introducao a adm 1 2 3 4 5 6 7 8
139 pág.

introducao a adm 1 2 3 4 5 6 7 8


DisciplinaIntrodução à Administração30.094 materiais749.655 seguidores
Pré-visualização32 páginas
O planejamento tático apresenta as seguintes características típicas:
É um processo permanente e contínuo;
É sistêmico e interativo;
É voltado para o futuro;
É uma técnica cíclica e de alocação de recursos;
preocupa-se com a racionalidade do processo decisório;
interage dinamicamente com as demais funções administrativas do processo administrativo;
visa selecionar, entre várias alternativas disponíveis, um determinado curso de ação;
É uma técnica de coordenação, bem como de mudança e inovação.
O planejamento é mais bem compreendido quando se estuda o processo decisório, ou seja, a tomada de decisão sobre o que fazer, quem deve fazer, quando, onde e, muitas vezes, como.
Assim como o processo decisório, a decisão envolve um diagnóstico do problema, a procura de soluções e alternativas para o problema, a análise e comparação dessas alternativas, a seleção e escolha da melhor.
O processo decisório diz respeito a uma racionalidade limitada e, por isso, via de regra o tomador de decisões procura sempre alternativas satisfatórias e não as alternativas ótimas, que demandam tempo e recursos que nem sempre estão disponíveis.
á as decisões podem ser programadas (computacionais) ou não programadas (baseadas em julgamentos) e podem defrontar-se com estados da natureza apresentados sob três formas: incerteza, risco e certeza. 
Os planos táticos são implementados por meio de políticas.
Uma política é um guia genérico para a ação. Ela delimita a ação, mas não especifica o tempo necessariamente.
A política é uma definição de propósitos comuns de uma empresa. Ela estabelece linhas de orientação e limites para a ação dos indivíduos responsáveis pela implementação dos planos.
As políticas podem ser escritas ou apenas implícitas, conferindo assim flexibilidade aos tomadores de decisão no nível gerencial.
Além do planejamento tático, temos o planejamento no nível operacional. Este planejamento envolve os esquemas de tarefas e operações devidamente racionalizados e submetidos a um processo reducionista típico da abordagem de sistema fechado.
O planejamento operacional apresenta as seguintes características:
É montado à base de processos programáveis e com técnicas computacionais.
Preocupa-se basicamente com o que fazer e como fazer, e está voltado para a otimização e a maximização de resultados.
Tem caráter imediatista, abrangência estritamente local e se caracteriza pelo detalhamento com que estabelece as tarefas e operações. Seu problema básico é a eficiência.
O planejamento operacional se baseia em uma infinidade de planos operacionais que proliferam nas diversas áreas da empresa. Embora heterogêneos e diversificados, os planos operacionais podem estar relacionados com métodos, dinheiro, tempo ou comportamentos, entre outros. 
Os planos operacionais relacionados com métodos são denominados  procedimentos. Eles servem para estabelecer a sequência de passos (ou de etapas) a serem seguidos para a execução dos planos, sendo transformados em rotinas e expressos em fluxogramas (vertical, horizontal, de blocos) ou listas de verificação. 
Os orçamentos são planos operacionais relacionados com dinheiro (como, por exemplo, fluxo de caixa, orçamentos, encargos sociais, reparos e manutenção de máquinas, despesas). 
Os programas são os planos operacionais relacionados com o tempo (cronograma, Gráfico de Gantt, PERT, etc.). 
Os regulamentos são os planos operacionais relacionados com comportamentos solicitados.
Para que um planejamento tenha sucesso ele não deve deixar de prever:
LETRA E
Os planos operacionais podem ser desdobrados em:
procedimentos, orcamentos, programas e regulamentos
Sobre os benefícios esperados do planejamento, podemos dizer que:
letra e
sintese da aula
esta aula foi possível visualizar as etapas para a implantação de um planejamento organizacional com seus desdobramentos táticos e operacionais. No final você conheceu os benefícios que as empresas podem obter com um planejamento eficientemente implementado.
