A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Unicesumar   ATIVIDADE 1 - SER - DIREITO E LEGISLAÇÃO SOCIAL - 2019A2

Pré-visualização | Página 1 de 2

28/03/2019 Unicesumar - Ensino a Distância
1/5
Protocolo de Finalização Nº 000010452435
O aluno RUTH COSTA SILVA com RA 1811212-5 
 finalizou a atividade ATIVIDADE 1 - SER - DIREITO E LEGISLAÇÃO SOCIAL - 2019A2
 em 01/03/2019 19:05:07
ATIVIDADE 1 - SER - DIREITO E LEGISLAÇÃO SOCIAL - 2019A2
Período:18/02/2019 08:00 a 17/03/2019 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ENCERRADO
Nota máxima:0,50 Nota obtida: 0,50
1ª QUESTÃO
Quando falamos em interpretação, temos definido que é uma explicação, um esclarecimento, a indicação de
um conteúdo da palavra, frase ou norma. A interpretação é a compreensão do que o legislador quis dizer
com a criação daquela norma e de como ela será aplicada ao caso concreto. Por essa razão, para o Direito é
tão importante compreender uma norma criada. 
Elaborado pela professora, 2019.
No que diz respeito à intepretação, assinale a alternativa correta.
  
 
RESPOSTA:Na histórica, há necessidade de analisar o pensamento do legislador não só à época da edição da lei.
2ª QUESTÃO
   A Constituição Federal de 1988, a qual é conhecida como Constituição Cidadã, consagrou não só a família,
mas outras entidades familiares, tais como aquelas oriundas da união estável e da comunidade formada por
um genitor e seus ascendentes. Todavia, visando resguardar os princípios da igualdade e da dignidade da
pessoa humana, é necessário considerar as demais formações que decorrem do afeto como família.
ROSA, L. C. B.; LOPES, M. H.; FRANCISCHINI, M. C. L. Direito e Legislação Social. Unicesumar: Maringá, 2018.
 
Assim, associe as colunas com relação aos seus respectivos formatos familiares:
 
(1) Matrimonial               (  ) É aquela formada por uma união estável, incluindo a união entre pessoas do
mesmo sexo.
 (2) Monoparental            (  ) É aquela reconhecida por meio de uma decisão do Supremo Tribunal Federal.
 (3) Homoafetiva              (  ) É aquela em que se entende, como família, quando os genitores estão ausentes.
 (4) Informal                     (  ) É aquela advinda do casamento, que possui, como característica, a
indissolubilidade da união entre um homem e uma mulher.
 (5) Anaparental               (  ) É aquela formada por um dos pais e seus descendentes.
 
Assinale a alternativa que possui a sequência correta:
RESPOSTA:4, 3, 5, 1, 2.
3ª QUESTÃO
28/03/2019 Unicesumar - Ensino a Distância
2/5
Uma vez que, por conta da evolução do homem, passamos a viver em sociedade, começamos a ter conflitos
de interesses, opiniões divergentes, posionamentos contrários, com o objetivo de solucionar, ou pelo menos
diminuir esses conflitos surge o Direito.  Para sua existência, sempre devemos observar as fontes existentes
que dirão para a sociedade o que pode ou não ser feito, e se há ou não uma punição para uma determinada
atitude. 
 
Elaborado pela professora, 2019.
 
Sobre as fontes do Direito, assinale a alternativa que representa quais são essas fontes.
RESPOSTA:Leis, Costumes, Jurisprudências e Doutrinas.
4ª QUESTÃO
Para definir a nacionalidade, existem dois critérios: ius sanguini e o ius soli. No primeiro, a pessoa tem a
mesma nacionalidade de seus pais, ou seja, decorre do sangue. Na segunda, a pessoa tem que nascer no
território para adquirir a nacionalidade do Estado.
 
Elaborado pela professora, 2019.
  
De acordo com o que estudamos, analise as assertivas abaixo no que tange à nacionalidade de brasileiros.
  
I. Os nascidos na República Federativa do Brasil, ainda que de pais estrangeiros, desde que estes não
estejam a serviço de seu país.
 II. Os nascidos no estrangeiro, depois de atingida a maioridade, de pai brasileiro ou mãe brasileira, desde
que sejam registrados em repartição brasileira competente ou qualquer deles esteja a serviço do Brasil.
 III. Os nascidos no estrangeiro de pai ou mãe brasileira, desde que sejam registrados em repartição brasileira
competente ou venham a residir no Brasil e optem, em qualquer tempo, depois de atingida a maioridade,
pela nacionalidade brasileira.
 IV. A lei brasileira poderá fazer distinção entre brasileiros natos e naturalizados, de acordo com o que for
previsto na Constituição Federal.
 
