brasileiro.	\u201cDireito	de	Família
no	 novo	 Código	 Civil\u201d.	 Coord.	 Giselda	Maria	 Fernandes	 Novaes	 Hironaka.	 Div.
aut.,	Belo	Horizonte:	Del	Rey,	2004.

Novo	 Código	 Civil	 \u2013	 questões	 controvertidas.	 \u201cAlteração	 do	 regime	 de	 bens	 no
casamento\u201d.	Coord.	Mário	Luiz	Delgado	e	Jones	Figueirêdo	Alves.	Div.	aut.,	São
Paulo:	Método,	2003.

Novo	Código	Civil	\u2013	questões	controvertidas.	Vol.	II.	\u201cDireito	ao	nome\u201d.	Coord.	Mário
Luiz	Delgado	e	Jones	Figueirêdo	Alves.	Div.	aut.,	São	Paulo:	Método,	2004.

O	Direito	Civil	no	século	XXI.	\u201cIndenização	por	danos	morais	ao	nascituro\u201d.	Coord.
Maria	Helena	Diniz	e	Roberto	Senise	Lisboa.	Div.	aut.,	São	Paulo:	Saraiva,	2003.

Separação	e	Divórcio	 \u2013	 teoria	e	prática.	Com	Sebastião	Luiz	Amorim.	6a	 ed.,	 São
Paulo:	LEUD,	2001.

Tóxicos.	Com	José	Luiz	Vicente	de	Azevedo	Franceschini.	2a	ed.,	São	Paulo:	LEUD,
1990.

Tratado	de	Direito	Privado,	de	Francisco	Cavalcanti	Pontes	de	Miranda,	Tomo	60,
coautoria	 na	 atualização	 com	 Giselda	 Hironaka	 e	 Paulo	 Luiz	 Neto	 Lobo,	 São
Paulo:	Revista	dos	Tribunais,	2012.

União	Estável	\u2013	do	concubinato	ao	casamento.	6a	ed.,	São	Paulo:	Método,	2003.

SEBASTIÃO	AMORIM:
Código	Civil	comentado.	Vol.	XIX:	\u201cDireito	das	Sucessões.	Sucessão	Testamentária.
Artigos	1.857	a	1.990\u201d.	Coord.	Álvaro	Villaça	Azevedo.	São	Paulo:	Atlas,	2004.

Dicionário	de	Doenças	Profissionais.	Com	Irineu	Antonio	Pedrotti.	São	Paulo:	Juarez
de	Oliveira,	2000.

Manual	de	Doenças	Profissionais.	Com	 Irineu	Antonio	Pedrotti.	 São	Paulo:	 LEUD,
1992.

Responsabilidade	Civil	\u2013	Acidentes	do	Trabalho.	Com	José	de	Oliveira.	São	Paulo:
Saraiva,	2001.

Separação	e	Divórcio	\u2013	teoria	e	prática.	Com	Euclides	de	Oliveira.	6a	ed.,	São	Paulo:
LEUD,	2001.

O	Direito	Civil	no	século	XXI.	\u201cProcessamento	da	Sucessão	do	ausente	\u2013	Presunção	e
Declaração	 de	 Morte\u201d.	 Coord.	 Maria	 Helena	 Diniz	 e	 Roberto	 Senise	 Lisboa.
Diversos	aut.,	São	Pau \u200blo:	Saraiva,	2003.
Direito	 de	 Família.	 Aspectos	 Constitucionais,	 cíveis	 e	 processuais:	 \u201cConcubinato,
Companheiros:	Novos	Rumos\u201d.	Com	Euclides	Benedito	de	Oliveira.	Vol.	2.	Coord.
Tereza	Arruda	Alvim.	RT,	1995.

O	 Direito	 de	 Família	 após	 a	 Constituição	 Federal	 de	 1988.	 Coord.	 Antônio	 Carlos
Mathias	Coltro.	Diversos	aut.	Celso	Bastos	Editor,	2000.

