Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
analise economica apol gabarito2

Pré-visualização | Página 1 de 2

Questão 1/10 - Análise Econômica
Considerando que a oferta é a relação entre preço e quantidade ofertada, a oferta representa, assim, a quantidade de um bem ou serviço que os produtores desejam vender.
De acordo com essa definição de oferta, as variáveis que determinam a quantidade ofertada, além do preço do bem são:
Nota: 0.0
	
	A
	A)preço dos insumos, lucro do trabalhador eo número de produtores.
	
	B
	B)número de produtores, tecnologia empregada e o número de estudantes de ensino superior.
	
	C
	C)tecnologia empregada, preço dos insumos e número de produtores.
Apenas a alternativa “c” está correta por elencar as variáveis quedeterminam a oferta: tecnologia, preço dos insumos e número de produtores (concorrência). (TEBCHIRANI, 2012, p.41)
Na alternativa “a”, lucro do trabalhador induz ao erro uma vez que lucro se refere às empresas e o trabalhador recebe salários e não lucro.Na alternativa “b” o número de estudantes não impacta a produção, assim como o salário pago ao funcionalismo público na letra “d” e a quantidade de aposentados na letra “e” que não são trabalhadores que fazem parte do processo produtivo.
	
	D
	D)preço dos insumos, lucro do trabalhador e salário a ser pago ao funcionalismo público.
	
	E
	E)tecnologia empregada, quantidade de aposentados no país e número de produtores
Para atingir os objetivos da política macroeconômica, são utilizadas diversas políticas voltadas para diferentes finalidades a partir da participação do governo.
Fonte: TEBCHIARINI, F. R. Princípios de economia: micro e macro. Curitiba, Editora Intersaberes, 2012.
Com base nos conhecimentos destas políticas, julgue as afirmativas a seguir.
I.   (  ) A política fiscal envolve o orçamento público;
CORRETO. Para a Receita Federal do Brasil, a Política Fiscal é compreendida como um conjunto de instrumentos pelos quais o nosso governo realiza arrecadações (com os impostos) e despesas (gastos públicos).
II.  (  ) A política monetária visa controlar os gastos em moeda do governo.
ERRADO. Na realidade, oobjetivo da política monetária é controlar a oferta de moeda na economia.
III. (  ) A política cambial diz respeito à taxa de câmbio e a entrada e a saída de moeda estrangeira.
CORRETO. Quando ademanda pelo Dólar(moeda norte-americana)está alta, esta moedatende a se valorizar mais, o que representa a desvalorização do Real (moeda brasileira).
IV.  (  ) A política comercial define o relacionamento comercial com os demais países.
São corretas as afirmativas:
CORRETO. Neste sentido,os países adotam políticas de exportações(vendas para outros países) eimportações(compras em utros países).
	
	A
	Afirmativas I e IV, apenas
	
	B
	Afirmativas I, III e IV, apenas
	
	C
	Afirmativas I, II e IV, apenas
	
	D
	Afirmativas II e III, apenas
	
	E
	todas são corretas
Questão 3/10 - Análise Econômica
Leia o Texto a seguir:
As pessoas detêm moeda devido ao seu poder de compra, devido à quantidade de bens que podem comprar com ela. Porém, a taxa de juros e a inflação influenciam a demanda por moeda.
Fonte: DORNBUSCH, R.; FISCHER, S. STARTZ, R. Macroeconomia. Amadora, Portugal: Editora McGraw-Hill de Portugal, 7ª ed., 550 p., 1999.
Observação: (Pg. 354)
 
Qual é o papel da taxa de juros sobre a demanda por moeda das pessoas?
	
	A
	A taxa de juros não influencia a demanda por moeda, apenas a oferta de moeda do Banco Central.
	
	B
	Com o aumento da taxa de juros, as pessoas têm a ilusão de que possuem mais moeda e, por isso aumenta a demanda por moeda.
	
	C
	A demanda por moeda das pessoas é uma decisão de preferências pessoais e não é afetada pela taxa de juros, apenas pela realização de transações.
	
	D
	Com o aumento da taxa de juros, há uma diminuição da demanda por moeda porque compensa mais aplicar a moeda do que retê-la. 
	
