ACESSO A ÁGUA NORTE E NORDESTE
187 pág.

ACESSO A ÁGUA NORTE E NORDESTE


DisciplinaAbastecim e Tratam D'agua8 materiais27 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Acesso à 
agua nas 
regiões Norte 
e Nordeste 
do Brasil: 
desafios e 
perspectivas
instituto
CO REALIZAÇÃO APOIO 
REALIZAÇÃO
INSTITUTO TRATA BRASIL
O presente estudo \u201cAcesso à agua nas regiões norte e nordeste do 
brasil: desafios e perspectivas\u201d coordenado pelo Instituto Trata Brasil, 
tem por objetivo identificar os principais desafios e necessidades do 
abastecimento de água em áreas rurais e em pequenas localidades 
urbanas das regiões Norte e Nordeste do País, bem como as 
organizações, modelos e iniciativas exitosas (públicas e/ou privadas) 
nesse campo para essas regiões.
O estudo busca apresentar um retrato atual e perspectivas para 
se ampliar o acesso à água e saneamento em comunidades rurais 
e afastadas, tendo sido elaborado a partir de um levantamento e 
análise de informações secundárias, planos estaduais de água e 
saneamento nestas regiões, trabalhos acadêmicos, relatórios de 
organizações do setor e de um conjunto de entrevistas com atores 
chave de entidades governamentais, organizações sociais e privadas 
que desempenham atividades nesse contexto.
Se por um lado o diagnóstico da situação e demanda por acesso à água 
e saneamento nestas regiões é crítico e alarmante, por outro lado é 
possível perceber um emergente número de pessoas e organizações 
mobilizadas para o tema desenvolvendo e implementando modelos, 
soluções e formas de atuação autossustentáveis voltados não apenas 
para \u201catender\u201d como para instrumentalizar e \u201cempoderar\u201d as próprias 
comunidades para que sejam protagonistas de suas próprias soluções.
Ao final do Estudo é apresentado um conjunto de recomendações de 
como governos, empresas, universidades, organizações sociais e a 
sociedade podem aprimorar e potencializar modelos e soluções para 
que o acesso à água e saneamento seja efetivamente uma realidade 
para todas as pessoas e comunidades do Brasil independente de seu 
tamanho ou quão distantes estejam de centros urbanos.
Apresentação
INSTITUTO TRATA BRASIL
2 ACESSO À AGUA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS 
INSTITUTO TRATA BRASILINSTITUTO TRATA BRASIL
INSTITUTO TRATA BRASIL
INSTITUTO TRATA BRASIL 
O Instituto Trata Brasil é uma OSCIP - Organização da Sociedade Civil de 
Interesse Público \u2013 que tem como objetivo coordenar uma ampla mobilização 
nacional para que o País possa atingir a universalização do acesso à coleta e ao 
tratamento de esgoto. 
 
Av. Brig. Faria Lima 1571 \u2013 Cj 13. C. Jardim Paulistano \u2013 CEP: 01452-918. São 
Paulo \u2013 SP Telefone: (11) 3021-3143. Site: http://www.tratabrasil.org.br/ 
Equipe 
Édison Carlos Presidente \u2013 Executivo do Instituto Trata Brasil 
Rubens Filho \u2013 Coordenador de Comunicação
REINFRA CONSULTORIA 
Constituída em fevereiro de 2009, em Fortaleza \u2013 Ceará, 
a REINFRA Consultoria Econômica e de Regulação e Infraestrutura S/S Ltda. tem 
por objeto consultoria e assessoria nas áreas de Economia, Finanças e Regulação 
e Infraestrutura, especialmente em saneamento básico.
 
