A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
60 pág.
aula 0 pc receita federal principios fundamentais pdf

Pré-visualização | Página 11 de 17

perfeito. Estas são as características de um regime 
parlamentarista. 
Letra E - Está correto em falar de parlamentarismo, porém, não existe 
elementos suficientes para que se fale em Estado Unitário e Constituição 
flexivel. 
Gabarito: Letra D. 
 
57. (ESAF/AFTE-RN/2005) Sistema de governo pode ser definido como a 
maneira pela qual se dá a instituição do poder na sociedade e como se dá a 
relação entre governantes e governados. 
Comentários: 
O enunciado nos traz a definição de forma de governo, República ou Monarquia, 
assim se definirá se o governo estará na mão de uma pessoa (Monarquia, Mono 
= um), ou se estará na mão de todos (República, res publica = coisa pública). 
Falar em sistema de governo é falar em "relações entre órgãos (Poderes)" - 
lembra do sistema respiratório e etc.? 
Gabarito da questão é errado. 
 
58. (ESAF/AFTE-RN/2005) O presidencialismo é a forma de governo que 
tem por característica reunir, em uma única autoridade, o Presidente da 
República, a Chefia do Estado e a Chefia do Governo. 
Comentários: 
Eita!... quanta maldade! 
Temos em países parlamentaristas uma chefia dualista: O Presidente ou 
Monarca é o chefe de Estado e o Primeiro-Ministro é o chefe de governo. 
O Brasil é um país presidencialista. Isso acontece conosco? Não, pois no 
presidencialismo a chefia de governo e de Estado estão juntas na mão do 
Presidente. 
Ora, então está correto dizer que "O presidencialismo (...) tem por 
característica reunir, em uma única autoridade, o Presidente da República, a 
Chefia do Estado e a Chefia do Governo"? Sim. 
A questão, porém, está correta? Não! Por que Vítor? 
DIREITO CONSTITUCIONAL – Receita Federal 
Aula 0- Princípios Fundamentais 
Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 
 
 
www.pontodosconcursos.com.br Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 40 
Ora, aí entra a maldade da banca. Presidencialismo é sistema de governo e não 
forma de governo. Forma de governo é república ou monarquia. 
Gabarito da questão é errado. 
 
 
Estado Democrático de Direito: 
O Estado democrático de direito é a fase atual da evolução dos Estados. 
Primeiramente, com a Revolução Francesa instala-se o que chamamos de 
"Estado de Direito" ou "Estado Liberal de Direito". O Estado é de direito pois se 
submete aos comandos da lei. 
O Estado Liberal de Direito era um Estado "individualista", ou seja, preocupava-
se com as liberdades individuais. O conceito de liberdade e igualdade, neste 
tipo de Estado, porém, era deturpado, pois o indivíduo era visto como um ser 
abstrato, "ideal", ignoravam-se as disparidades reais e diferenças econômicas, 
sociais e culturais entre eles. Desta forma, o Estado Liberal de Direito cometeu 
diversas injustiças pois preocupava-se apenas com a formalidade das 
liberdades, as declarações eram generalistas e abstratas. 
Surge então um Estado Social de Direito, ou Estado Material de Direito. Agora, 
preocupa-se não somente com a formalidade das liberdades, mas também em 
dotar os indivíduos de reais condições para exercê-las e realizar uma justiça 
social. Este Estado tentava compatibilizar o sistema capitalista com o Estado do 
bem-estar social (Welfare State). 
Acontece que tanto o Estado Liberal de Direito quanto o Estado Social de Direito 
nem sempre eram caracterizados com um "Estado Democrático", ou seja, 
aquele Estado fundado na Soberania Popular e que teria o povo como regente 
dos rumos do país. Inclusive, o Estado Social de Direito recebia críticas de que 
se estaria usando a política do bem-estar social para encobrir uma exploração 
capitalista ainda mais cruel. 
Assim temos o surgimento do Estado Democrático de Direito. 
O Estado de Direito se funda no princípio basilar da "legalidade". O Estado 
Democrático de Direto continua a ter a "legalidade" como base, mas esta 
legalidade não serve apenas para limitar o poder do Estado, mas serve de 
instrumento de transformação da sociedade devendo estar apoiada na 
soberania popular, no pluralismo de idéias, no respeito aos direitos 
fundamentais e na realização da justiça social (democracia social, 
econômica, cultural e política). 
J. Afonso da Silva, então, nos ensina que o termo "Estado Democrático de 
Direito" é mais que a mera junção formal do "Estado de Direito" com "Estado 
DIREITO CONSTITUCIONAL – Receita Federal 
Aula 0- Princípios Fundamentais 
Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 
 
