13.A importância na inserção do nutricionista na estratégia Saúde da Família
3 pág.

13.A importância na inserção do nutricionista na estratégia Saúde da Família


DisciplinaPsicologia da Nutrição31 materiais163 seguidores
Pré-visualização1 página
A importância na inserção do
nutricionista na estratégia Saúde da
Família
DESCREVER A IMPORTÂNCIA E AS FORMAS DE ATUAÇÃO DO PROFISSIONAL NUTRICIONISTA NA
ESTRATÉGIA SAÚDE DA FAMÍLIA
AUTOR(A): PROF. DEBORA SANTOS COCA
AUTOR(A): PROF. JAQUELINE BOTELHO DA PONTE
Nos últimos anos o Brasil apresentou grandes avanços na área da saúde, particularmente depois da
construção do Sistema Único de Saúde (SUS).
A Estratégia Saúde da Família (ESF) foi criada na década de 90, durante a reformulação do SUS. Suas
características principais eram as ações de prevenção, recuperação e promoção da saúde, de maneira
contínua.
Em 1994, a ESF
"Hoje a ESF promove a saúde da população com ações básicas, evitando que as pessoas
adoeçam."
A implementação da ESF estabelecida com base na interação direta com a comunidade visa a construção de
práticas e estratégias mais e\ufb01cazes na resolução dos problemas de saúde. Além disso, o investimento na
equipe de saúde em educação continuada tem resultado em efeitos positivos em relação à qualidade da
prática assistencial, assim como na adoção de um estilo de vida mais saudável por parte da população.
A ESF tem ainda possibilitado maior equidade, uma vez que as equipes se concentram principalmente em
regiões com pouco acesso aos serviços de saúde. 
 
A necessidade do pro\ufb01ssional nutricionista na ESF
O per\ufb01l epidemiológico da população brasileira esta passando por um processo intenso de mudança devido
as alterações do per\ufb01l demográ\ufb01co e nutricional de ambas as regiões, rural e urbana.
O per\ufb01l nutricional e alimentar esta diretamente ligado ao per\ufb01l de morbimortalidade da população
(considerando indivíduos de todas as faixas etárias). Atualmente observamos o crescimento de doenças
crônicas não transmissíveis (DCNT), como diabetes, hipertensão arterial, obesidade, dislipidemias; ambas
INQUÉRITOS ALIMEN\u2026 1
decorrentes da alimentação e do estilo de vida adotados nos tempos modernos.
 A inserção do nutricionista na ESF pode ser justi\ufb01cada ainda pela sua formação acadêmica, que o capacita
a realizar o diagnóstico nutricional da população e propor orientações dietéticas adequadas, levando em
consideração aspectos como os hábitos da unidade familiar, meio cultural e a disponibilidade de alimentos.
Nesse contexto, a participação do nutricionista como membro das equipes de saúde da ESF torna-se
essencial.
Capacitação do pro\ufb01ssional nutricionista para atuar na
ESF
O nutricionista é um pro\ufb01ssional da saúde onde a sua formação visa a atuação no Sistema Único de Saúde
(SUS).
O Ministério da Educação estabelece por meio de parecer para os cursos de Nutrição, Enfermagem e
Medicina, como seu objeto: "Permitir que os currículos propostos possam construir per\ufb01l acadêmico e
pro\ufb01ssional com competências, habilidades, conteúdos, dentro de perspectivas e abordagens
contemporâneas de formação pertinentes e compatíveis com abordagens nacionais e internacionais,
capazes de atuar com qualidade, e\ufb01ciência e resolutividade, no Sistema Único de Saúde, considerando o
processo da Reforma Sanitária Brasileira."
Sendo assim, o nutricionista deve estar preparado para atuar de forma a visar tanto a segurança alimentar
como a atenção dietética, para promoção, manutenção e/ou recuperação da saúde, além da prevenção de
doenças.
Portanto, considerando que a formação do nutricionista visa a atuação no SUS, seria esperado que esse
pro\ufb01ssional estivesse inserido nele, o que não acontece de fato.
Essa falha não é justi\ufb01cada por falta de habilidade técnica ou por falha na legislação, mas por uma questão
histórica e estrutural na política de saúde.
 
Atribuições do nutricionista na ESFAtribuições do nutricionista na ESF
Diagnóstico/monitoramento do estado nutricional da família e da comunidade;
 Identi\ufb01cação de áreas de risco nutricional na comunidade.
 Diagnóstico de problemas alimentares e nutricionais (carências ou excessos).
 Identi\ufb01cação de grupos biologicamente mais vulneráveis do ponto de vista do estado nutricional
 Realização de palestras educativas para grupos focais.
 Incentivo e de\ufb01nição de estratégias de apoio comunitário ao aleitamento materno.
Orientações sobre higiene e conservação de alimentos.
 Orientações dietoterápicas a nível domiciliar, quando necessário.
Diagnóstico de consumo e práticas alimentares locais.
 Identi\ufb01cação de estratégias de segurança alimentar disponíveis na comunidade.
 Implantação de ações de vigilância alimentar e nutricional.
  INQUÉRITOS ALIMEN\u2026 1
Sendo assim,  à participação do nutricionista na equipe de ESF, ainda esta em fase de consolidação.
As experiências de programas de residência multipro\ufb01ssionais em saúde da família demonstram que os
nutricionistas estão aptos e preparados a atuarem na ESF. Além disso,  sua inclusão na equipe quali\ufb01ca as
ações de saúde em direção à integralidade. A não inclusão do nutricionista na equipe mínima deixa de
proporcionar à sociedade melhor promoção da saúde.
ATIVIDADE
Qual das atribuições abaixo NÃO esta relacionada com atividades do
nutricionista dentro da Estratégia Saúde da Família (ESF)? 
A.  Realização de palestras educativas para grupos focais. 
B. Orientações sobre higiene e conservação de alimentos. 
C. Diagnóstico e tratamento de qualquer doença apresentada. 
D. Diagnóstico de problemas alimentares e nutricionais (carências ou
excessos). 
REFERÊNCIA
1) Geus LMM; et al. A importância na inserção do nutricionista na Estratégia Saúde da Família. Ciência &
Saúde Coletiva. 2011; 16 (1):797-804.
 
INQUÉRITOS ALIMEN\u2026 1 INQUÉRITOS ALIMEN\u2026 1
INQUÉRITOS ALIMEN\u2026 1