Resumão AV2 - Ensino Clínico VI Teórico
5 pág.

Resumão AV2 - Ensino Clínico VI Teórico


DisciplinaEnsino Clínico VI - Teórico431 materiais3.029 seguidores
Pré-visualização3 páginas
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
RESUMÃO AV2 - ENSINO CLÍNICO VI TEÓRICO (MENTAL) 
Resumão elaborado por: Edwallace Amorim 
 
AULA 01 (AV1) 
1. De acordo com a Portaria 336 SM, o acolhimento de um paciente no período noturno, nos feriados e finais de 
semana, para eventual repouso e/ou observação, cuja permanência seja de até 07 (sete) dias corridos ou 10 (dez) 
dias intercalados em um período de 30 (trinta) dias, constitui uma atividade assistencial de responsabilidade de 
Centros de Atenção Psicossocial da modalidade: 
R: C) III 
 
2. Tendo como base o exame psíquico, observe as afirmativas abaixo: 
1- Eu sou o filho Reencarnado de Deus. Trata-se de um delírio místico/religioso; 
2- Estou ouvindo uma voz gritando comigo. Trata-se de uma alucinação auditiva; 
3- Quando o rádio quando está ligado, fica falando comigo. Trata-se de uma ilusão; 
4- Meu nome é Maria e tenho 25 anos. Trata-se de orientação alopsíquica. 
Estão corretas as afirmativas: 
R: 1, 2 e 3. 
 
3. No inicio do século XX, é fundada nas terras doadas pela baronesa da Taquara em Jacarepaguá a Colônia Juliano 
Moreira (1924). Esse grande Nosocômio apesar de ser criado com os princípios mais modernos da época no que se 
refere a assistência psiquiátrica, reproduzia o conceito de assistência voltado para: 
1- O isolamento social e a reclusão do portador de transtorno mental; 
2- A utilização de métodos assistenciais baseados nos princípios do alienismo, com práticas pouco ortodoxas como 
castigos e privações. 
3- O tratamento focado no sujeito, respeitando sua individualidade e sua cidadania. 
4- A assistência como prática para se trabalhar a reinserção social dos pacientes internados. 
Marque a alternativa CORRETA: 
R: Estão corretas as afirmativas I e II; 
 
4. O Ministério da Saúde definiu, como uma das estratégias da atenção psiquiátrica, a remuneração pelo SUS de 
procedimentos como a assistência em hospital-dia, em Centros de Atenção Psicossocial (CAPs), oficinas terapêuticas, 
entre outros. Essa estratégia reflete o movimento da reforma psiquiátrica, que propõe a reorientação do modelo 
assistencial, tendo como uma de suas diretrizes: 
R: Desinstitucionalização dos doentes. 
 
5. A atuação do movimento de luta antimanicomial tem tido um importante papel na efetivação da Reforma 
Psiquiátrica com o consequente fim dos hospitais psiquiátricos e fortalecimento da rede de atenção à saúde mental 
de base comunitária e atenção à saúde, em conformidade com os princípios e diretrizes do Sistema Único de Saúde 
(SUS). Nesse sentido a marca do movimento social é a luta pela(s): 
R: Transformação das práticas e concepções sobre a relação sociedade e loucura no Brasil, na garantia de seus 
direitos e de sua reinserção social, sobretudo no que diz respeito às denúncias da violação de tais direitos. 
 
6. As novas diretrizes da saúde mental recomendam: 
R: Levar em conta toda a existência do sofrimento da pessoa e não apenas caracterizadas como doença. 
 
7. A primeira tentativa de sistematização de ensino de enfermagem no Brasil, pautada no modelo da Escola Francesa 
ocorreu: 
R: No Hospital Nacional dos Alienados. 
 
8. Na segunda metade do século XIX a Enfermagem brasileira surge para repor as vagas deixada pelas irmãs de caridade 
no hospício Pedro II na Urca. A princípio a assistência prestada na época aos portadores de transtornos mentais era: 
R: Focada na tríade: Vigiar, controlar e punir; 
 
9. No Brasil na segunda metade do século XIX o jovem imperador D. Pedro II cria na praia vermelha o hospício Pedro II. 
Esse dispositivo tinha como principal função: 
R: Excluir e isolar o "louco" do convívio social e familiar; 
 
10. Na Europa no século XVII surgem as casas de internamento, na Itália e as de correção em Saragossa, na Espanha. 
Esses dispositivos foram na verdade os primeiros manicômios europeus. Os mesmos tinham como principal função: 
R: Excluir o \u201clouco\u201d, prostitutas, ladrões, mendigos e inválidos da vida social; 
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
A
C
ER
V
O
 D
E 
ED
W
A
LL
A
C
E 
A
M
O
R
IM
 
 
11. Dispõe sobre a proteção e os direitos das pessoas portadoras de transtornos mentais e redireciona o modelo 
assistencial em saúde mental. Trata-se da lei: 
R: 10.216/06/04/2001. 
 
