PLANO DE AULA  8° ANO(1)
9 pág.

PLANO DE AULA 8° ANO(1)


Disciplina<strong>ciencia</strong>9 materiais2 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Dados de identificação 
Professor: Coordenador (a):Lucy Tavares
Professor: Supervisor (a): Jessica
Professor Estagiário: Aurélia Neres e Geizielle Ferreira
Disciplina: Ciências 
	Dados da turma:
Série: 9º ano
Turma(s): U
Período: Vespertino
Tempo de aula: 45 minutos
	Conteúdo: Sistema Nervoso
Tema:
	Objetivos: 
- Objetivo Geral 
Entender o Sistema Nervoso como o coordenador e controlador das funções do corpo.
- Objetivos Específicos
Identificar as partes do sistema nervoso; 
Reconhecer a anatomia e função do Sistema Nervoso; 
Caracterizar o sistema nervoso central e periférico e correlaciona-los
com suas respectivas funções e composições;
Explicar as reações nos atos reflexos; 
Citar os cuidados com o Sistema Nervoso.
	Metodologia
Aula 01
Expor uma imagem no data show, do sistema nervoso do tubarão, gato, rã, pássaro e do homem. Com essas imagens dizer para os alunos observar como o cérebro humano é mais desenvolvido que o de outros animais. Explicar que o símbolo do sistema nervoso, o cérebro é o centro do pensamento, das ações conscientes e de muitas ações inconscientes. É também o centro das nossas emoções: amor e ódio, bom e mau humor, pensamento e atitudes são resultados do trabalho do nosso sistema nervoso. Explicar que o sistema nervoso é formado por milhões de células nervosas, e que funciona como uma grande rede de comunicações, em que as mensagens têm a forma de sinais químicos e elétricos num movimento incessante (que não para é continuo) pelo corpo.
Próximos slides, demonstrar o esquema de um neurônio.
Com essa imagem explicar que o sistema nervoso é formado por neurônios que são as células nervosas.
A parte do neurônio onde este situado o núcleo recebe o nome de corpo celular. Do corpo celular saem ramificações que são denominadas dendritos e um prolongamento chamado axônio.
Em volta do axônio existe uma membrana gordurosa chamada bainha de mielina. Essa membrana gordurosa serve como uma proteção para a bainha de mielina.
O percurso do impulso nervoso no neurônio é sempre no sentido dendrito, corpo celular e axônio. 
Para transferir informação de um ponto para outro no sistema nervoso, é necessário que o potencial de ação, uma vez gerado, seja conduzido ao longo do axônio. Um potencial de ação iniciado em uma extremidade de um axônio apenas se propaga em uma direção, não retornando pelo caminho já percorrido.
Passaremos um vídeo que explique o sentido do transporte do impulso nervoso. 
https://www.youtube.com/watch?v=KdFSdOrBRiM
Explicar que ocorrem reações químicas que liberam produtos, esses são conhecidos por neurotransmissores que para funcionar precisam de neuroreceptores específicos, somente dessa forma ocorre à transmissão de uma informação, seja ela sensitiva, motora ou mista.
Explicar que as informações são passadas por meio de neurotransmissores, que são substâncias químicas que atuam na transmissão do impulso nervoso e hormônios na sinapse nervosa (É uma região de comunicação entre os neurônios). 
Utilizar como exemplo para os alunos entenderem melhor o sistema nervoso a uma rede telefônica.
O nosso sistema nervoso pode ser comparado a uma rede telefônica.
Em uma rede telefônica, existem a central (que recebe as chamadas e realiza as ligações de um ponto para outro) e os fios (que conduzem as mensagens a as respostas).
Assim também é o nosso sistema nervoso, que se divide em duas partes.
Sistema nervoso central que é formado pelo encéfalo e pela medula espinhal (que formam a \u201ccentral\u201d do nosso exemplo);
Sistema nervoso periférico que compreende o conjunto dos nervos (os \u201cfios\u201d do nosso exemplo). Para exemplificar utilizaremos imagens no data show.
O sistema nervoso central se divide em duas partes:
Encéfalo \u2013 situado no crânio e formado pelos seguintes órgãos: cérebro, cerebelo, ponte e bulbo. ( demonstraremos com imagem no data show).
