A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Prova 2   FUNDAMENTOS DO CONTROLE DO RUÍDO INDUSTRIAL.docx

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. Qual o valor do nível de potência sonora para uma potência acústica de 5 W? 
 
a. 133 dB 
 
b. 124 dB 
 
c. 127 dB 
 
d. 137 dB 
 
e. 130 dB 
0,4 pontos 
PER GUNTA 2 
1. Um equipamento emite 86dB. Outro equipamento emite 89dB. Qual o nível de pressão sonora dos 
equipamentos funcionando simultaneamente? 
 
a. 90,7 dB 
 
b. 90,8 dB 
 
c. 87,8 dB 
 
d. 87,5 dB 
 
e. 87,7 dB 
0,4 pontos 
PER GUNTA 3 
1. São efeitos extra-auditivos da exposição a altos níveis de ruído, exceto: 
 
a. Fadiga mental. 
 
b. Redução da libido. 
 
c. Perda auditiva permanente. 
 
d. Variação da pressão arterial. 
 
e. Vertigem. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 4 
1. O trabalhador com perda auditiva pode ter sua capacidade laboral reconhecida através dos 
seguintes procedimentos, exceto: 
 
a. O histórico clínico e ocupacional do trabalhador. 
 
b. A demanda auditiva da atividade. 
 
c. Os resultados dos exames médicos audiológicos. 
 
d. A exposição a agentes ototóxicos. 
 
e. A exposição a outros agentes insalubres ou perigosos. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 5 
1. A perda auditiva pode ocorrer em diferentes frequências. Qual a faixa de frequência da perda 
auditiva temporária? 
 
a. 4.000 a 6.000 Hz 
 
b. 1.000 Hz 
 
c. 4.000 Hz 
 
d. 2.000 Hz 
 
e. 3.000 a 6.000 Hz 
0,4 pontos 
PER GUNTA 6 
1. São medidas de controle na fonte, exceto: 
 
a. Manutenção preventiva nos equipamentos. 
 
b. Substituição de equipamentos por outros menos ruidosos. 
 
c. Lubrificação periódica das partes e componentes dos equipamentos. 
 
d. Programar as operações de modo que o mínimo de equipamentos permaneça ligados 
simultaneamente. 
 
e. Utilização de equipamentos de proteção individual. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 7 
1. Qual a ordem da hierarquia de controle? 
 
a. Controles na fonte, trajetória, administrativo e trabalhador. 
 
b. Controles na fonte, trabalhador, trajetória e administrativo. 
 
c. Controles no trabalhador, administrativo, trajetória e fonte. 
 
d. Controles na fonte, trajetória, trabalhador e administrativo. 
 
e. Controles no trabalhador, fonte, trajetória e administrativo. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 8 
1. São características dos protetores tipo concha, exceto: 
 
a. apresentam maiores níveis de atenuação que os protetores de inserção. 
 
b. podem restringir movimentos da cabeça. 
 
c. também são conhecidos por protetores auditivos tipo circum-auricular. 
 
d. podem ser utilizados por pessoas com cabelos longos, barba, óculos etc., sem ter sua 
atenuação prejudicada. 
 
e. são formados por um arco plástico ligado a duas conchas plásticas revestidas internamente 
por espuma que ficam sobre as orelhas. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 9 
1. São obrigações do empregado quanto ao EPI, exceto: 
 
a. cumprir as determinações do empregador sobre o uso adequado. 
 
b. usar, utilizando-o apenas para a finalidade a que se destina. 
 
c. responsabilizar-se pela guarda e conservação. 
 
d. substituir imediatamente quando danificado ou extraviado. 
 
e. comunicar ao empregador qualquer alteração que o torne impróprio para uso. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 10 
1. É correto afirmar sobre a atenuação dos protetores, exceto: 
 
a. pode ser obtida pelo cálculo do Nível de Redução de Ruído subjectfit (NRRsf). 
 
b. a atenuação está estimada no NRRsf + 6dB. 
 
c. é determinada por ensaios realizados em laboratórios especializados. 
 
d. pode ser obtida através da análise de frequência, obtendo-se os valores de atenuação efetiva 
em cada banda 
 
e. representa a capacidade que o protetor auricular tem de reduzir os níveis de ruído captados 
pelo aparelho auditivo. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 11 
1. São etapas da finalização da medição, exceto: 
 
a. proceder à calibração final. 
 
b. obter o relatório da medição, seja via software ou impressão. 
 
