A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
22 pág.
trabalho

Pré-visualização | Página 1 de 5

�PAGE �
SUMÁRIO
2. Desenvolvimento ..................................................................................................4
3. Planejamento tributário ........................................................................................5
4. Regimes de tributação ........................................................................................6
4.1 Tributações com Base no Lucro Real................................................................6
4.2 Tributação com Base no Lucro Presumido ......................................................7
4.3 Lucros Arbitrados ...............................................................................................8
4.4 Simples Nacional .................................................................................................9
5. Direito Tributário ................................................................................................11
5.1 Início e término do serviço ...............................................................................11
5.2Termos que auxiliam na interpretação da tributação .....................................11
5.3 Tributação do ISS ..............................................................................................12
5.3.1 Município onde é devido o ISS ......................................................................12
5.4 Tributação pelo ICMS ........................................................................................12
5.4.1 Estado onde é devido o ICMS .......................................................................13
5.4.2 Incidência do ICMS ........................................................................................13
5.4.3 Incidência do ISS.......................................................................................... 13
6. Tipos de sociedade .............................................................................................14
6.1 Sociedade Limitada .....................................................................................14
6.2 Sociedade Anônima.......................................................................................... 14
6.3 Empresário Individual .......................................................................................15
6.4 EIRELI .................................................................................................................15
7. Controladoria........................................................................................................16
8. Auditoria e Pericia Contábil ...............................................................................17
9. Conclusão ............................................................................................................19
Referencias ..............................................................................................................20
�
INTRODUÇÃO
Ao iniciar um novo empreendimento ou mesmo no decorrer de suas atividades, os gestores traçam objetivos e metas com a intenção de obter bons resultados. Entre os objetivos traçados, encontra-se a redução de custos tributários, que interferem diretamente no resultado de uma empresa. 
O planejamento tributário corresponde ao conjunto de ações e procedimentos operacionais que levam à redução legal de tributos. Esta ferramenta tem o objetivo de observar as práticas e regras fiscais amparadas por lei e o estudo de alternativas que levem a empresa à melhor forma de tributação e que possibilitem a redução de tributos em conformidade com a legislação. 
O planejamento tributário torna-se um dos principais fatores para a redução dos custos tributários e promove menor impacto no fluxo de caixa, interferindo diretamente no resultado da empresa, não comprometendo sua sobrevivência e garantindo-a em condições de competitividade no mercado.
Neste trabalho, apresentaremos uma consultoria realizada aos investidores Jose Carlos e Robert Wilson, que pretendem investir em uma empresa que atua no ramo de transporte de passageiros municipal e interestadual, cujo objetivo principal será a Prestação de serviços para órgãos públicos. Os mesmos participarão de uma licitação e por isso, dúvidas serão esclarecidas sobre regime de tributação ao qual a empresa deverá se adequar valores a serem investidos e planejamento tributário, onde todas estas escolhas refletem nos resultados da empresa, tornando-a mais competitiva. Quando não se tem esse conhecimento, pode ser feita para a empresa uma escolha errada o que acaba por gerar valores desnecessários que reduzem os lucros e causam prejuízos podendo levar até a falência em determinados casos.
DESENVOLVIMENTO
CASO – JCRW.
 Os investidores Jose Carlos e Robert Wilson pretendem empreender e dispõe de um capital para investimento, estimado em R$ 1.000.000,00, (um milhão de reais). A empresa escolhida para o investimento atua no ramo de transporte de passageiros municipal e interestadual, cujo objetivo principal será a prestação de serviços para órgãos públicos, razão pela qual deverão participar de processo licitatório para efetivação dos contratos de prestação de serviços de transporte. 
Nossa empresa de consultoria empresarial irá orientá-los. Os nossos investidores já são detentores de várias empresas do ramo de transporte, e que desde a constituição das mesmas o foco é a prestação de serviços para órgãos públicos, sendo que participam de licitações por todo estado em que residem. No que se refere a empresa que pretendem investir e sobre a possibilidade de celebração de contrato e de rendimento, verificaram que o edital referente ao processo licitatório a qual pretendem participar, prevê em uma de suas cláusulas que a remuneração máxima para o contrato a ser celebrado será de R$ 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil reais), e, por conseguinte o faturamento mensal da empresa acabará sendo de R$ 420.000,00. 
É importante ressaltarmos o valor que será celebrado neste contrato de licitação, vamos considerar que a JCRW terá um faturamento de R$ 420.000,00 (quatrocentos e vinte mil reais) mensais, o que anualmente nos dará um total bruto de R$ 5.040.000,00 para o ramo da atividade escolhida. E antes de entendermos em qual regime tributário eles farão parte vamos entender mais sobre cada um deles, tipos de sociedades e os tributos.
3. PLANEJAMENTO TRIBUTÁRIO
 De acordo com Oliveira (2009, p. 189), o Planejamento Tributário é uma das mais importantes ferramentas da Contabilidade Tributária e corresponde ao conjunto de procedimentos operacionais que visam a uma redução legal do ônus tributário empresarial, tendo como consequência a obtenção de um patamar superior de rentabilidade e competitividade. A economia legal de tributos pode operar no âmbito da própria empresa, através de medidas gerenciais que diminuam o montante devido ou que adie seu vencimento, ou pode operar na esfera administrativa que arrecada o tributo, através da utilização dos meios previstos em lei que garantam a diminuição legal do ônus tributário (OLIVEIRA, 2009). Além disso, deve-se observar que o planejamento tributário não de ser confundido com a evasão fiscal, a qual consiste no descumprimento da legislação para se obter vantagens econômicas e a redução dos tributos (PÊGAS, 2005, p. 568). 
 Segundo Oliveira (2009, p. 207), o planejamento tributário pode ser aplicado a qualquer setor ou atividade de uma empresa. Do ponto de vista empresarial, o planejamento tributário pode ser: 
• Operacional: através de procedimentos formais prescritos por normas, sem alterar suas características básicas;
 • Estratégico: realizado a partir da mudança de característica estratégicas da empresa, como estrutura de capital, contratação de mão-de-obra etc.
De acordo