 Medula espinhal \u2013 localizada no canal vertebral.
O encéfalo e a medula formam o sistema nervoso central.
Vamos estudar cada órgão que formam o encéfalo.
O cérebro
É o órgão que contem os centros nervosos relacionados com os sentidos, a memória, o pensamento e a inteligência. E ele que coordena as ações voluntárias desenvolvidas pelo individuo. Com uma imagem exibida no data show vamos pedir para que os alunos observem que o cérebro se divide em duas partes ou hemisférios cerebrais. Um direito e outro esquerdo.
O cerebelo
Logo abaixo do cérebro e possui as seguintes funções:
Coordena movimentos comandados pelo cérebro, garantindo uma perfeita harmonia ente eles;
Regula o grau de contração do musculo em repouso;
Mantem o equilíbrio do corpo.
A ponte
Ela como o próprio nome diz, é uma ponte que serve de passagem de impulsos nervosos que vão ao cérebro.
O bulbo
 Controla importantes funções no nosso organismo, entre ela: a respiração, o ritmo dos batimentos cardíacos e alguns atos reflexos (como deglutição, o vômito, a tosse e o piscar dos olhos).
Para observar se nossos objetivos foram alcançados, vamos entrega um exercício para cada aluno.
1. O cérebro é quem comanda tudo através de milhões de células nervosas, chamadas:
a) Células nervosas
b) Neurônios
c) Células tronco
d) Células mãe
2. 6. Quais estruturas formam o sistema nervoso central?
a) Cérebro e encéfalo
b) Medula e neurônios
c) Encéfalo e medula espinhal
d) Substância cinzenta e branca
3. A respeito dos neurotransmissores, marque a alternativa correta:
a) Os neurotransmissores são substâncias químicas que atuam na transmissão do impulso nervoso.
b) Os neurotransmissores estão relacionados com a transmissão do impulso nervoso, sendo encontrados por toda a extensão do axônio, permanecendo no interior da célula.
c) Os neurotransmissores irão se ligar na membrana da célula vizinha, chamada de membrana pré-sináptica.
d) Os neurotransmissores são encontrados livremente no meio extracelular, estando disponíveis para a utilização pelos neurônios a qualquer momento.
Aula 02
Daremos continuação a aula anterior, pois o tempo não foi suficiente para todo o conteúdo planejado. Seguiremos o conteúdo explicando cada órgão que forma o encéfalo, e logo em seguida vamos distribuir cópia do exercício para cada aluno. Corrigiremos com eles na sala de aula.
Logo após a correção vamos iniciar a explicação do sistema nervoso. periférico.
Formado pelas ramificações dos nervos que partem do encéfalo e da medula espinhal. Utilizaremos slides com imagens para explicação do sistema nervoso periférico.
O sistema nervoso periférico é o sistema formado por nervos encarregados de fazer as ligações entre o sistema nervoso central e o corpo.
São 12 pares do encéfalo que são os nervos cranianos e 31 pares da medula que são os nervos espinhais.
Cada nervo é formado pela reunião de várias fibras que correspondem aos axônios das células nervosas.
Quanto à função os nervos são classificados em sensitivos e motores.
Sensitivos: trazem impulsos da periferia do corpo para o sistema nervoso central.
Motores: conduzem impulsos para os músculos e as glândulas do organismo
Os nervos cranianos ou são sensitivos ou são motores, os espinhais são mistos, porque apresentam duas raízes nos pontos de ligação com a medula.
Após a explicação vamos pedir para que eles respondam duas questõesno caderno:
Defina sistema nervoso periférico
Como são classificados os nervos
Aula 03
Iniciaremos a aula pedindo para que os alunos imaginem queestão costurando uma roupa. De repente você encosta a agulha em seu dedo. O que você faz? A resposta mais óbvia é tirar o dedo rapidamente! E realmente é isso que acontece sem você sem ao menos pensar sobre isso.
Outro exemplo é,ao tocar em uma panela com uma temperatura muito alta, você imediatamente retira a mão antes mesmo de você sentir a dor. Vocês já pensaram o porquê dessas respostas tão rápidas e involuntárias?
Essas respostas são chamadas de atos reflexos \u2013 reações tão rápidas que a mensagem só chega ao cérebro após a resposta ter sido gerada. Isso acontece porque esses atos são uma