A Astrologia do Karma - Pauline Stone
266 pág.

A Astrologia do Karma - Pauline Stone


DisciplinaAstrologia617 materiais2.132 seguidores
Pré-visualização50 páginas
na imprensa, 
em vendas, em escritório, em telecomunicações; as pequenas viagens (onde 
se estabelece contato rapidamente); e também o modo de falar em geral. 
 
 
Virgem e a Sexta Casa: 
o desejo de purificar 
 
Embora atualmente se considere Virgem ligado a Mercúrio, que assim se toma 
responsável pela regência de dois signos, este estado de coisas é insatisfatório e 
merece ser comentado. 
 
__________________________________ 
* Em inglês, wit, do latim videre = ver (a conexão). 
 
 
No momento, apesar da tradição de doze signos zodiacais, só temos 
conhecimento da existência de dez planetas. Virgem é um dos pobres desajustados, na 
contingência de precisar arranjar-se com uma energia planetária que não combina 
plenamente com o seu caráter. 
A mesma situação ocorreu no passado com os signos de Escorpião, Peixes e 
Aquário; considerava-se que eles eram regidos respectivamente por Marte, Júpiter e 
Saturno, até que seus verdadeiros regentes se manifestaram no nível material e 
espiritual.* Um planeta não é "descoberto" antes que a consciência humana esteja 
pronta para assimilar a energia que lhe corresponde; de forma semelhante, todo o 
potencial de um signo não pode ser visto claramente antes que ocorra essa mudança na 
percepção. Até o momento em que escrevo estas linhas, o signo em questão corre o 
risco de ser subestimado por uma sociedade que não tem visão para enxergar o seu 
real valor. 
Considerando o exemplo de Escorpião, vemos que este signo só se revelou de 
fato \u2014 e paulatinamente \u2014 a partir da descoberta de Plutão; por outro lado, só agora 
ele começa a ser tratado com o devido respeito. Mesmo assim, ainda tem uma certa 
"má" reputação e não se tomou um membro popular do zodíaco. 
O mesmo se aplica, ainda em maior grau, a Virgem, o último dos signos a que 
qualquer pessoa quer pertencer \u2014 pelo menos é o que parece. Essa má reputação pode 
ser devida ao fato de que nossa consciência ainda não está suficientemente sintonizada 
a ponto de poder apreciar as qualidades do signo. a velha história: condena-se o que 
não se entende. 
A essência de Virgem é pureza, estado do qual estamos tão distanciados que não 
é de surpreender o fato de não conseguirmos aceita-lo. Pureza de pensa-mento, e 
conseqüentemente de todas as formas, só poderia ser alcançada através de uma imensa 
transformação de atitudes e de comportamento. Estamos falando de mudanças maiores 
do que qualquer uma de que se tenha notícia, mudanças que não podem sobrevir 
enquanto a humanidade não se deslocar em harmonia com a vontade universal. Esse 
tipo de transformação, com certeza, só teria condições de ocorrer na esteira da 
atividade de Plutão. 
Talvez o planeta de Virgem esteja localizado além da órbita de Plutão e venha 
se fazer sentir \u2014 em todas as acepções do termo \u2014 no devido tempo. Por outro lado, 
os asteróides situados entre Marte e Júpiter, no ponto onde, de acordo com a Lei de 
Bode?** deveria haver um planeta, estão, na opinião de alguns, associados a Virgem. 
Se esses asteróides forem efetivamente os restos desintegrados de um antigo corpo 
celeste, é bem possível que eles representem uma energia planetária pessoal que já fez 
\u2014 mas não faz mais \u2014 parte da natureza humana. Será que, quando este planeta 
estava inteiro, prevaleceu alguma vez no plano terrestre a pureza da matéria? Será que 
houve alguma época sem doença nem decadência, no corpo físico e na natureza? Será 
possível que a desintegração desse 
 
__________________________________ 
* Este livro adota o ponto de vista segundo o qual Plutão, Netuno e Urano são os regentes isolados 
dos signos de Escorpião, Peixes e Aquário, respectivamente; entretanto, alguns astrólogos acreditam que 
esses signos sejam atualmente co-regidos por seus novos regentes e pelos regentes tradicionais. 
**A Lei de Bode estabelece que a posição dos planetas no sistema solar corresponde a uma 
progressão regular de usa distância em relação com o Sol. 
 
