A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Paper - Seminário Interdisciplinar III

Pré-visualização | Página 1 de 2

����
� PAGE \* MERGEFORMAT �2�
CONSUMO EXAGERADO DE ENERGIA ELÉTRICA
	
RESUMO
O presente trabalho tem como tema “Consumo exagerado de energia elétrica”, neste contexto, este trabalho levanta a seguinte questão: qual a melhor maneira de utilizar a energia elétrica sem causar ou minimizar os danos ao Meio ambiente? Para responder a esta questão este estudo tem os seguintes objetivos: falar sobre a importância da energia elétrica; apontar as fontes de primárias para a produção de energia elétrica; destacar como a construção da consciência ambiental pode contribuir para a preservação do planeta. A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste estudo foi a pesquisa bibliográfica, onde foram selecionados artigos e livros sobre o tema escolhido para estudo. Com o termino deste estudo pode-se concluir que o planeta está cobrando seu preço pelo uso indiscriminado dos recursos naturais, sendo a alteração do clima uma das suas consequências e que está refletindo diretamente em nossa qualidade de vida, assim é importante criar a consciência ambiental, praticando ações que evitem o desperdício minimizando desta forma os impactos ambientais promovidos pelo homem. 
Palavras-chave: Energia elétrica. Fontes renováveis. Meio ambiente.
INTRODUÇÃO
Atualmente estamos acostumados a ter os recursos tecnológicos a nossa disposição, facilitam muito a nossa vida, mas todos dependem da disponibilidade da energia elétrica, assim este é um recurso importante para o desenvolvimento da sociedade.
O Meio ambiente é fundamental para a vida humana e a algumas décadas estamos percebendo que vários elementos estão sofrendo mudanças o que reflete na qualidade de nossas vidas. Além das mudanças no clima que estão trazendo grandes transtornos para a vida humana, a escassez da água potável é outro fator que traz grandes preocupações. 
Assim começaram as discussões sobre que medidas devem ser tomadas, de forma mundial, para evitar que as condições no planeta continuem favoráveis a vida humana.
A resposta é a redução da exploração dos recursos naturais, assim como a minimização dos impactos ambientes causados pelo homem no planeta.
Neste contexto, este trabalho levanta a seguinte questão: qual a melhor maneira de utilizar a energia elétrica sem causar de forma os danos ao Meio ambiente?
Para responder a esta questão este estudo tem os seguintes objetivos:
Falar sobre a importância da energia elétrica;
Apontar as fontes de primárias para a produção de energia elétrica;
Destacar como a construção da consciência ambiental pode contribuir para a preservação do planeta.
A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste estudo foi a pesquisa bibliográfica, onde foram selecionados artigos e livros sobre o tema escolhido para estudo, que foi: “Consumo exagerado de energia elétrica”.
2. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA
2.1 ENERGIA ELÉTRICA
Hoje muitas pessoas dizem que não conseguiriam viver sem a energia elétrica, isso porque praticamente tudo em nossa rotina diária está relacionado a este recurso. Nos acostumamos com a praticidade e conforto e não conseguimos assimilar nossa vida sem as comodidades da energia elétrica. 
De acordo com Pierre (2011) apud Farias e Sellitto (2011), a diversificação do trabalho, com o objetivo de otimizar as tarefas e aumentar o nível de conforto fez com que aumentasse a demanda por novas formas de utilização energia, que foram sendo descobertas e aprimoradas, com base em estudos de matemática, geometria da engenharia, que contribuíram para a criação de dispositivos mecânicos complexos, empregados para o aproveitamento da energia contida nos ventos e no vapor. 
Os autores falam ainda que a primeira forma de combustível fóssil foi o carvão mineral e este impulsionou a Revolução Industrial, posteriormente foi o petróleo que ampliou os usos finais da energia, neste sentido a energia elétrica é uma forma de energia secundaria que é resultado de fontes de energia primária, que é distribuída aos usuários através de redes de distribuição.
