01_Lingua_Portuguesa
228 pág.

01_Lingua_Portuguesa


DisciplinaPortuguês56.398 materiais1.227.980 seguidores
Pré-visualização50 páginas
da Terra...\u201d 
(B) \u201c... após 69 dias de permanência no fundo de uma mina de cobre e ouro no Chile.\u201d 
(C) \u201cNão se pode esquecer a ajuda técnica e material...\u201d 
(D) \u201c... gesto humanitário que só enobrece esses países.\u201d 
(E) \u201c... demonstrando coragem e desprendimento, desceram na mina...\u201d 
 
(DCTA \u2013 TÉCNICO 1 \u2013 SEGURANÇA DO TRABALHO \u2013 VUNESP/2013 - ADAPTADA) Leia o texto 
para responder às questões de números 16 a 18. 
Férias na Ilha do Nanja 
Meus amigos estão fazendo as malas, arrumando as malas nos seus carros, olhando o céu para 
verem que tempo faz, pensando nas suas estradas \u2013 barreiras, pedras soltas, fissuras* \u2013 sem falar em 
bandidos, milhões de bandidos entre as fissuras, as pedras soltas e as barreiras... 
Meus amigos partem para as suas férias, cansados de tanto trabalho; de tanta luta com os 
motoristas da contramão; enfim, cansados, cansados de serem obrigados a viver numa grande cidade, 
isto que já está sendo a negação da própria vida. 
E eu vou para a Ilha do Nanja. 
Eu vou para a Ilha do Nanja para sair daqui. Passarei as férias lá, onde, à beira das lagoas verdes e 
azuis, o silêncio cresce como um bosque. Nem preciso fechar os olhos: já estou vendo os pescadores 
com suas barcas de sardinha, e a moça à janela a namorar um moço na outra janela de outra ilha. 
(Cecília Meireles, O que se diz e o que se entende. Adaptado) 
*fissuras: fendas, rachaduras 
 
16. No primeiro parágrafo, ao descrever a maneira como se preparam para suas férias, a autora 
mostra que seus amigos estão 
(A) serenos. 
(B) descuidados. 
(C) apreensivos. 
(D) indiferentes. 
(E) relaxados. 
 
. 15 
 
17. De acordo com o texto, pode-se afirmar que, assim como seus amigos, a autora viaja para 
(A) visitar um lugar totalmente desconhecido. 
(B) escapar do lugar em que está. 
(C) reencontrar familiares queridos. 
(D) praticar esportes radicais. 
(E) dedicar-se ao trabalho. 
 
18. Ao descrever a Ilha do Nanja como um lugar onde, \u201cà beira das lagoas verdes e azuis, o silêncio 
cresce como um bosque\u2016 (último parágrafo), a autora sugere que viajará para um lugar 
(A) repulsivo e populoso. 
(B) sombrio e desabitado. 
(C) comercial e movimentado. 
(D) bucólico e sossegado. 
(E) opressivo e agitado. 
 
19. (GOVERNO DO MARANHÃO \u2013 DELEGADO DE POLÍCIA CIVIL \u2013 FGV PROJETOS/2012) 
Observe a charge a seguir. 
 
 
 
Assinale a alternativa inadequada em relação aos elementos da charge acima. 
(A) A noção de insegurança é dada, entre outras coisas, pelo arame farpado sobre os muros. 
(B) A fala do personagem indica, também, a falta de coleta normal de lixo. 
(C) O tamanho das casas indica local de poucas possibilidades econômicas. 
(D) As reticências após \u201csegurança pública\u201d indicam reflexão sobre o tema. 
(E) Os termos do personagem indicam vocabulário militar. 
 
20. (DECEA \u2013 CONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO \u2013 CESGRANRIO/2012 
 
Disponível em: <http://aviadordobrasil.blogspot.com.br/> Acesso em: 3 ago. 2012. 
 
Nos dois primeiros quadros do Texto III, as respostas do piloto produzem humor na tirinha. Esse 
humor é baseado em uma atitude repetida pelo piloto, o qual 
 
 
. 16 
(A) simula desconfiar de orientações externas. 
(B) mostra ignorar procedimentos de aviação. 
(C) revela negligenciar a segurança do voo. 
(D) busca compreender linguagem técnica. 
(E) finge desconhecer o objetivo do pedido. 
 
RESPOSTAS 
 
1. RESPOSTA: \u201cB\u201d. 
Pela leitura do texto infere-se que os \u201creis e rainhas\u201d do século 20 são as personalidades da mídia, 
os \u201cfamosos\u201d e \u201cfamosas\u201d. Quanto a príncipes e princesas do século 19, esses eram da corte, 
literalmente. 
 
2. RESPOSTA: \u201cA\u201d. 
Dentre as alternativas apresentadas, a que reafirma a ideia do excerto (não há muita saída, não há 
escolhas) é: \u201cSe você está em casa, não pode sair. Se você está na rua, não pode entrar\u201d. 
 