 
planeta tenha coincidido com a queda espiritual do homem, associada a uma 
corrupção da matéria? 
A noção de pureza constitui o fundamento das qualidades básicas virginianas 
\u2014 discriminação e crítica \u2014 diretamente relacionadas com o respeito pela perfeição: 
não se pode julgar a qualidade a não ser pela comparação com algo que não tem 
defeitos. Também é fundamental em Virgem um vivo interesse pela dieta como um 
todo e pelo estado saudável do corpo \u2014 em alguns casos, verifica-se mesmo uma 
inclinação para o celibato \u2014, características que podem ser igual-mente consideradas 
reflexos de um desejo inato de pureza. Além disso, Virgem se liga ao impulso de 
realizar tarefas práticas com um elevado grau de eficiência, e atribui-se ao signo a 
"regência" das técnicas e dos ofícios que exigem atenção para os detalhes. O zelo e a 
precisão que o virginiano se impõe em qualquer tipo de trabalho derivam, igualmente, 
do perfeccionismo básico do signo. 
Parece improvável, entretanto, que Virgem manifeste seu pleno potencial antes 
que a noção de pureza seja compreendida por completo. A grande questão é medir a 
pureza. Qual será o padrão perfeito a nortear os poderes discriminatórios de Virgem? 
Muita gente, hoje em dia, freqüentemente toma seus próprios padrões como o mais 
avançado grau de perfeição; quando Virgem diz "não é bom o suficiente", a grande 
questão é: bom o suficiente em relação a quê, ou a quem? 
Sejam quais forem nossas crenças, é justo aceitar o fato de que o desejo de 
pureza vai muito além de um descontentamento com pequenos detalhes materiais. 
Não é uma questão de implicar com defeitos corriqueiros no mundo que nos cerca, 
como Virgem tem o hábito de fazer com freqüência. Ao contrário, a questão é um 
anseio por um novo estado do corpo físico, baseado em ideais espirituais, regidos pelo 
signo oposto a Virgem, Peixes, e que se tomam possíveis fundamentalmente através 
do pensamento positivo. 
O importante papel reservado à mente na obtenção desse estado de pureza 
provavelmente explica a regência tradicional de Mercúrio. Por mais que se tente 
purificar o corpo usando a dieta e a medicina da Nova Era, se houver confusão 
mental, é possível que a saúde desapareça: parece necessário respeitar a interação 
entre mente e corpo. É assim que se toma clara a antiga máxima virginiana da "mente 
acima da matéria". A noção de fazer a mente atuar sobre a matéria com o intuito de 
atingir a perfeição é, de fato, viável \u2014 mas unicamente dentro do contexto da 
mudança individual espiritual. 
É interessante, aqui, observar a semelhança entre os glifos de Virgem e 
Escorpião. Claramente associados ao mesmo princípio básico, e segundo alguns 
astrólogos sendo a princípio um só signo, é possível que cada um deles expresse um 
aspecto diferente do processo de transformação, visto que Virgem representa uma 
reforma no estilo de vida exterior que se faz necessária quando existe a intenção séria 
de proceder a uma mudança interior. Existe uma interdependência básica entre pureza 
de corpo e pureza de alma, interdependência simbolizada pela deusa mítica Vesta, 
que muitos consideram ser a regente de Virgem, cujo estilo de vida puro, celibatário, 
deu-lhe credenciais para tomar-se a guardiã da chama sagrada do templo \u2014 
provavelmente um símbolo da alma (a chama) que habita num corpo (o templo). 
No que diz respeito à interpretação do mapa natal, podemos considerar que 
qualquer planeta pessoal em Virgem se expressa através da necessidade de 
 
 
experimentar pureza e perfeição, tanto no nível físico quanto no mental, e 
evidenciando poderes discriminatórios altamente desenvolvidos. 
Quando o Sol cai em Virgem, a auto-estima do indivíduo é tributária dos 
padrões de perfeição que ele é capaz de alcançar. O problema, aqui, é que ou a auto-
estima virginiana sofre porque as realizações ficam a dever ao padrão, ou pouca coisa 
é realizada tendo em vista