	E
	A taxa de juros não influencia a demanda por moeda, apenas o aumento da inflação que aumenta a demanda por moeda.
Questão 4/10 - Análise Econômica
Antes da humanidade inventar a moeda, a remuneração do trabalho humano era feita com mercadorias, como carneiro, porco, sal e peles. A palavra salário, aliás, surgiu a partir da porção de sal que era dada como pagamento aos soldados na Roma antiga. Ao descobrir que o sal, além de ajudar na cicatrização, servia para conservar e dar sabor à comida, os romanos passaram a considerá-lo um alimento divino, uma dádiva de Salus, a deusa da saúde.
Fonte:< http://super.abril.com.br/comportamento/salario> Acesso em 12 abr. 2016
A evolução da moeda tem acompanhado a sofisticação das necessidades comerciais da sociedade. Esse desenvolvimento da moeda ao longo do tempo, desde o sal, passando pelo ouro até a moeda escritural, conhecida nos dias atuais, resultou em quatro características físicas da moeda atual que são:
	
	A
	dificuldade de falsificação, durabilidade, transportabilidade e desvalorização.
	
	B
	monetarização, desvalorização, dificuldade de falsificação e divisibilidade.
	
	C
	divisibilidade, durabilidade, inflacionalização e monetarização.
	
	D
	dificuldade de falsificação, divisibilidade, durabilidade e transportabilidade.
	
	E
	desvalorização, inflacionalização e monetarização e transportabilida
dificuldadede falsificação - podem até ser falsificadas, mas possuem características bem peculiares;divisibilidade- trata-se do fracionamento da moeda;durabilidade- moedas comuns (aço inoxidável) e papel moeda;transportabilidade- é muito fácil de levar de um lugar para outro."D dificuldadede falsificação, divisibilidade, durabilidade
Questão 5/10 - Análise Econômica
A Economia estuda como a sociedade administra os recursos escassos. Assim, o problema econômico fundamental se refere à escassez de recursos, mas existem outros aspectos econômicos estudados pela economia e definidos como princípios econômicos.
Fonte: TEBCHIARINI, F. R. Princípios de economia: micro e macro. Curitiba, Editora Intersaberes, 2012.
 
São considerados princípios econômicos, apenas as seguintes pressuposições:
	
	A
	a) os trade-offs enfrentados pelas pessoas, a existência de custos ocultos, os incentivos a que as pessoas são influenciadas, a pressuposição de que os mercados são eficientes e a possibilidade de o governo melhorar o mercado em certas circunstâncias.
	
	B
	b) as pessoas possuem rendas ilimitadas, as pessoas são influenciadas apenas pelos governos, há a necessidade de um governo para produzir alimentos, os custos de oportunidade que é a definição de custo financeiro de produção de bens e as externalidades numéricas.
	
	C
	c) a existência de preços iguais em todos os mercados em quaisquer situações, a necessidade de concentração de renda para haver produção, os custos de produção são sempre finitos, o governo deve sempre definir os custos de oportunidade das pessoas e a oferta por máquinas das famílias.
	
	D
	d) a renda das famílias é sempre igualitária em todos os países em economias capitalistas, a produção deve ter custos infinitos, o mercado é sempre capaz de lidar com as externalidades negativas sem interferência do governo, a ilusão da existência de preços no mercado e a elasticidade do trade-off.
	
	E
	e) as inovações tecnológicas que diminuem a produtividade das empresas, os modelos econômicos que só analisam economias com recursos abundantes, as famílias que não participam das economias de mercado, o governo que sempre deve concentrar renda e os custos de produção são finitos e inexistentes.
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
	
A alternativa Aécorreta e todas as informações apresentadas são, pelo menos para alguns economistas, consideradas como paradigmaticamente verdadeiras.A alternativa Béfalsa,pois as pessoas não possuem rendas ilimitadas e, por conta disto, são obrigadas a fazer escolhas entre um produto e outro.A alternativa Céfalsa, pois os preços não são iguais, mais variáveis, de acordo com os mercados e situações, assim como, na maioria dos
Página12