A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
26 pág.
Aula 05   Regência e Crase

Pré-visualização | Página 1 de 5

Aula 05
Passo Estratégico de Português p/ TJ-SP (Escrevente Judiciário - Interior)
Professor: Charles Souza
Passo Estratégico 
Língua Portuguesa p/ TJ-SP 
(Escrevente Técnico Judiciário) 
Analista Charles Souza 
Aula 5 Ȃ Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
 
 
Analista Charles Souza www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 25 
 
 
Introdução....................................................................................01 
Orientações de Estudo e de Conteúdo 
 Regência Verbal..................................................................02 
 Regência Nominal...............................................................07 
 Crase..................................................................................09 
Análise de Questões......................................................................15 
Considerações Finais.....................................................................23 
Análise Estatística.........................................................................24 
 
 
Introdução 
 
Olá, pessoal! Nesta aula, trataremos de dois assuntos que estão diretamente 
relacionados e que são bastante explorados nas provas da VUNESP: Regência 
(Verbal e Nominal) e Crase. 
 
Analisando-se as 10 provas da VUNESP em 2017, para cargos de nível 
médio, observa-se que os assuntos Regência e Crase foram cobrados em 
8 delas. Já a análise das questões indica que 9,4% do total foram referentes 
a esses dois assuntos. 
 
Mais detalhes a respeito da metodologia da Análise Estatística podem ser vistos 
no Anexo I desta aula. 
 
Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
Passo Estratégico 
Língua Portuguesa p/ TJ-SP 
(Escrevente Técnico Judiciário) 
Analista Charles Souza 
Aula 5 Ȃ Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
 
 
Analista Charles Souza www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 25 
 
Orientações de Estudo e de Conteúdo 
 
Regência 
 
Dá-se o nome de Regência à relação de subordinação que ocorre entre um 
verbo (ou um nome) e seus complementos. 
 
Regência Verbal 
 
Trata-se da relação de dependência que se estabelece entre os verbos e 
seus complementos (objetos diretos, objetos indiretos e adjuntos 
adverbiais). Para facilitar a compreensão, os verbos podem ser agrupados de 
acordo com sua transitividade, como foi visto na aula 02 (Termos da Oração). 
Lembrando que um mesmo verbo pode ter diferentes transitividades, 
conforme será mostrado. 
 
1. Verbo Intransitivo (VI) ± é aquele que não possui complemento. 
Porém, pode vir acompanhado de uma adjunto adverbial (de lugar, de 
tempo, de meio etc.). 
9 Fui ao cinema. (Quem vai, vai a algum lugar) 
Adjunto Adverbial de Lugar 
9 Choveu na semana passada. 
Adjunto Adverbial de Tempo 
9 Chegamos no voo da meia-noite. 
Adjunto Adverbial de Modo 
Importante: A preposição ³a´ costuma introduzir um adjunto adverbial 
de lugar (chegar a algum ponto/lugar). Já a preposição ³em´ costuma 
introduzir um adjunto adverbial de meio (chegar de alguma maneira). 
Repare a diferença: 
Passo Estratégico 
Língua Portuguesa p/ TJ-SP 
(Escrevente Técnico Judiciário) 
Analista Charles Souza 
Aula 5 Ȃ Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
 
 
Analista Charles Souza www.estrategiaconcursos.com.br 3 de 25 
 
9 Cheguei ao metrô. (Indica que o sujeito chegou à estação de metrô 
e deverá pegar um transporte) 
9 Cheguei no metrô. (Indica que o sujeito chegou a algum lugar 
utilizando, como meio de transporte, o metrô) 
 
2. Verbo Transitivo Direto (VTD) ± é complementado por objeto direto, 
ou seja, não exige preposição para o estabelecimento da relação de 
regência. 
9 Comprei um carro. (Quem compra, compra algo) 
Objeto Direto 
9 Eu irei amá-la. (Quem ama, ama algo ou alguém) 
Objeto Direto 
 
3. Verbo Transitivo Indireto (VTI) ± é complementado por objeto 
indireto, ou seja, exige uma preposição para o estabelecimento da 
relação de regência. 
9 A modernidade consiste em direitos iguais para todos. (Consiste 
em algo) 
9 As crianças devem obedecer aos pais. (Quem obedece, obedece a 
alguém ou a alguma coisa) 
9 Respondi às perguntas. (Quem responde, responde a alguém ou a 
alguma coisa) 
9 João simpatiza com as ideias de alguns políticos. (Quem simpatiza, 
simpatiza com alguém ou com alguma coisa) 
 