É correto o que se afirma em: 
RESPOSTA: I, II e III, apenas.
5ª QUESTÃO
28/03/2019 Unicesumar - Ensino a Distância
3/5
O Direito Positivo é o direito posto pelo Estado, são as regras que estão em vigor em um determinado país,
regras que foram feitas pelo poder público, são as leis, códigos, tratados internacionais, decretos e
regulamentos, por exemplo. O Direito Positivo em regra é dividido em Direito objetivo e subjetivo.
  
ROSA, Letícia C.B; LOPES, Mariane H; FRANCISCHINI, Mônica C.L. Direito e Legislação Social. Maringá:
Unicesumar, 2018.
 
 
Nesse sentido, analise as seguintes afirmações:
 
I – O Direito Subjetivo é a faculdade ou prerrogativa do indivíduo de invocar a lei na defesa de seu interesse.
Assim, ao direito subjetivo de uma pessoa, corresponde sempre o dever de outro, que, se não o cumprir,
poderá ser compelido a observá-lo através de medidas judiciais.
 II – O Direito objetivo é o conjunto de regras vigentes num determinado momento, para reger as relações
humanas, impostas, coativamente, à obediência de todos, em determinada época. Ex.: o Código Penal, o
Código de Processo Penal, o Código Civil, etc.
 III – O Direito objetivo constitui no exercício de uma potencialidade de direito, só poderá ser exercido pelo
seu titular.
 IV – O Direito Positivo não contrapõem-se ao Direito Natural, visto que o fundamentos dos dois são
praticamente os mesmos e a norma jurídica segundo eles advém apenas do Estado.
 
 É correto o que se afirma em: 
RESPOSTA: I e II apenas.
6ª QUESTÃO
Nossos estudos apontam que existem algumas situações em que não há leis para a sua regulamentação. Tais
situações são chamadas de lacuna na lei. Mesmo na ocorrência dessa situação, o juiz deve necessariamente
julgar, de acordo com a Lei de Introdução as Normas do Direito Brasileiro.
  
ROSA, Letícia C.B; LOPES, Mariane H; FRANCISCHINI, Mônica C.L. Direito e Legislação Social. Maringá:
Unicesumar, 2018
 
Com base nessas informações, analise as seguintes afirmativas:
 
I – A jurisprudência pode ser utilizada quando o juiz utiliza de uma norma pré-existente, no intuito de
aplicá-la a uma situação não prevista em lei.
 II – O costume constitui na prática reiterada da sociedade, não advém do Poder Legislativo, visto que não
caracteriza uma lei, mas a conduta é praticada porque a sociedade acredita que aquilo seja obrigatório.
 III – Os princípios gerais do direito são os alicerces de um ordenamento jurídico que visam a aplicação e
integração do direito, podendo caracterizar-se em regras que se encontram na consciência dos povos e são
universais, mesmo que não escritos.
 IV – A analogia constitui um parecer de que uma pessoa com um notório saber jurídico a respeito de um
tema pode escrever sobre ele  por meio da sua interpretação da lei desses estudiosos.
 
É correto o que se afirma em:
 
RESPOSTA: II e III apenas.
7ª QUESTÃO
28/03/2019 Unicesumar - Ensino a Distância
4/5
   Interpretar é explicar, esclarecer e indicar o conteúdo da palavra, frase ou norma. Interpretar a norma
é compreender o que o legislador quer dizer. É a análise da norma jurídica que vai ser aplicada aos
casos concretos.
ROSA, L. C. B.; LOPES, M. H.; FRANCISCHINI, M. C. L. Direito e Legislação Social. Unicesumar: Maringá, 2018.
 
   Com relação à interpretação da norma, associe as colunas a seguir:
  
(1) Gramatical     
       
 
 
(  ) Estabece uma conexão entre vários textos legais a serem interpretados e aplicados ao
caso concreto.
(2) Restritiva       
       
(  ) A interpretação é feita de acordo com o sistema que a norma está inserida, não sendo
interpretada isoladamente.
(3) Lógica           
       
(  ) Analisa-se o alcance das palavras

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.