#Química   Volume 1 (2016)   Martha Reis
50 pág.

#Química Volume 1 (2016) Martha Reis

Disciplina:Química Inorgagânica64 materiais169 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Química - Ensino Médio

1

Qu\u2019mica
Martha Reis

Manual do

Professor

MarthaReis_Quimica_V1_PNLD2018_Capa_AL_PR.indd 2 3/31/16 8:50 AM

1
Martha Reis
Bacharela e licenciada em Química pela Faculdade

de Ciências Exatas, Filosóficas e Experimentais da

Universidade Presbiteriana Mackenzie.

Foi professora dos colégios Mackenzie e Objetivo

e do curso preparatório para vestibulares Universitário,

tendo atuado também como editora de livros didáticos.

Química - Ensino Médio

Química
Martha Reis

2ª edição
São Paulo \u2022 2016

Manual do

Professor

M_Reis_Quimica_V1_PNLD2018_001a002_iniciais.indd 1 5/18/16 2:11 PM

Diretoria editorial
Lidiane Vivaldini Olo

Gerência editorial
Luiz Tonolli

Editoria de Biologia e Química
Isabel Rebelo Roque

Edição
Daniela Teves Nardi

Gerência de produção editorial
Ricardo de Gan Braga

Arte
Andréa Dellamagna (coord. de criação),

Erik TS (progr. visual de capa e miolo),

André Gomes Vitale (coord. e edição)

e Casa de Tipos (diagram.)

Revisão
Hélia de Jesus Gonsaga (ger.),

Rosângela Muricy (coord.), Ana Paula Chabaribery Malfa,

Gabriela Macedo de Andrade, Heloísa Schiavo,

Brenda Morais e Gabriela Miragaia (estagiárias)

Iconografia
Sílvio Kligin (superv.), Denise Durand Kremer (coord.),

Roberta Freire Lacerda Santos (pesquisa), Cesar Wolf e

Fernanda Crevin (tratamento de imagem)

Ilustrações
Alex Argozino e Paulo Manzi

Cartografia
Eric Fuzii, Márcio Souza

Foto da capa: Dusan Bartolovic/Getty Images

Protótipos
Magali Prado

Direitos desta edição cedidos à Editora Ática S.A.
Avenida das Nações Unidas, 7221, 3o andar, Setor A

Pinheiros \u2013 São Paulo \u2013 SP \u2013 CEP 05425-902

Tel.: 4003-3061

www.atica.com.br / editora@atica.com.br

2016

ISBN 978 8508 17943 5 (AL)
ISBN 978 8508 17944 2 (PR)

Cód. da obra CL 713349

CAE 566 081 (AL) / 566 082 (PR)

2a edição

1a impressão

Impressão e acabamento

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
 (Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)

 Fonseca, Martha Reis Marques da
 Química : ensino médio / Martha Reis. --
 2. ed. -- São Paulo : Ática, 2016.

 Obra em 3 v.
 Bibliografia.

 1. Química (Ensino médio) I. Título.

16-01899 CDD-540.7

 Índices para catálogo sistemático:
 1. Química : Ensino médio 540.7

2

M_Reis_Quimica_V1_PNLD2018_001a002_iniciais.indd 2 5/18/16 2:11 PM

APRESENTAÇÃO

rar
ach

/Sh
utt

ers
toc

k

N
os próximos anos, ao longo de todo o Ensino

Médio, você vai estudar Química e deve estar

se perguntando qual é a importância que es-

se estudo terá em sua vida.

Não há dúvida de que todo conhecimento adqui-

rido é importante, porque nos faz crescer e enxergar

além do que víamos antes.

Assim, o estudo da Química, em particular, vai lhe

fornecer informações que farão você compreender

melhor o funcionamento do seu corpo e do mundo

em que vive. Essas informações ajudarão você a exer-

cer efetivamente a cidadania e a ter consciência de

suas escolhas \u2014 incluindo o uso da tecnologia \u2014, pois

será capaz de avaliar o impacto dessas escolhas tan-

to no meio ambiente quanto na sua saúde.

Utilizar o conhecimento adquirido com o estudo

da Química para entender os fenômenos, compreen-

der as notícias, analisar e questionar as informações,

duvidar, verificar se os dados estão corretos, tudo

isso permite que você saia do papel de espectador e

passe a atuar sobre os problemas que nos afetam.

Esperamos que você gos-

te dos livros e que o aprendi-

zado em Química seja incor-

porado definitivamente à sua

vida e ao seu exercício diário

de cidadania.