c. verificar o nível de tensão da bateria. 
 
d. retirar o equipamento do trabalhador. 
 
e. ajustar os parâmetros de medição conforme critério de avaliação. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 12 
1. São etapas de preparação da abordagem do trabalhador, exceto: 
 
a. dar início à medição. 
 
b. posicionar o equipamento no trabalhador, com o microfone dentro da zona auditiva. 
 
c. escolher o trabalhador a ser avaliado. 
 
d. explicar ao trabalhador que o equipamento ou microfone poderá ser removido por ele 
próprio ao final da medição. 
 
e. explicar ao trabalhador sobre o objetivo da medição. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 13 
1. Qual a principal característica do grupo homogêneo de exposição? 
 
a. É composto por trabalhadores que estão expostos às mesmas condições de trabalho. 
 
b. É composto por trabalhadores que possuem a mesma função. 
 
c. É composto por trabalhadores que exercem as mesmas atividades. 
 
d. É composto por trabalhadores que trabalham em uma mesma unidade. 
 
e. É composto por trabalhadores que possuem as mesmas condições físicas. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 14 
1. Quais considerações técnicas e atuações recomendadas para a dose de exposição de 80 a 100%? 
 
a. Acima do nível de ação. Adoção de medidas preventivas. 
 
b. Nenhuma das respostas anteriores. 
 
c. Aceitável. No mínimo, manutenção da condição existente. 
 
d. Região de incerteza. Adoção de medidas preventivas e corretivas visando a redução da dose 
diária. 
 
e. Acima do limite de exposição (ou limite de tolerância). Adoção imediata de medidas 
corretivas 
0,4 pontos 
PER GUNTA 15 
1. São etapas do acompanhamento da medição, exceto: 
 
a. verificar, de tempos em tempos, se o trabalhador está executando atividades habituais. 
 
b. verificar, de tempos em tempos, se o microfone permanece fixado na zona auditiva do 
trabalhador. 
 
c. não é necessário realizar o acompanhamento da medição. Somente ligar e desligar o 
equipamento. 
 
d. verificar, de tempos em tempos, se o equipamento está operando normalmente. 
 
e. não deve interferir no campo acústico ou nas condições de trabalho. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 16 
1. Um trabalhador fica exposto aos seguintes níveis de ruído durante a jornada de trabalho: Situação 
1: 79,0 dB(A) por 04 horas. Situação 2: 85,0 dB(A) por 03 horas e meia. Situação 3: 100,0 dB(A) por 
meia hora. Qual a dose diária de exposição considerando o nível de corte de 80,0 dB(A)? 
 
a. 0,90 
 
b. 1,19 
 
c. 1,06 
 
d. 0,82 
 
e. 0,94 
0,4 pontos 
PER GUNTA 17 
1. Um trabalhador fica exposto aos seguintes níveis de ruído durante a jornada de trabalho: Situação 
1: 82,0 dB(A) por 04 horas. Situação 2: 85,0 dB(A) por 03 horas e meia. Situação 3: 100,0 dB(A) por 
meia hora. Qual a dose diária de exposição? 
 
a. 97% 
 
b. 127% 
 
c. 117% 
 
d. 107% 
 
e. 137% 
0,4 pontos 
PER GUNTA 18 
1. Para uma dose de 94%, qual o nível de ruído ao qual o trabalhador está submetido? 
 
a. 86,25 dB(A) 
 
b. 84,5 dB(A) 
 
c. 83,5 dB(A) 
 
d. 86,0 dB(A) 
 
e. 85,0 dB(A) 
0,4 pontos 
PER GUNTA 19 
1. São configurações do equipamento de medição para a avaliação de ruído contínuo ou intermitente, 
exceto: 
 
a. Circuito de resposta rápida (fast). 
 
b. Incremento de duplicação de dose igual a 5. 
 
c. Critério de referência de 85,0 dB(A). 
 
d. Nível limiar de integração de 80,0 dB(A). 
 
e. Circuito de ponderação A. 
0,4 pontos 
PER GUNTA 20 
1. Em uma avaliação de ruído, o dosímetro registrou uma dose de 150% em um tempo de medição de 
4 horas. Qual o nível equivalente de ruído para esta exposição? 
 
a. 86,9 dB(A) 
 
b. 88,9 dB(A) 
 
c. 87,9 dB(A) 
 
d. 85,9 dB(A) 
 
e. 89,9 dB(A) 
0,4 pontos