3. RESPOSTA: \u201cB\u201d. 
Interpretação que requer, apenas, uma leitura atenciosa do texto para que se chegue à resposta 
correta: A expansão da navegação marítima colaborou para que, no passado, a atividade comercial da 
China migrasse na direção da costa. 
 
4. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Pela leitura do poema identifica-se, apenas, a informação contida na alternativa: revelar segredos 
para o amigo pode ser arriscado. 
 
5. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Pela leitura do texto percebe-se, claramente, que a autora narra um momento simples, mas que é 
prazeroso ao casal. 
 
6. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Através da leitura do poema percebemos o porquê das aspas: servem para indicar as falas da 
personagem. 
 
7. RESPOSTA: \u201cA\u201d. 
Com palavras do próprio texto responderemos: o mundo cabe numa fresta. 
 
8. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
Pela leitura do texto, fica evidente que ele aponta o impacto econômico que o pagamento de 
aposentadoria às donas de casa causará às contas públicas. 
 
9. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Utilizando trechos do texto: Desde o dia do ataque, agentes da guarda municipal fazem vigília na 
porta do colégio... \u201cAquele dia marcou nossa vida para sempre\u201d... 
 
10. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
Quero = desejo / Procuro = busca / Depressa = pressa 
 
11. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
Utilizemos trechos do texto para que consigamos responder à questão (não se esqueça: você pode \u2013 
deve \u2013 fazer isso em seu concurso também!): ...conjunto das circunstâncias no meio das quais se 
desenrola um ato de enunciação (...). É preciso entender com isso ao mesmo tempo o ambiente físico e 
social em que este ato se dá. = enunciação e seu contexto, ambiente no qual a situação de discurso 
ocorre. 
 
12. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
Com palavras do texto podemos responder à questão: Ser como o rio... Não temer as trevas da noite 
... Refleti-las também sem mágoa. 
 
 
. 17 
13. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Geralmente o efeito de humor desses gêneros textuais aparece no desfecho da história, ao final, 
como nesse: \u201cAh, porque nós brigamos e não estamos nos falando\u201d. 
 
14. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
\u201cO senhor tem hora? (...) Não, não... Eu quero saber se o senhor é paciente\u201d = a recepcionista quer 
saber se ele marcou horário e se é paciente do Dr. Pedro. 
 
15. RESPOSTA: \u201cB\u201d. 
Em todas as alternativas há expressões que representam a opinião do autor: Assisti ao maior 
espetáculo da Terra / Não se pode esquecer / gesto humanitário que só enobrece / demonstrando 
coragem e desprendimento. 
 
16. RESPOSTA: \u201cC\u201d. 
\u201cpensando nas suas estradas \u2013 barreiras, pedras soltas, fissuras \u2013 sem falar em bandidos, milhões 
de bandidos entre as fissuras, as pedras soltas e as barreiras...\u201d = pensar nessas coisas, certamente, 
deixa-os apreensivos. 
 
17. RESPOSTA: \u201cB\u201d. 
Eu vou para a Ilha do Nanja para sair daqui = resposta da própria autora! 
 
18. RESPOSTA: \u201cD\u201d. 
Pela descrição realizada, o lugar não tem nada de ruim. 
 
19. RESPOSTA: \u201cB\u201d. 
Dentre as alternativas apresentadas, a única que está inadequada quanto ao tema abordado pela 
charge é \u201ca falta de coleta de lixo\u201d. 
 
20. RESPOSTA: \u201cE\u201d. 
O humor é produzido através da fala do piloto, que leva os pedidos ao pé da letra: \u201cDiga: sua altitude\u201d 
(como ele a interpreta). 
 
Semântica é o estudo da significação das palavras e das suas mudanças de significação através do 
tempo ou em determinada época. A maior importância está em distinguir sinônimos e antônimos 
(sinonímia / antonímia) e homônimos e parônimos (homonímia / paronímia). 
 
Sinônimos 
 
São palavras de sentido igual ou aproximado: alfabeto - abecedário; brado, grito - clamor; extinguir, 
apagar - abolir. 
Duas palavras são totalmente sinônimas quando são substituíveis, uma pela outra, em qualquer 
contexto (cara e rosto, por exemplo); são parcialmente sinônimas quando, ocasionalmente, podem ser 
substituídas, uma pela outra, em deteminado enunciado (aguadar e esperar). 
 
 
Semântica: sentido e emprego dos vocábulos; 
Campos semânticos 
Prof.ª Zenaide Branco 
 
. 18
Aline
Aline fez um comentário
Kamila, pode me mandar esse material por e-mail? aline.dcm2@gmail.com Grata!
0 aprovações
Nicolas Daniel
Nicolas Daniel fez um comentário
muito bom mesmo.
0 aprovações
Marcio
Marcio fez um comentário
Alguém sabe como baixar este material?
0 aprovações
Daiane
Daiane fez um comentário
ótimo
0 aprovações
Carregar mais