Você aprendeu ainda que o planejamento tático aborda uma área específica (como um departamento ou uma divisão da empresa) no médio prazo, e o planejamento operacional se baseia em uma infinidade de planos operacionais que proliferam nas diversas áreas da empresa. Embora heterogêneos e diversificados, os planos operacionais podem estar relacionados com métodos, dinheiro, tempo ou comportamentos, entre outros. 
Aula 3- Tipos de Planejamento
O que vamos estudar hoje
	Tipos de Planejamento;
	O Planejamento Tático;
	Processo Decisório;
	Risco, Certeza e Incerteza;
	Planejamento Operacional;
	Planejamento Contingencial;
	Valorizando a Cultura.
TIPOS DE PLANEJAMENTO
O Planejamento Estratégico se ocupa das macro-ações da organização.
Pensa a organização como um todo,bseus objetivos de longo prazo, crescimento, atuação de mercado, abrangência, etc. Contudo, não estabelece as ações específicas, isto é, \u201ccomo\u201d serão conquistadas.
Para que os planos sejam executados conforme as estratégias estabelecidas, são necessários outros tipos de planejamentos que irão auxiliar os gestores organizacionais a pôr a organização nos trilhos.
PLANEJAMENTO TÁTICO ou Integrativo
	Subordinado ao Planejamento Estratégico
	Responsabilidade do nível intermediário da organização
	De médio prazo
	Aborda áreas específicas (departamentos)
	Em geral referem-se a planos de produção, financeiro,marketing, RH, Logística, etc.
PLANEJAMENTO TÁTICO Logística
PLANEJAMENTO TÁTICO ou Integrativo
	Preocupa-se com a racionalidade do processodecisório
	É uma técnica de coordenação, de mudança einovação
	Produz um plano de ação que define: o quê, quando,como, onde e por quem.
PLANEJAMENTO PROCESSO DECISÓRIO
	Decisões não podem ser tomadas subjetivamente;
	Decisões precisam ser tomadas de maneira racional;
O processo decisorial compreende:
	quem toma a decisão;
	objetivos esperados;
	preferências e valores envolvidos;
	alternativas;
	o ambiente externo
	as consequências das diferentes decisões.
	Diz respeito a uma RACIONALIDADE limitada.
	Significa que é basicamente SATISFACIENTEe não OTIMIZANTE.
	As decisões podem ser:
1- Programadas:utilizam métodos, modelos, dados,informações, relatórios, planilhas, etc.;
2- Não-programadas:são subjetivas, empíricas.
	Quanto a natureza, as decisões apresentam três formas:
1- Incerteza;
2- Risco; e,
3- Certeza.
PLANEJAMENTO OPERACIONAL
	De curto prazo;
	Foco nas tarefas e operações individuais;
	Preocupa-se com \u201co que fazer\u201d e em \u201ccomo fazer\u201das atividades cotidianas;
Delimitado ao nível operacional, cuida das rotinas.
\u201cEspecifica que recursos devem estar disponíveis para cada produto e fornece os cronogramas\u201d
Lacombe e Heilborn
Quatro tipos de Planejamento Operacional:
1- Procedimentos: relacionados aos métodos;
2- Orçamentos: relacionados ao dinheiro;
3- Programas: relacionados ao tempo;
4- Regulamentos: relacionados aos comportamentos das pessoas.
PLANEJAMENTO CONTINGENCIAL (OU DE CONTINGÊNCIA)
	Plano alternativo que prepara a organizaçãopara situações de emergência;
	Se algo pode dar errado, então temos que nospreparar para enfrentar e solucionar os problemas;
	Seu objetivo é o de reduzir os impactos de ocorrências indesejáveis sobre o negócio;
	Também são utilizados para o planejamento de sucessão de executivos.
RESUMO SOBRE PLANEJAMENTO
Nível Estratégico (administração de topo)
	Foco na organização como um todo;
	Forte orientação externa;
	Orientação de longo prazo;
	Objetivos gerais e planos genéricos.
Nível Tático (gerentes)
	Foco em unidades/departamentos;
	Orientação de médio prazo;
	Definem as principais ações a empreender para cada unidade.
Nível Operacional (supervisores)
	Foco em tarefas rotineiras;
	Definem procedimentos e processos específicos;
	Objetivos especificam os resultados esperados de grupos ou indivíduos.