A autora

3

M_Reis_Quimica_V1_PNLD2018_003a007_iniciais.indd 3 29/03/16 09:23

Conheça seu Livro

Abertura
da Unidade
Cada volume da coleção

é dividido em cinco

Unidades temáticas.

O tema de cada Unidade

é apresentado com um

breve texto de

introdução.

Foi notícia!
Esta seção abre todos

os capítulos da coleção

e apresenta um texto

jornalístico relacionado

ao tema da Unidade,

do qual são extraídas

questões.

3UNID
A

D
E

132

 A poluição eletromagnética é caracterizada pelo excesso de
radiações invisíveis às quais estamos submetidos o tempo
todo. Grande parte dessas radiações é proveniente da enorme
quantidade de aparelhos eletroeletrônicos com os quais
convivemos diariamente, como computadores, celulares,
televisores, videogames, aparelhos de micro-ondas, máquinas
de lavar roupa, liquidificadores e muitos outros.

 Mesmo que você alegue que não tem computador nem celular
e prefere ler livros a ver televisão (ótima escolha!), ainda
assim existem as linhas de alta-tensão, as antenas de
celulares, as antenas emissoras de sinais de rádio e televisão,
os radares e os sistemas wi-fi, cada vez mais disponíveis.

 Ainda que você viva longe da cidade, no ambiente mais
idílico possí vel, existem as radiações naturais, como os
raios cósmicos e as radiações solares, de modo que não há
como escapar.

 E como estamos mesmo imersos em um mar de ondas
eletromagnéticas, o melhor que podemos fazer é conhecer
suas propriedades e nos prevenir dos malefícios que elas
podem causar.

Poluição
eletromagnética

C
A

P
ÍT

U
L

O

1 O estudo da Químicae as grandezas físicas
FOI NOTÍCIA!

Não existe plano B, porque não temos
um planeta B: a Cúpula do Clima 2014
e a Marcha popular pelo clima

N
ós não estamos aqui para falar, nós
estamos aqui para fazer história\u2019. Com es-
ta frase, o secretário-geral da ONU, Ban

Ki Moon, abriu o Climate Change Summit 2014
(ou Cúpula do Clima), realizado em Nova York no
último dia 23 [de setembro de 2014]. O encontro
teve como objetivo relançar ações contra o aque-
cimento global. [...]

Mais de 2 000 passeatas foram registradas den-
tro do que foi chamada \u2018Marcha popular pelo clima\u2019,
nos dias que antecederam o encontro da ONU. [...]
Segundo os organizadores de Nova York, o objetivo
em reunir tantos participantes é fazer com que a
temática do clima deixe de ser vista como uma preo-
cupação meramente ambiental e passe a ser vista
como um problema de todos e em todos os aspec-
tos: social, ambiental, [...] político e econômico. [...]

É o que a Sociedade Global também acredita: que
a governança democrática e o desenvolvimento em
suas diversas facetas \u2014 humano, organizacional, local
\u2014 dependem de cada cidadão e não do arraigado há-
bito de reclamar do governo (muitas vezes nem che-
gando a reclamar para o governo de fato) e de esperar
soluções prontas do Estado. Se vivemos de fato na tal
\u2018Aldeia Global\u2019 de McLuhan, por que não fazer uso das
ferramentas de comunicação e informação que a glo-
balização nos agracia de maneira construtiva, visando
melhorar o meio em que vivemos? Resumindo, nas
palavras do sociólogo Boaventura Souza Santos:
\u2018Há uma globalização alternativa, a globalização de
um desenvolvimento democraticamente susten-
tável, das solidariedades e das cidadanias, de uma
prática ecológica que não destrua o planeta'.\u201d

Disponível em: <www.sociedadeglobal.org.br/nao-existe-plano-b/>.
Acesso em: 3 jun. 2015.

N

Suzi Eszterhas/Agência France-Presse

Pinguins-de-adélia em bloco de gelo.

Ilhas Paulet, Antártica, agosto de 2014.

A reportagem que você acabou de ler fala que o aquecimento

global é um problema de todos e envolve aspectos sociais, ambientais,

políticos e econômicos. Mas o que determina o aquecimento global,

o aumento de temperatura ou o aumento de calor? Existe diferença?

9

Retomando
a notícia
As respostas para as questões

levantadas na seção Foi notícia!

são discutidas com base na teoria

apresentada