administraçao
7 pág.

administraçao


DisciplinaAdministrarivo92 materiais208 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1
Administração, Sistemas e 
Ambiente
Aula 01
vídeo 01
Daniel Cavagnari
Apresentação da Disciplina
ADMINISTRAÇÃO, 
SISTEMAS E 
AMBIENTE
I - ORGANIZAÇÃO, 
ADMINISTRAÇÃO 
E 
RACIONALIDADE
II - ORGANIZAÇÃO 
E EFICIÊNCIA
III -
ORGANIZAÇÃO 
ENQUANTO UMA 
ENTIDADE 
SOCIAL
IV -
ORGANIZAÇÃO E 
EFICÁCIA
IV -
ORGANIZAÇÃO E 
EFICÁCIA
VI - AMBIENTE 
ORGANIZACIONA
L
Organização da aula
INTRODUÇÃO
PRINCÍPIOS ELEMENTARES
FLUXO DO PODC
SÍNTESE
Objetivos da Aula/Rota
\ufffd Dominar as terminologias 
relacionadas ao conceito de 
sistemas, organização e 
racionalidade aplicadas ao 
pensamento sistêmico;
\ufffd Conhecer e diferenciar conceitos 
amplos de Organização, Sistemas e 
Ambientes, relacionando-os com 
seus outros termos relacionados;
Objetivos da Aula/Rota
\ufffd Identificar cada processo da organização 
como um sistema e apontar as formas e 
métodos de funcionamento do PODC
enquanto um sistema e de seus subsistemas 
correlatos;
\ufffd Integrar os conceitos de planejamento, 
organização, direção e controle, cada qual 
como um subsistema, possibilitando o 
entendimento da função do administrador 
como um todo dentro da sociedade.
Introdução
Aula 01
Vídeo 02
2
Introdução
Toda a empresa é um 
sistema, mas nem todo 
o sistema é uma 
empresa.
Introdução
Teoria Geral de Sistemas
Para entender sobre as questões da 
Administração, devemos adotar uma 
visão ampla sobre a realidade social. 
Neste sentido, uma importante 
contribuição para esta visão foi dada 
pelo pensamento sistêmico, tal qual 
foi apresentado pela Teoria Geral de 
Sistemas, proposta pelo biólogo 
Ludwig Von Bertalanffy. Assim, 
iniciamos nossa jornada onde iremos 
refletir sobre o impacto do 
pensamento sistêmico no mundo da 
Administração.
Ludwig Von Bertalanffy, autor 
da Teoria Geral de Sistemas
Introdução
SISTEMAS
Na Biologia: Um sistema é formado por 
subsistemas, como: respiratório, digestivo, 
nervoso, entre outros.
Na Física: Subsistemas elétricos, térmicos, 
hidráulicos, formam um automóvel.
Na Química: Um sistema elétrico pode ser 
formado por reação química. A bateria.
Na Matemática: Geometria, Estatística. Ela 
toda, em si.
Introdução
\u2022 Produtivo\u2022 Financeiro
\u2022 Comercial\u2022 Administrativo
Organização Dinâmica
Produto / 
ServiçoResultado
A empresa como um sistema e seus subsistemas
Introdução
INPUT
AMBIENTE
INTERNO
OUTPUT
SISTEMA
ORGANIZAÇÃOAMBIENTE
EXTERNO
Introdução
Sistema aberto
http://youtu.be/u-
EIEym9eBk?list=PLmjr
gMIfU4NnYfcqrQNzRKj0
g8oEaSLKr
3
Princípios Elementares
Aula 01
Vídeo 03
Princípios Elementares
Segundo Silva (2013), \u201cUma
organização é definida como
duas ou mais pessoas com
desejo e disposição de
cooperar para o alcance de um
objetivo comum.\u201d.
- O homem começa a se organizar já nos 
primórdios da civilização. Para sobrevivência. 
Na agricultura de subsistência.
- Era da Agricultura (milênios antes do Século 
XVIII) definia bem uma forma de 
organização, mesmo que ainda não se 
comparando as organizações 
contemporâneas.
A evolução do sistema organizacional
Características:
- Crescimento das Organizações Industriais
- Aumento do mercado de consumo
- Especialização e qualificação da mão-de-
obra
- Orientação da economia voltada à indústria
- Forte influência das ciências (física, química, 
engenharia, entre outras)
- Ênfase na eficiência de produção.
Chiavenato (2010)
Organizações na Era Industrial
Chiavenato (2010)
Organizações na Era da Informação
- A dimensão espacial é relativa ou simplesmente 
menor, embora mais produtiva e menos 
dispendiosa. O espaço também é relativo. Pode ser 
virtual.
- A dimensão temporal flexibiliza e torna mais rápido 
os processos. Seja pela comunicação ou pelo 
controle, desde processos produtivos, à 
comercialização. Instantaneidade.
- Conectividade. Reuniões e trabalhos feitos em 
qualquer lugar e a qualquer momento, unindo 
grupos de trabalho em reuniões virtuais ou projetos 
de equipe.
Princípios Elementares
Organizações
CARACTERÍSTICAS ERA DA AGRICULTURA
ERA 
INDUSTRIAL
ERA DA 
INFORMAÇÃO
Tipo de 
Produção Artesanal Industrial Pós-industrial
Organização Elementar Divisão do Trabalho Integração
Vinculação Servil Salarial Capital Intelectual
Ambiente Imutável Estável Instável e turbulento
Quadro 1: Comparação das Eras da Agricultura, Industrial e da Informação
Fonte: Chiavenato (2010, pág. 8)
4
Comparativo Organizações
Organizações Tradicionais Novas Organizações
Estáveis Dinâmicas
Inflexíveis Flexíveis
Foco no Cargo Foco nas habilidades
Trabalho definido pela definição do
cargo
Trabalho definido pela tarefa a ser
realizada
Empregos permanentes Empregos temporários
Orientadas pelo comando superior Auto-orientadas
Gestores tomam a decisão Colaboradores participam do processodecisório
Orientadas por normas Orientadas pelas demandas do cliente
Força de trabalho homogênea Força de trabalho heterogênea
Trabalho ocorre das 8h às 18h Não existe um horário de trabalhodefinido
Relações hierárquicas predominantes Relações laterais e em rede
Estrutura burocrática Estrutura Adhocrática
Fonte: Caravantes, et. Al. (2005), Pág. 384
Desenvolvimento Organizacional
Características:
- Concentra-se na cultura e nos processos.
- Colaborar significa mais do que 
simplesmente facilitar. 
- Fazer, saber fazer. Mas também de que 
forma ou meio.
- Tem como destaque a participação e o 
envolvimento nas soluções de problemas 
e tomadas de decisão por todos os níveis 
organizacionais. 
- Concentra-se na mudança total do 
sistema e na visão da organização como 
sistema social e complexo.
- Apoia-se em um modelo de ação-pesquisa 
com ampla participação dos membros dos 
sistemas clientes.
- Atenta para a criação de soluções do tipo 
\u201cvencer-vencer\u201d na prática de seus 
programas.
Fluxo de funcionamento do PODC
Aula 01
Vídeo 04
Fluxo de funcionamento do PODC
R
ES
UL
TA
D
O
S 
CO
M
 