12. Dentre os itens relatados abaixo, um não é identificado como critério de saúde mental, assinale-o: 
(a) percepção apurada da realidade 
(b) atitudes favoráveis em relação a si próprio. 
(c) conflitos intrapsíquicos e respostas ambientais adversas 
(d) autonomia e autodeterminação? 
R: C. 
 
13. Os CAPs são importantes dispositivos de atenção psicossocial e tem como principal missão, com EXCEÇÃO de: 
R: Ser a Unidade que irá distribuir as internações nos hospitais psiquiátricos de longa permanência; 
 
14. Leia com atenção as seguintes afirmações sobre CAPS: 
I) É um serviço comunitário que atende as pessoas com transtornos mentais leves e duradouros. 
II) A atenção deve personalizar o projeto terapêutico de cada usuário durante a permanência no serviço. 
III) Os cuidados em um CAPS incluem os recursos de natureza clínica, medicamentosa e de enfermagem. 
IV) Os usuários podem ser acompanhados apenas de forma semi-intensiva. 
V) As atividades executadas no CAPS são apenas os atendimentos grupais, exclusivamente voltados para os usuários, 
e visitas domiciliares realizadas pelo serviço social dos PSF da rede assistencial do município. 
São CORRETAS as afirmativas: 
R: II e III. 
 
15. Segundo Charles Morris (1946) existem três campos distintos no interior da semiologia psicopatológica (estudo dos 
sinais e sintomas dos transtornos mentais), a semântica, responsável pelo estudo das relações entre os signos e os 
objetos aos quais os signos se referem; a sintaxe, que compreende as regras e leis estabelecidas por essas relações 
entre signos e objetos; e finalmente, a pragmática, que se ocupa da rede entre os signos e os usuários dos serviços 
concretamente. Sendo assim, de acordo com a semiologia dos transtornos metais, qual seria sua conduta como 
enfermeiro, junto à paciente relatada na história a seguir, caso fosse sua vizinha: M.D.N.L., 38 anos, natural de 
Pernambuco, ensino médio completo, reside sozinha, tem seis gatos os quais trata como filhos. É adventista, mas 
está afastada da igreja. Mostrou-se orientada, com bom asseio, cabelo penteado, roupas adequadas para a ocasião. 
Apresentou retorcer de mãos e agitação. Humor ansioso. Fala pausada e inteligível, com voz sussurrada e monótona. 
Tem sensação de boca seca e repentinos esquecimentos, que atribui à medicação que toma, mas tem vergonha de 
falar sobre isso com o psiquiatra. Cooperou durante a entrevista, mantendo-se calma, lenta e manifestou idealização 
suicida. 
R: (B) CAPS III - Estabelecer consulta de enfermagem psiquiátrica, fundamentada na semiologia dos transtornos 
mentais, com a realização de exame psíquico, plano assistencial, com referência para o CAPS III mais próximo de 
sua residência. 
 
16. De acordo com a Portaria nº 336/GM, o CAPs que tem como missão o cuidado com os a infância e a adolescência dos 
portadores de transtornos mentais é o: 
R: CAPs I; 
 
17. São considerados dispositivos importantes no processo de desinstitucionalização dos portadores de transtornos 
mentais, EXCETO: 
R: O aumento de leitos nos hospitais psiquiátricos de longa permanência. 
 
18. O jovem médico Philippe Pinel na segunda metade do século XVIII foi o primeiro a dar um cuno médico a loucura. 
Com isso ele sistematizou a assitência aos portadores do transtorno mental tendo como base a dinâmica da vida 
familiar. A esse tratamento Pinel deu o nome de: 
R: Tratamento Moral;
RICARDO
RICARDO fez um comentário
nao consigo baixar essas materialç
1 aprovações
Maria
Maria fez um comentário
nao gosto
2 aprovações
Carregar mais