Enciclopédia	Prática	Comercial	\u2013	Ed.	Honor	Editoral	\u2013	Parte	dos	Verbetes	Jurídicos
\u2013	1969.

	
APRESENTAÇÃO	À	1a	EDIÇÃO

Dois	 ilustres	 magistrados	 de	 São	 Paulo,	 os	 Drs.	 Sebastião	 Luiz	 Amorim	 e	 Euclides
Benedito	de	Oliveira,	dão-me	a	honra	de	solicitar	que	apresente	a	obra	que	estão	na	iminência
de	publicar,	intitulada	\u201cInventários	e	Partilhas\u201d.

Já	conhecia	de	há	muito	os	cultos	autores,	e	se	os	admirava	à	distância,	em	sua	atividade
judicante,	 passei	 a	 admirá-los	 também	 de	 perto,	 ao	 conhecê-los	 pessoalmente	 e	 ao	 ler	 o
excelente	trabalho	que	elaboraram.

Trata-se	de	obra	de	grande	atualidade,	que	 focaliza	os	problemas	modernos	de	direito
sucessório	 com	grande	acuidade	e,	direi	mesmo,	 com	grande	coragem,	pois	os	autores	não
raro	 oferecem	 soluções	 novas	 que	 fogem	 ao	 ranço	 do	 tradicionalismo.	 Ademais,	 com	 sua
experiência	de	magistrados,	eles	trazem	à	baila	problemas	encontrados	em	sua	judicatura	e
cuja	solução	por	vezes	embaraça	o	advogado.	Acrescentam	ainda	uma	extensa	parte	prática,
representada	 por	 bem	 engendrados	 formulários,	 que	 serão	 de	 grande	 utilidade	 ao
profissional	que	se	inicia.

Ao	felicitar	os	cultos	magistrados	pela	obra	produzida,	que	não	hesito	em	recomendar,
estou,	 certamente,	 felicitando	 a	 magistratura	 deste	 Estado	 por	 contar,	 em	 seu	 bojo,	 com
elementos	de	nível	tão	elevado.

São	Paulo,	maio	de	1984.

SILVIO	RODRIGUES

	
INTRODUÇÃO

Objetivo.	Com	características	de	doutrina	e	de	prática	forense,	esta	obra	quer	transmitir
conhecimentos	básicos	do	direito	sucessório.

Não	 tem	 pretensões	 de	 erudição.	 Seu	 objetivo	 é	 comentar	 as	 normas	 que	 regem	 a
sucessão	 legítima	 e	 a	 testamentária.	 E	 dedica-se	 a	 expor	 os	 procedimentos	 judiciais	 de
inventários	e	partilhas,	judiciais	e	extrajudiciais.

Usuário.	Mais	que	aos	professores	e	 juristas,	de	cujos	ensinamentos	se	vale,	o	trabalho
destina-se	 aos	 advogados	 que	militam	 nessa	 área	 do	 direito.	 Igualmente	 aos	 estudantes	 e
operosos	estagiários.

Quer	alcançar,	também,	o	público	em	geral,	porque	o	texto	é	simples,	direto	e	objetivo.	A
pessoa	 que	 se	 vê,	 repentinamente,	 com	 questões	 sucessórias,	 terá	 respostas	 rápidas	 e
eficientes,	de	fácil	intelecção.

Pudesse	ser	útil,	propõe-se	a	colaboração	com	os	escreventes	judiciais	e	extrajudiciais	e,
não	 fora	 muita	 ousadia,	 também	 com	 os	 defensores	 públicos,	 promotores	 de	 justiça,
procuradores	e	juízes	de	família	e	sucessões.

Conteúdo.	 Ao	 lado	 de	 explanação	 teórica,	 vem	 o	 indicativo	 prático:	 quando	 se	 abre	 a
sucessão	 hereditária,	 quais	 as	 espécies	 de