Assim com o aumento da demanda por energia elétrica foram criadas novas formas de fornecimento derivadas de diferentes fontes, sendo citadas a seguir: 
Fontes Convencionais: Reação eletroquímica (baterias, pilhas), Hídrica, Fóssil (Carvão, Petróleo, Gás natural) e Nuclear (fissão do urânio).
Fontes Alternativas: Solar, Eólica, Biomassa, Eletroquímica (células combustíveis), Geotérmica e Marés.
No Brasil o primeiro uso da eletricidade como força motriz ocorreu em 1883, segundo Silva (2011, p. 23), “Enquanto o aumento da capacidade instalada dava seus primeiros passos significativos, a economia passava por um processo de reordenamento, principalmente de questões monetárias.”, ainda segundo o autor apesar das dificuldades econômicas no fim do século XIX a expansão do uso da eletricidade ganhou força no Brasil.
O desenvolvimento do país criou uma demanda crescente de distribuição de energia elétrica, assim se faz necessário um mapeamento das possibilidades de produção e distribuição, onde sejam consideradas as variáveis ambientais e econômicas deste setor.
De acordo com ANEEL (2002, p. 2),
No caso do setor elétrico, a reunião de informações sobre disponibilidade de recursos energéticos, tecnologias e sistemas de geração, transmissão, distribuição e uso final de eletricidade, é fundamental para a elaboração e cumprimento das políticas e diretrizes do setor elétrico brasileiro. Igualmente importantes são as informações socioeconômicas e ambientais de interesse do setor. O mapeamento sistematizado dessas informações certamente auxiliará na identificação, análise e solução de problemas relacionados ao suprimento e (ou) à demanda de eletricidade.
Neste sentido quando falamos do consumo seja este, doméstico, comercial ou industrial, é importante destacar a necessidade do uso consciente de energia elétrica, pois sendo uma energia secundária necessita de outros recursos para ser produzida, sendo que estes são finitos e devem ser utilizados de forma consciente. 
2.2 NECESSIDADE DE EVITAR O DESPERDÍCIO DA ENERGIA ELÉTRICA
A busca por soluções sustentáveis tem como objetivo minimizar os impactos ambientais causados pela ação do homem. O futuro depende do desenvolvimento de atividades ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis, assim como da utilização eficiente dos recursos naturais integrando novas soluções energéticas. (PONTIFÍCIA UNIVERSIDADE CATÓLICA DO RIO GRANDE DO SUL, 2010).
Assim, a utilização de soluções sustentáveis que causem o mínimo impacto ao meio ambiente é essencial para o meio ambiente.
“O futuro depende de atitudes ambientalmente corretas, socialmente justas e economicamente viáveis, assim como da utilização eficiente dos recursos naturais integrando novas soluções energéticas”. (PUCRS, 2010, p. 3)
Assim é importante criar a consciência ambiental, onde as pessoas compreendam a importância de preservam os recursos naturais, para o presente e o futuro. 
Segundo o EREC (2010, p. 18),
O futuro da conservação de energia no mundo passa por seu uso inteligente. Por isso, o cenário revolução energética leva em conta não só a forma como produzimos, mas também como consumimos energia elétrica. Até 2050, espera-se que 26% da demanda energética possa ser reduzida com a implantação de medidas que usem o lema “mais com menos”. É mais barato investir em eficiência energética que gerar mais energia, além de mais simples, com muitas medidas adotadas individualmente.
Neste sentido o desenvolvimento de novas formas de produzir energia elétrica a partir de fontes renováveis é um caminho necessário a ser seguido, assim como o uso consciente deste recurso que pode ser fomentado a partir da educação ambiental.
3. MATERIAIS E MÉTODOS
A metodologia utilizada para o desenvolvimento deste estudo foi a pesquisa bibliográfica, onde foram selecionados artigos e livros sobre o tema escolhido para estudo, que foi: “Consumo exagerado de energia