4. Verbo Transitivo Direto e Indireto (VTDI) ± é complementado por 
um objeto direto e um objeto indireto. 
9 João deu um presente a seu filho. (Quem dá, dá alguma coisa a 
alguém) 
9 Paguei o débito ao cobrador. (Quem paga, paga algo a alguém) 
Passo Estratégico 
Língua Portuguesa p/ TJ-SP 
(Escrevente Técnico Judiciário) 
Analista Charles Souza 
Aula 5 Ȃ Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
 
 
Analista Charles Souza www.estrategiaconcursos.com.br 4 de 25 
 
Importante: Com os verbos agradecer, perdoar e pagar, a pessoa 
deve sempre aparecer como objeto indireto, mesmo que não haja 
objeto direto. 
9 Agradeço aos leitores que confiaram em mim. 
9 Já perdoei aos que me acusaram. 
9 A empresa não pagou aos funcionários. 
 
A seguir, veremos a regência de verbos importantes, muito cobrados nas 
provas de concurso. 
 
1. Aspirar ± pode ser transitivo direto (no sentido de inspirar) ou transitivo 
indireto (no sentido de almejar). 
9 Aspirou o ar puro da manhã. (VTD, inspirar) 
9 Essa era a vida a que eu aspirava. (VTI, almejar) 
 
2. Assistir ± pode ser transitivo direto (no sentido de ajudar) ou transitivo 
indireto (no sentido de ver). 
9 Assisti os idosos do asilo. (VTD, ajudar) 
9 Assisti ao jogo de futebol. (VTI, ver) 
 
3. Atender ± pode ser transitivo direto (no sentido de acolher, acatar, 
conceder) ou transitivo indireto (no sentido de dar/prestar atenção) 
9 O prefeito atendeu a solicitação feita. (VTD, acatar) 
9 Atendi aos apelos por socorro. (VTI, prestar atenção) 
 
4. Visar ± pode ser transitivo direto (no sentido de apontar, mirar, dar o 
visto) ou transitivo indireto (no sentido de objetivar). 
9 Disparou o tiro visando o alvo. (VTD, mirar) 
9 Visaram os documentos. (VTD, dar o visto) 
9 Viso a uma situação financeira melhor. (VTI, objetivar) 
Passo Estratégico 
Língua Portuguesa p/ TJ-SP 
(Escrevente Técnico Judiciário) 
Analista Charles Souza 
Aula 5 Ȃ Regência (Verbal e Nominal) e Crase 
 
 
Analista Charles Souza www.estrategiaconcursos.com.br 5 de 25 
 
5. Querer ± pode ser transitivo direto (no sentido de desejar) ou transitivo 
indireto (no sentido de estimar, ter afeto). 
9 Quero viajar hoje. (VTD, desejar) 
9 Quero muito aos meus amigos. (VTI, ter afeto) 
 
6. Custar ± pode ser transitivo indireto (no sentido de ser difícil), 
intransitivo (no sentido de valor) ou transitivo direto e indireto (no 
sentido de acarretar). 
9 Custou ao aluno entender o problema. (VTI, ser difícil) 
9 O carro custou caro. (VI, valor) 
9 O ciúme custou-lhe dor. (VTDI, acarretar) 
 
7. Esquecer/Lembrar ± pode ser transitivo direto (no sentido de sair da 
memória) ou transitivo indireto (no sentido de sair da memória com a 
presença de pronome). 
9 Esqueci o nome dela. (VTD, sair da memória) 
9 Lembrei-me do nome dela. (VTI, sair da memória com a presença 
GR�SURQRPH�³PH´� 
 
8. Proceder ± É intransitivo (no sentido de ter fundamento) ou transitivo 
indireto (no sentido de dar início ou no sentido de originar-se). 
9 Sua queixa não procede. (VI, ter fundamento) 
9 O detetive procedeu a uma investigação perigosa. (VTI, dar início) 
9 Aquela mercadoria procede do exterior. (VTI, originar-se) 
 
9. Implicar ± É transitivo direto (no sentido de acarretar) ou transitivo 
indireto (no sentido de envolver ou no sentido de antipatizar). 
9 Esta decisão