PLANO DE AULA  9º ANO ESTAGIO III (1)
5 pág.

PLANO DE AULA 9º ANO ESTAGIO III (1)


Disciplina<strong>ciencia</strong>9 materiais2 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Dados de identificação 
Professor: Coordenador (a):
 Professor: Supervisor (a): 
Professor Estagiário: Aurélia Neres e Geisielle Ferreira
Disciplina: Ciências 
Dia: 
Horário: aula Horário: às 
	Dados da turma: 
Série: 9º ano
Turma(s): 
Período: Vespertino
Tempo de aula: 45 minutos
	Conteúdo: Medindo a Corrente Elétrica
Tema: Eletricidade 
	Objetivos: 
- Objetivo Geral
Compreender conceitos básicos de eletricidade (intensidade, tensão, corrente elétrica, resistência, voltagem).
- Objetivos Específicos
Definir os conceitos básicos: intensidade, tensão, corrente elétrica, resistência, voltagem;
Compreender conceitos básicos de eletricidade.
- Objetivos Específicos
Definir Corrente Elétrica;
Conhecer as unidades de medida de envolvidas no cálculo da intensidade da corrente elétrica no segundo S.I; 	Comment by User: Colocar os outros conceitos tensão, resistência
Reconhecer a unidade de medida da Lei de Ohm;
Compreender o que significa Lei de Ohm.
	Metodologia
Aula 01
Iniciaremos a aula abrindo uma discussão em torno do tema eletricidade. Perguntando qual sua importância e suas principais aplicações. Essa parte da física é muito presente no cotidiano de todos os alunos, e, por isso, respostas como redes elétricas das ruas, redes residenciais e eletroeletrônicos vão aparecer aos montes. 
Falaremos para eles que a energia elétrica é um dos alicerces da sociedade moderna. Conseguimos notar sua vital importância quando ela nos falta por algum motivo. Compreender conceitos básicos de sua funcionalidade pode trazer benefícios para o cidadão, para os meios de produção e para o meio ambiente.
Apresentaremos o conceito de carga elétrica de acordo com o texto \u201cCorrente Eléetrica\u201d que será impresso e entregue para cada aluno no decorre da aula. A corrente elétrica é um fluxo de elétrons que circula por um condutor quando entre suas extremidades houver uma diferença de potencial. Esta diferença de potencial chama-se tensão. A facilidade ou dificuldade com que a corrente elétrica atravessa um condutor é conhecida como resistência. Esses três conceitos: corrente, tensão e resistência estão relacionadas entre si, de tal maneira que, conhecendo dois deles, pode-se calcular o terceiro através da Lei de Ohm;
Aula 2
Relembrar brevemente o conceito de carga elétrica, de modo que possamos avaliar os alunos abordando questões que já foram falados na aula passada, para que assim possamos ver o grau de conhecimento da turma;
Abordaremos também que a intensidade I da corrente elétrica é definida como a razão entre o módulo da quantidade de carga \u394Q que atravessa certa secção transversal, corte feito ao longo da menor dimensão de um corpo do condutor em um intervalo de tempo \u394t.
O campo elétrico exerce força sobre os elétrons livres, que passam a se movimentar no sentido contrário a ele. Para calcular a intensidade dessa corrente gerada, divide-se a quantidade de cargas pelo intervalo de tempo, através da fórmula: I = \u394Q / \u394t
O símbolo da intensidade é o \u201cI\u201d e a unidade \u201cA\u201d (Ampere). A medição da corrente elétrica em um circuito elétrico é feita por um aparelho chamado Amperímetro. Quando a quantidade de carga for dada em colomb (C) e ointervalo de tempo em segundo (S), a corrente elétrica será dada ampere: 1ª = 1C/s. 
Portanto, quanto maior a tensão elétrica (voltagem ou ddp) nos terminais de um condutor, maior a corrente elétrica que o atravessa. Vejamos o exemplo: 	Comment by User: Explicar q significa diferença de potêncial
Problema: Por um ponto de um circuito elétrico passam 50 C em 22,5s. Qual é a intensidade da corrente elétrica?