 
www.pontodosconcursos.com.br Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 41 
Democrático". Podemos inferir que estamos diante de um Estado pautado na 
justiça social, e cujas leis refletem a finalidade de alcançar o bem comum. 
De acordo com o referido autor, teríamos os seguintes "princípios" do Estado 
Democrático de Direito e a suas tarefas fundamental: 
a) Princípio da Constitucionalidade - A Constituição rígida é a norma 
superior e legitimada pela vontade popular, devendo ser respeitada. 
b) Princípio democrático - A democracia deve ser representativa e 
participativa (democracia mista), além de pluralista com respeito as minorias. 
c) Sistema de direitos fundamentais. 
d) Princípio da Justiça Social. 
e) Princípio da igualdade - que deve ser a busca pela igualdade material 
(tratar de forma desigual os desiguais na medida de suas desigualdades) e não 
apenas uma igualdade formal. 
f) Princípio da divisão dos poderes. 
g) Princípio da legalidade 
h) Princípio da Segurança Jurídica. 
 
Tarefa fundamental = Superar as desigualdades sociais e regionais e 
instaurar um regime democrático que realize a justiça social. 
 
Alexandre de Moraes ainda adverte que não se consegue conceituar um 
verdadeiro Estado democrático de direito sem a existência de um Poder 
Judiciário autônomo e independente, para que exerça sua função de guardião 
das leis e garantidor da ordem na estrutura governamental republicana. 
Lembrem-se ainda que a Constituição adotou expressamente como os 
fundamentos do Estado Democrático de Direito no qual se constitui a 
República Federativa do Brasil: 
 a soberania; 
 a cidadania; 
 a dignidade da pessoa humana; 
 os valores sociais do trabalho e da livre iniciativa; 
 o pluralismo político. 
 
Vamos resolver as questões: 
 
DIREITO CONSTITUCIONAL – Receita Federal 
Aula 0- Princípios Fundamentais 
Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 
 
 
www.pontodosconcursos.com.br Prof. Vítor Cruz e Rodrigo Duarte 
 42 
59. (CESPE/ Técnico Forense- SEGP-AL/ 2013) O princípio democrático é 
pertinente aos regimes políticos, evidenciado pela titularidade do poder estatal 
pelos cidadãos e exercido por meio da representação política, com o fim de 
atender interesses populares. 
Comentários: 
Correto, o princípio democrático tem como razão de ser atender os interesses 
da população. 
Gabarito: Correto. 
 
60. (CESPE/Analista Judiciário - TJRJ/2008) A expressão "Estado 
Democrático de Direito", contida no art. 1.º da CF, representa a necessidade de 
se providenciar mecanismos de apuração e de efetivação da vontade do povo 
nas decisões políticas fundamentais do Estado, conciliando uma democracia 
representativa, pluralista e livre, com uma democracia participativa efetiva. 
Comentários: 
Exatamente... 
Gabarito: Correto. 
 
61. (ESAF/AFT/2006) A concretização do Estado Democrático de Direito 
como um Estado de Justiça material contempla a efetiva implementação de um 
processo de incorporação de todo o povo brasileiro nos mecanismos de controle 
das decisões. 
Comentários: 
Estado de justiça material é aquela superação do generalismo e formalismo do 
Estado de Direito a qual se une a efetiva democracia com todo o povo 
participando da regência política. 
Gabarito: Correto. 
 
62. (ESAF/AFC-CGU/2006) O pluralismo político, embora desdobramento 
do princípio do estado Democrático