Teoria Geral do Processo
5 pág.

Teoria Geral do Processo


DisciplinaTeoria Geral do Processo13.969 materiais255.210 seguidores
Pré-visualização1 página
Teoria Geral do Processo
Modos de eliminação de conflitos.
	Autotutela \u2013 O mais forte impõe sua vontade (EM REGRA GERAL NÃO É PERMITIDA SALVO EXCEÇÕES)
Auto composição - Desistência, transação, submissão.
Hetero composição \u2013 Jurisdição, mediação, arbitragem.
												Fontes do Direito Processual.
		Fonte formal direta. (Lei, Constituição Federal, Lei ordinária Federal, Sumulas Vinculantes, Lei Estadual, Tratados Internacionais).
		Fonte formal indireta. (Princípios gerais do Direito, costumes, Analogia, Doutrina Jurisprudência). 
Interpretação da Lei Processual.
	Hermenêutica Jurídica \u2013 Ciencia que estuda a interpretação da lei
	Autentica \u2013 O próprio criador da norma esclarece o que quis dizer ou para complementar o que está escrito.
	Jurisprudencial \u2013 Interpretação dos Tribunais Superiores
	Doutrinária
Princípios Constitucionais e Infraconstitucionais.
	Constitucionais:
Devido Processo Legal (art 5° LIV CF)
Legalidade (art 5°, II, CF)
Isonomia (art 5° caput)
Juiz natural (art5° LIII, CF)
Inafastabilidade do controle jurisdicional (art 5° XXXV, CF)
Principio do contraditório ( art 5°LV, CF)
Motivação das decisões judiciais (art 93, IX CF)
Tempestividade da tutela jurisdicional (art 5° LXXVIII, CF)
Publicidade dos atos processuais (art 5° LX, CF)
Duplo grau de jurisdição
Infraconstitucionais:
Disponibilidade (Proc. Civil)
Indisponibilidade (Proc. Penal)
Verdade Formal (Proc. Civil)
Verdade Real (Proc. Penal)
Economia Processual ( Proc. Civil e Penal)
Livre convencimento motivado
Instrumentalidade das formas
Principio do impulso oficial
Evolução Histórica do Direito Processual
	1° Fase Sincretista
		- Reduida a participação dos juízes
		-Processo era visto como procedimento
		- Direito material se confundia com Processual
	2° Fase Autonomista
		- Reconhecido como autônomo e ciência
		- Foram criadas grandes teorias (condições da ação, pressupostos processuais, natureza jurídica da ação)
	3° Fase Instrumentalista (FASE ATUAL)
		- Efetividade
		- Juiz ativo
		- Mecanismos criados (tutela antecipada, cumprimentos da obrigação de fazer, não fazer etc.)
Revogação da lei.
	Ab-rogação. Revogação Total
	Derrogação. Revogação Parcial
	Expressa. É expressamente descrito que a nova lei revoga a anterior
	Tácita. Quando uma revoga a outra pelo simples fato de tratar do mesmo assunto.
Jurisdição
	Conceito: A jurisdição é a realização do Direito por um terceiro imparcial em uma situação concreta. Trata-se de uma das funções do Estado, mediante a qual este se substitui aos titulares dos interesses em conflito para, imparcialmente, buscar a pacificação do conflito que os envolve, com justiça.
	Características: Una, indivisível, Substitutividade, definitividade, PACIFICAÇÃO SOCIAL(Principal função).
Princípios: 
Inercia \u2013 A parte deve convocar o Estado, o juiz não pode criar de forma espontânea o processo.
Indeclinabilidade \u2013 O juiz não pode se declinar a julgar o caso.
Inevitabilidade \u2013 A parte não pode evitar cumprir a decisão mesmo sendo desfavorável.
Indelegabilidade \u2013 O juiz não pode delegar a outra pessoa a sua função.
.		Classificação quanto ao grau de Jurisdição.
			Grau de jurisdição: Onde o processo se inicia,o primeiro a observar o caso é o 1° grau de jurisdição,o grau de jurisdição é progressivo, não regride, se começa na segunda instancia só terá dois graus de jurisdição.
		Instancia: Termo ligado a organização judiciaria.
1° Instancia - Juiz
2° Instancia - Desembargador TJ/ TRF
3°Instancia - Ministros STF/ STJ
Jurisdição Voluntaria e Litigiosa.
	Jurisdição voluntária ou graciosa, as partes tem interesse no mesmo resultado, não há Lide.
	Jurisdição litigiosa as partes estão em conflito e procuram o Estado para resolver.
Ação.
	Conceito: Vontade de agir por parte do agente. Ação significa o direito que cada pessoa (natural ou jurídica) tem de obter uma resposta do Poder Judiciário. Ação em sentido amplo ou em nível constitucional significa o direito que qualquer pessoa tem de obter uma resposta do Poder Judiciário, seja ela qual for. É um direito incondicionado.
Condições da Ação.
Legitimidade 
Ordinária \u2013 Ninguém pode pleitear em nome próprio direito alheio
Extraordinária \u2013 São exceções previstas em lei, ex: sindico de prédio. (NÃO CONFUNDIR COM REPRESENTAÇÃO)
Interesse Processual
Elementos da Ação.
Partes -Juiz, autor e réu.
Pedido -  O pedido é o objeto da ação, consiste na pretensão do autor, que é levada ao Estado-Juiz e esse presta uma tutela jurisdicional sobre essa pretensão.
Causa de pedir. A causa de pedir é constituída dos fatos que deram origem a lide, juntamente com os fundamentos jurídicos que demostram a violação do direito, justificando a pretensão do autor perante o juiz.
Classificação das Ações.
	Ações de Conhecimento:
Declaratória. Serão declaratórias quando o pedido for de uma decisão que simplesmente declare a existência de uma relação jurídica.
Constitutiva A sentença Constitutiva cria, modifica ou extingue um estado ou relação jurídica.
Condenatórias Imposição de uma sanção ao réu
Mandamentais Tem por fim obter uma eficácia preponderante da respectiva sentença, de procedência que o juiz emita uma ordem a ser observada pelo demandado ao invés de limitar-se a condena-lo a fazer ou não fazer alguma coisa. Neste tipo de sentença o juiz ordena e não simplesmente condena.
Ação de Execução:
Execução As ações de execução são a forma processual legal para exigir o cumprimento forçado de um direito reconhecido pela legislação vigente ou por decisão judicial.
	
Processo. (procedimentos + princípios constitucionais)
	Conceito: Constitui-se por uma sequencia de atos indicados na Constituição Federal e nas leis que devem ser observados por aqueles que integram a relação jurídica.
	Sujeitos do Processo
Principais: Autor, Juiz e Réu.
Secundários: auxiliares da justiça (permanentes e eventuais)
Pressupostos Processuais
	São classificados em Pressupostos de existência objetivos e subjetivos.
Subjetivos: 
Juiz \u2013 Competência
Partes \u2013 Capacidade
Advogado \u2013 Representação
Objetivos:
São relacionados ao objeto, demanda do autor (art 2 CPC) e citação do réu (239 CPC)
Instrumento de mandato conferido ao advogado ( 103, 104 e 106 CPC)
Inexistência de: Perempção, litispendência, coisa julgada, compromisso(arbitragem),inépcia da petição inicial e inexistência de nulidade( art. 276 ao 279 e 281 CPC)