A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
34 pág.
ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO

Pré-visualização | Página 1 de 9

ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO
1a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
Vídeo
	
PPT
	
MP3
	 
	
	
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	Sobre a socialização pode-se afirmar que: I. É um processo que dá o caráter humano ao homem, diferenciando-o do animal. II. É um aprendizado que permite aos animais ter um comportamento adequado à convivência com outros seres iguais a ele. III. É o que diferencia o homem dos animais. IV. É o processo que possibilita ao ser humano aprender a cultura de sua época, de seu lugar Assinale a alternativa que contém as respostas corretas.
	
	
	
	
	
	
	
	 
	Apenas I, III e IV estão corretas.
	
	
	
Explicação:
Socialização é a assimilação de hábitos característicos do seu grupo social, todo o processo através do qual um indivíduo se torna membro funcional de uma comunidade, assimilando a cultura que lhe é própria.
	
	
	
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Assinale a opção que indica o emprego correto do conceito de cultura na perspectiva da Antropologia
		
	 
	A cultura diz respeito aos atributos históricos que singularizam um povo;
	
	
	
	
	
	
	
	
	
Explicação:
Os antropólogos, a partir do século XX, sem negar a afirmação dos filósofos, procuram aquela ação com a qual os seres humanos instituem a cultura propriamente dita. Ou seja, como os filósofos, os antropólogos também consideram que as condições para que haja cultura são o pensamento, a linguagem, o trabalho e a ação voluntária, porém julgam que não basta apontar essas condições e que é preciso dizer que ação os homens praticaram ou que decisão tomaram que os fizeram passar da possibilidade da cultura à realidade efetiva dela.
	
	
	
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Alfred Kroeber (1876-1960) antropólogo americano em seu artigo "o superorgânico" mostrou como a cultura atua sobre o homem, ao mesmo tempo em que se preocupou com a discussão de uma série de pontos controvertidos, pois suas explicações contrariam um conjunto de crenças populares. Ele enfatiza que graças à cultura a humanidade distanciou-se do mundo animal... mais do que isso, o homem passou a ser considerado um ser que está acima de suas limitações orgânicas. Kroeber possibilita a ampliação do conceito de cultura defendendo os seguintes pontos, EXCETO:
		
	
	
	
	
	
	
	
	
	 
	A cultura é um processo não cumulativo, resultante de parte da experiência histórica das gerações anteriores.
	
Explicação: Foi o antropólogo americano Alfred Louis Kroeber (1876-1960) quem primeiro procurou mostrar a cultura como um sistema independente da natureza. Em seu artigo "O superorgânico" mostrou como a cultura atua sobre o homem ao mesmo tempo e se preocupou  em criticar o senso comum da sua época. ASegundo ele graças à cultrua o ser humano passou das suas limitações orgânicas e ampliou a sua ação em todo o mundo.
 
	
	
	
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Considerando a discussão sobre Alteridade e etnocentrismo na Antropologia, é incorreto dizer:
		
	
	
	
	
	
	
	 
	O etnocentrismo corresponde à avaliação culturalmente centrada que cada grupo faz do outro. Contudo, o etnocentrismo se restringe às civilizações europeias.
	
	
	
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	As afirmativas apresentadas nas opções referem-se à concepção da Antropologia, enquanto ciência, com EXCEÇÃO a opção que apresenta o seguinte argumento:
		
	
	
	
	
	
	
	
	
	 
	Não possui objeto de estudo.
	
Explicação:
¿Antropologia é uma ciência social que estuda a origem e as manifestações culturais dos grupos humanos. São objetos de estudo da Antropologia a organização familiar, a magia, os ritos de iniciação dos jovens, o casamento etc.¿ (OLIVEIRA: 2004; p.240.)Então não possui objeto de estudo.
	
