Aula 06 Sistema Neuromuscular Aplicado ao Movimento
1 pág.

Aula 06 Sistema Neuromuscular Aplicado ao Movimento

Disciplina:Anatomia Clínica1.508 materiais5.665 seguidores
Pré-visualização1 página
*
*

Sistema Neuromuscular Aplicado ao Movimento
Prof Anielly Cristina de Oliveira

*
*

Arquitetura da fibra muscular (Fibra muscular paralela e oblíqua)

Fibra paralela ou fusiforme
É aquela em que o sentido das fibras acompanha o sentido longitudinal do músculo. Exemplo: - bíceps braquial; - porção do reto abdominal

*
*

Fibra penada ou oblíqua

É aquela que está disposta obliquamente ao sentido longitudinal do músculo. Exemplo: - semimembranoso; - reto femoral.

*
*

Unidade músculo-tendínea

Componente contrátil ou ativo
Propriedade do músculo que torna possível o desenvolvimento de tensão nas fibras musculares estimuladas.
Componente elástico ou passivo
Propriedade elástica passiva do músculo. Dividem-se em Componente elástica em série (CES) \u2013 tendões e pontes cruzadas; Componente elástica em paralelo (CEP) \u2013 membranas musculares. 

*
*

Inserção muscular (Tendão/aponeurose/osso)

Tendões e ligamentos são tecidos conjuntivos densos conhecidos como tecidos colagênicos fibro-paralelos. São constituídos de colágeno (elastina) e sustância de base ( proteoglicanos).

A estrutura das inserções em ossos é semelhante em ligamentos e tendões e consiste em quatro zonas.

*
*

Características mecânicas do tendão

São estruturas viscoelásticas.
Sustentam principalmente cargas de tensão.

*
*

Propriedades comportamentais da unidade musculotendinosa.

Irritabilidade \u2013 capacidade de responder ao estimulo. Eletroquímicos ou mecânicos.

Capacidade de desenvolver tensão \u2013 característica comportamental especifica do tecido muscular. Componente contrátil da função muscular.
Contratibilidade \u2013 capacidade de diminuir de comprimento.

*
*

Extensibilidade \u2013 capacidade de aumentar de comprimento.
Elasticidade \u2013 capacidade de retornar ao seu comprimento normal de repouso após um estiramento/encurtamento. Torna possível a transmissão uniforme de tensão do músculo ao osso.