Resolução:
 Pelo enunciado, \u394q = 50 C e = \u394t = 2,5 s. Substituindo esses valores na equação: i = \u394q / \u394t i = 50C / 2/5s = 20 C/s = 20 A
Resposta: A intensidade da corrente elétrica e de 20 A;
Aula 3
Começaremos a aula falando um pouco sobre a da Lei Ohm. Que foi designada em homenagem ao seu formulador, o físico alemão Georg Simon Ohm (1787 -1854), afirma que, para um condutor mantido à temperatura constante, a razão entre a tensão entre dois pontos e a corrente elétrica é constante. Essa constante é denominada de resistência elétrica normalmente simbolizado por R; 
A unidade de medida da resistência é simbolizada pela letra grega ômega maiúsculo. Conclui que mantendo \u2013 se a temperatura de um resitor, a diferença de potencial aplicada nos seus extremos é diretamente proporcionas à intensidade da corrente elétrica.
Utilizaremos um texto impresso que será entregue em grupos de 5 pessoas para que possam utilizá-lo na leitura em sala de aula. \u201cCorrente elétrica\u201d.
Passar uma atividade utilizando o quando negro sobre o conteúdo para ser realizada em grupo no decorre da aula:
1. Uma corrente elétrica de intensidade igual a 5 A percorre um fio condutor. Determine o valor da carga que passa através de uma secção transversal em 1 minuto.
2. Por um fio condutor metálico passam 2,0.10²0  elétrons durante 4s. Calcule a intensidade de corrente elétrica que atravessa esse condutor metálico.
(Dada a carga elementar do elétron e = 1,6.10-19 C).
	Recursos Didáticos 
- Quadro; 
- Giz; 
 - Textos; 
	Avaliação 
- Resolução de exercícios para complementação dos conteúdos; 
	ANEXOS
CORRENTE ELÉTRICA
	A corrente elétrica é um fluxo de elétrons que circula por um condutor quando entre suas extremidades houver uma diferença de potencial. Esta diferença de potencial chama-se tensão. A facilidade ou dificuldade com que a corrente elétrica atravessa um condutor é conhecida como resistência. Esses três conceitos: corrente, tensão e resistência, estão relacionados entre si, de tal maneira que, conhecendo dois deles, pode-se calcular o terceiro através da Lei de Ohm
Os elétrons e a corrente elétrica não são visíveis mas podemos comprovar sua existência conectando, por exemplo, uma lâmpada a uma bateria. Entre os terminais do filamento da lâmpada existe uma diferença de potencial causada pela bateria, logo, circulará uma corrente elétrica pela lâmpada e portanto ela irá brilhar.
A relação existente entre a corrente, a tensão e a resistência denomina-se Lei de Ohm: Para que circule uma corrente de 1A em uma resistência de 1 Ohm, há de se aplicar uma tensão em suas extremidades de 1V (V=R.I).
O conhecimento desta lei e o saber como aplicá-la são os primeiros passos para entrar no mundo da eletricidade e da eletrônica.
Antes de se começar a realizar cálculos, há que se conhecer as unidades de medida. A tensão é medida em Volts (V), a corrente é medida em Amperes (A) e a resistência em Ohms (ohm)
Unidades Básicas	Comment by User: Coloque somente o que for trabalhar
	Símbolo
	Unidade
	A 
	ampère (unidade de corrente) 
	V 
	volt (unidade e tensão) 
	W 
	watt (unidade de potência) 
	Ohm 
	Ohm (unidade de resistência) 
	H 
	henry (unidade de indutância) 
	F 
	farad (unidade de capacitância) 
	Hz 
	hertz (unidade de freqüência)
Prefixos para indicar frações ou múltiplos de unidades	Comment by User: Desnecessário e só vai complicar
	Símbolo 
	Fração/Múltiplo
	p 
	pico (1 trilionésimo 10E-12)
	n 
	nano (1 bilionésimo 10E-9)
	µ 
	micro (1 milionésimo 10E-6)
	m 
	mili (1 milésimo 10E-3)
	k 
	kilo (1 milhar 10E3)
	M 
	mega (1 milhão 10E6)
	G 
	giga (1 bilhão 10E9)
Conceito
A corrente elétrica consiste no movimento ordenado de cargas elétricas, através de um condutor elétrico. A corrente elétrica é definida como corrente elétrica real (sentido do movimento dos elétrons) e corrente elétrica convencional (consiste no movimento de cargas positivas). 
Condutor é todo material que permite a mobilidade fácil dos elétrons, sendo os melhores condutores os metais. Quando o material não permite essa mobilidade dos elétrons , ele é dito isolante, por exemplo madeira. 
Há dois tipos de corrente elétrica: corrente contínua - gerada por pilhas e baterias e corrente alternada - gerada por usinas que transformam qualquer tipo de energia em elétrica, a qual chega