A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
13 pág.
Aula 4 - Farmacodinâmica

Você está vendo uma pré-visualização

Pre-visualização do material Aula 4 - Farmacodinâmica - página 1
Pre-visualização do material Aula 4 - Farmacodinâmica - página 2
Pre-visualização do material Aula 4 - Farmacodinâmica - página 3

Aula 4 - Farmacodinâmica

Mecanismos Gerais de Ação 
dos Fármacos 
 
 
Profa. Dra. Edith Teles 
 
Mecanismo de ação dos 
fármacos 
TEORIAS DA INTERAÇÃO 
DROGA/RECEPTOR: 
 
- 1910 Ehrlich – Postulou a existência 
dos receptores 
- 1926 Clark - Teoria da ocupação dos 
receptores 
A LIGAÇÃO DAS MOLÉCULAS DE 
DROGAS COM AS CÉLULAS 
 
 Moléculas de uma droga devem exercer alguma 
influência química em um ou mais constituintes das 
células para produzir resposta farmacológica – sendo 
para isso necessário que as moléculas da droga fiquem 
tão próximas a estes constituintes celulares a ponto de 
alterar sua função 
Mecanismo de ação 
dos fármacos 
TEORIA DA OCUPAÇÃO DOS 
RECEPTORES 
(Clark, 1926): 
" A resposta farmacológica de uma droga é 
proporcional ao número de receptores 
ocupados pela droga" 
 
Fármacos não criam funções; apenas 
modificam as já existentes 
 
 
Mecanismo de ação 
dos fármacos 
 
 
 K1 
 D + R DR Resposta 
 K2 
 
Droga Receptor Complexo 
livre livre droga/receptor 
 
 
Receptor 
 A formação do complexo fármaco-
receptor leva à resposta biológica, e 
a magnitude da resposta é 
proporcional ao número de 
complexos fármaco-receptores: 
Droga + Receptor = complexo D-R 
 efeito 
 O LIGANTE PODE FUNCIONAR 
COMO AGONISTA OU COMO 
ANTAGONISTA. 
Agonistas – ativam receptores, induzindo 
respostas celulares e moleculares do 
receptor. 
Antagonistas – podem se combinar aos 
mesmos receptores sem causar ativação, 
impede a resposta do agonista. 
 A intensidade do efeito 
produzido por uma droga é uma 
função da quantidade da droga 
administrada. 
CURVA CONCENTRAÇÃO 
AGONISTA-EFEITO 
CURVA DE CONCENTRAÇÃO EFEITO (In Vitro) 
CURVA DE DOSE-RESPOSTA (In Vivo) 
Efeitos Mediados nos 
Receptores 
Efeito 
Log [Droga] 
Agonista 
Antagonista 
Interacões entre drogas 
0 
20 
40 
60 
80 
100 
0,01 0,1 1,0 10,0 
Concentração (mol/l) 
Agonista 
Agonista + 
antagonista 
competitivo 
Definições: 
 AFINIDADE: É a tendência de 
ligação aos receptores 
 
 EFICÁCIA: É a capacidade de uma 
vez ligado, de provocar alterações 
que produzem efeitos 
edith_tvenancio@yahoo.com.br