AVALIANDO 3
2 pág.

AVALIANDO 3


DisciplinaAdminitrati43 materiais406 seguidores
Pré-visualização1 página
02/04/2019 EPS: Alunos
simulado.estacio.br/alunos/ 1/2
1a Questão (Ref.:201408597306) Pontos: 0,1 / 0,1 
(OAB/Exame Unificado-2010.3) Um policial militar, de nome Norberto, no dia de folga, quando estava na frente da
sua casa, de bermuda e sem camisa, discute com um transeunte e acaba desferindo tiros de uma arma antiga, que
seu avô lhe dera. Com base no relatado acima, é correto afirmar que o Estado
 não será responsabilizado, pois Norberto, apesar de ser agente público, não atuou nessa qualidade; sua
conduta não pode, pois, ser imputada ao ente público
será responsabilizado, pois Norberto é agente público pertencente a seus quadros.
somente será responsabilizado de forma subsidi ária, ou seja, caso Norberto não tenha condições financeiras.
será responsabilizado, com base na teoria do risco integral.
 
2a Questão (Ref.:201409059879) Pontos: 0,1 / 0,1 
Astrobaldo, motorista de taxi há 25 anos, trafegava por via de rodagem como fazia por todos os dias de sua vida
profissional, quando foi surpreendido pela queda de um galho de mangueira. A queda foi provocada pelo acúmulo de
¿erva de passarinho¿ por conta de falta de manutenção cuja competência é da Secretaria Municipal de Meio
Ambiente. O galho atingiu em cheio o para-brisa de seu taxi. Tal acidente forçou Astrobaldo a submeter o veículo a
reparos, onde o carro ficou parado por dois dias inteiros, impossibilitando o motorista de realizar suas tarefas
laborais. Indique a alternativa correta:
O agente público que deveria ter realizado a manutenção na árvore poderá ser responsabilizado
objetivamente pelo dano causado a Astrobaldo.
A doutrina majoritária entende que mesmo em caso de omissão do Poder Público, este será responsabilizado
objetivamente, bastando Astrobaldo demonstrar o nexo de causalidade entre a conduta do Município e o dano
sofrido.
Astrobaldo não pode responsabilizar o Município, pois a queda do galho ocorreu por situação de força maior,
caso de excludente de responsabilidade.
 Segundo a doutrina dominante, o Município deve ser responsabilizado subjetivamente por culpa do serviço,
visto que a falta de manutenção configura omissão do Poder Público.
 
3a Questão (Ref.:201408460310) Pontos: 0,1 / 0,1 
(OAB) A respeito do instituto da servidão administrativa, assinale a opção correta.
Cabe direito a indenização em qualquer das hipóteses de servidão administrativa.
A servidão administrativa dispensa, em sua instituição, autorização legal.
 As servidões administrativas podem decorrer diretamente da lei, de acordo ou de sentença judicial.
Somente mediante lei pode ser extinta uma servidão administrativa
 
4a Questão (Ref.:201408948793) Pontos: 0,1 / 0,1 
Em relação à intervenção do Estado na Propriedade Privada, pode-se afirmar que:
A ocupação temporária é espécie de intervenção do Estado na Propriedade Privada diretamente ligada a
situações de iminente perigo público.
A requisição administrativa configura a intervenção do Estado na propriedade privada em propriedades
vizinhas, em qualquer situação, à obras vinculadas ao processo de desapropriação.
 As limitações administrativas interferem no caráter absoluto da propriedade privada, visto que o proprietário
não poderá dispor de seu bem como pretender.
A servidão administrativa é forma de intervenção supressiva do Estado na propriedade privada e afeta o seu
caráter de exclusividade.
 
5a Questão (Ref.:201408569912) Pontos: 0,1 / 0,1 
VII Exame de Ordem Unificado
O Município Y promove o tombamento de um antigo bonde, já desativado, pertencente a um colecionador particular.
Nesse caso,
o proprietário fica impedido de alienar o bem, mas pode propor ação visando a compelir o Município a
desapropriar o bem, mediante remuneração.
o proprietário poderá alienar livremente o bem tombado, desde que o adquirente se comprometa a conservá\u2010
lo, de conformidade com o ato de tombamento.
02/04/2019 EPS: Alunos
simulado.estacio.br/alunos/ 2/2
o proprietário pode insurgir\u2010se contra o ato do tombamento, uma vez que se trata de um bem móvel.
 o proprietário do bem, mesmo diante do tombamento promovido pelo Município, poderá gravá\u2010lo com o
penhor.