EX
CE
LÊ
N
CI
A
(E
fic
iê
n
ci
a 
+
 
Ef
ic
ác
ia
)
PLANEJAR
ORGANIZAR
DIRIGIR
CONTRO-
LAR
PROCESSO ADMINISTRATIVO
SISTEMA 
AMBIENTE DA ORGANIZAÇÃO
ORGANIZAÇÃO
FEEDBACK
INPUTS
OUTPUTS
Modelo básico da Organização enquanto 
um sistema
5
Planejamento 
Nível Estratégico
(incerteza e imprevisibilidade)
Nível Tático
(articulação interna)
Nível Operacional
(Certeza e regularidade)
Segundo Chiavenato (2009), os principais 
tipos de planejamento são:
\ufffd Programas: Como a fabricação de um 
produto que envolve desde o departamento 
de compras até o recursos humanos.
\ufffd Procedimentos: Aquisição de matéria 
prima, a qual depende do levantamento de 
estoque, requisição e autorização de 
compras, a compra, recepção da mercadoria 
até sua estocagem.
Tipos de Planejamento
\ufffd Métodos: Como o passo a passo na 
construção de um produto.
\ufffd Normas: normas não se aprofundam como 
nos métodos ou atingem níveis tão 
detalhados como nos procedimentos.
Planejamento 
Exemplo de cronograma \u2013 Fase Planejamento
Organização 
- Nível Estratégico: Envolve toda a 
estrutura da empresa. O todo, apesar das 
unidades.
- Nível Tático: Departamentalização. A 
verticalização, divisão do trabalho e a 
moderna adhocracia fazem parte desse 
nível.
- Nível Operacional: Abrange cada 
departamento ou setor, focalizando cada 
tarefa desempenhada em suas 
particularidades.
Exemplo de Organograma
Fonte: http://www.adapi.pi.gov.br/institucional/organograma
6
Estrutura Matricial
Fonte: http://tiinteligente.blogspot.com.br/2010/05/pmbok-introducao-parte-4-estruturas.html
Estruturas organizacionais da era da informação adotam 
princípios organizativos mais flexíveis, permitindo maior 
agilidade e fácil adaptação às mudanças.