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	É fato que antropologia estuda a cultura e sua relação para a formação humana. Desta forma, sabemos que cada sociedade traz seus valores, seus ritos, seus hábitos, seus códigos simbólicos, suas leis. Para que haja a formação do sujeito social, temos a endoculturação, o processo de aprendizagem constante, ou seja:
	
	
	
	 
	como cada sociedade tem sua cultura, teremos formações específicas dos sujeitos sociais.
	
	
	
	
	
	
	
Explicação: é importante saber que como cada sociedade possui uma construção cultural seu acervo de valores, regras, costumes são diferentes o que constitui diferentes culturas e, assim, diferentes sujeitos sociais.
	
	
	
	
	 7a Questão
	
	
	
	
	¿Todo sistema cultural tem sua própria lógica e não passa de um ato primário de etnocentrismo tentar transferir a lógica de um sistema para outro¿. (LARAIA, Roque. Cultura: Um conceito antropológico. 8 ed., Rio de Janeiro. Jorge Zahar, 1993). Considerando o texto acima, marque a alternativa correta acerca das afirmações a seguir:
		
	
	
	
	
	
	
	 
	I - As sociedades tribais são tão eficientes para produzir cultura quanto qualquer outra, mesmo quando não possuem certos recursos culturais presentes em outras culturas.
	
	
	Explicação:Segundo o professor Roque Laraia as chamadas sociedades primitivas ou tribais não são inferiores e não devem ser tratadas como piores ou melhores que a nossa sociedade, dita moderna. Toda cultura tem sua lógica própria. O erro comum, que chamamos de etnocentrismo, consiste em tentar transferir a lógica da nossa cultura sobre a do outro. As sociedades ditas primitivas, não são inferiores, são diferentes e são tão eficientes quanto qualquer outra. O que existe, de fato, são diferenças de tecnologia, educação, socialização entre outras.
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	(Unioeste 2012) O relativismo cultural é um princípio segundo o qual não é possível compreender, interpretar ou avaliar de maneira significativa os fenômenos sociais a não ser que sejam considerados em relação ao papel que desempenham no sistema cultural. Tendo por base o anúncio transcrito acima, é correto afirmar que:
		
	
	
	
	
	 
	relativizar é uma tentativa de construir descrições e interpretações dos fatos culturais a partir do que nos dizem e do que fazem os atores destes fatos culturais;
	
	
	
	
	
Explicação: Como aponta a resposta, o relativismo cultural depende de um exercício em que se coloca a cultura do outro em perspectiva, considerando sempre sua ligação com o mundo prático em que aquela cultura surgiu e em que é reproduzida.
 
		 
	ASPECTOS ANTROPOLÓGICOS E SOCIOLÓGICOS DA EDUCAÇÃO
2a aula
		
	 
	Lupa
	 
	 
	
Vídeo
	
PPT
	
MP3
	 
	
	
	
	 1a Questão
	
	
	
	
	Para Auguste Comte, seria natural que a sociedade, em toda parte, evoluísse da mesma maneira e no mesmo sentido, resultando daí que a humanidade em geral caminha para um mesmo tipo de sociedade, mais avançada. De tais ideias surgiu a classificação das sociedades, denominada a Lei dos Três Estados, na qual as sociedades passariam por estágios de evolução. Esses estágios  partiriam de concepções místicas, construções teóricas de natureza filosófica e deliberações pautadas na ciência, que seriam respectivamente:
		
	
	
	
	
	 
	Teológico, Metafísico e Positivo.
	
	
	
	
	
Explicação: A teoria positivista de Augusto Comte propunha a Lei dos Três Estados e , segundo Japiassu e Marcondes (1996), considerava três etapas: a teológica, a  metafísica e a positiva. As  chamadas ciências positivas  surgem apenas quando a humanidade atinge a terceira etapa que é pautada nas verdades deliberadas pela ciência.
	
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	O autor considerado pai da Sociologia, Auguste Comte, acreditava que a nova ciência das sociedades deveria igualar-se às demais ciências da natureza que se pautavam pelos fenômenos observáveis