Av. Dom Luís, 1200 \u2013 sala 811 \u2013 Condomínio Pátio Dom Luís \u2013 Torres Business, 
Aldeota, CEP: 60.160-230. Fortaleza \u2013 CE Telefone: (85) 3048-7931 Site: www.
reinfraconsultoria.com.br E-mail: reinfraconsultoria@gmail.com
Equipe Técnica 
Alceu de Castro Galvão Junior (Coordenador Técnico da Pesquisa) \u2013 
Engenheiro Civil (UFC), Mestre em Hidráulica e Saneamento e 
Doutor em Saúde Pública (USP). Autor e editor de livros sobre 
planejamento e regulação do setor de saneamento básico. 
Coordenador técnico de várias pesquisas pelo Instituto Trata Brasil. 
Aline Maria Baldez Custódio \u2013 Engenheira Ambiental e Sanitarista (IFCE), 
Especialista em Saúde Pública (USP) e Especialização em andamento em Gestão 
de Recursos Hídricos, Ambientais e Energéticos (UNILAB). Sócia-administradora 
da Reinfra Consultoria. Experiência em estudos para elaboração de Planos 
Municipais de Saneamento Básico e participante de diversas pesquisas em 
parceria com o Instituto Trata Brasil.
Carolina de Sousa Duarte \u2013 Estagiária e Graduanda do curso de Engenharia 
Ambiental e Sanitária (IFCE).
Ficha técnica
4 ACESSO À AGUA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS 
INSTITUTO TRATA BRASILINSTITUTO TRATA BRASIL
INSTITUTO TRATA BRASIL
Agradecimentos
JANEIRO, 2018
Agradecemos aos modelos de gestão e entidades com atuação no acesso à 
água participantes da pesquisa, em especial:
\u2022 À Articulação Semiárido Brasileiro \u2212 ASA;
\u2022 A Cáritas Brasileira / Cáritas;
\u2022 À Central de Associações Comunitárias para Manutenção do Sistema de 
Saneamento de Jacobina / CENTRAL JACOBINA \u2212 BA;
\u2022 À Fundação Amazona Sustentável - / FAS;
\u2022 Ao Projeto Saúde e Alegria \u2212 PSA;
\u2022 Aos Sistemas Integrados de Saneamento Rural do Ceará, Piauí e Alagoas.
Agradecemos também, aos técnicos e representantes dos órgãos federais 
entrevistados:
\u2022 Alfredo Guerra da Costa \u2013 Fundação Nacional da Saúde (FUNASA);
\u2022 Daniela Cruz de Carvalho \u2013 Ministério da Integração (MI);
\u2022 Francisco Xavier Mill \u2013 Ministério da Integração (MI);
\u2022 Juliana de Senzi Zancul \u2013 Fundação Nacional da Saúde (FUNASA);
\u2022 Sergio Rodrigues Ayrimoraes Soares \u2013 Agência Nacional de Águas (ANA);
\u2022 Vitor Leal Santana \u2013 Ministério do Desenvolvimento Social (MDS).
Por fim, gostaríamos de agradecer o apoio do Instituto Coca-Cola Brasil para 
a concepção, realização e elaboração do presente estudo. 
INSTITUTO TRATA BRASIL
6 ACESSO À AGUA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS 
INSTITUTO TRATA BRASIL
ACESSO À AGUA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE DO BRASIL: DESAFIOS E PERSPECTIVAS 3
 FICHA TÉCNICA 
INSTITUTO TRATA BRASILINSTITUTO TRATA BRASIL
INSTITUTO TRATA BRASIL
Sumário
 APRESENTAÇÃO ..................................................................................................................................................... 2
1 INTRODUÇÃO ....................................................................................................................................................... 10
2 CONTEXTUALIZAÇÃO SOBRE ZONA RURAL E ZONA URBANA.................................................... 14
3 METODOLOGIA .................................................................................................................................................... 20
4 PANORAMA DO ACESSO À ÁGUA NAS REGIÕES NORTE E NORDESTE ..................................... 26
5 PLANO NACIONAL DE SANEAMENTO BÁSICO E POLÍTICAS 
 ESTADUAIS DE SANEAMENTO BÁSICO .................................................................................................... 38
5.1 Plano Nacional de Saneamento Básico ........................................................................................................... 39
5.2 Políticas Estaduais de Saneamento Básico .................................................................................................... 46
5.2.1 Região Nordeste ...................................................................................................................................................... 58
5.2.2 Região Norte ............................................................................................................................................................ 59
5.2.3 Outros normativos e instrumentos ................................................................................................................... 59
5.2.4 Visão Geral das Políticas Estaduais de Saneamento Básico do Norte e Nordeste ............................ 61
6 ENTIDADES GOVERNAMENTAIS, NÃO GOVERNAMENTAIS E INTERNACIONAIS .............. 64
6.1 Entidades governamentais do governo federal ............................................................................................ 65
6.1.1 Ministério do Meio Ambiente .............................................................................................................................