A Cozinha Astrológica - Marie Geberg & Monique Maine
289 pág.

A Cozinha Astrológica - Marie Geberg & Monique Maine


DisciplinaAstrologia611 materiais2.098 seguidores
Pré-visualização45 páginas
Tirem o papel e os feijões, deixem arrefecer. 
Desenformem. No fundo, coloquem as framboesas, por cima disponham 
fatias de gelado de baunilha, cubram 
com as claras batidas em castelo com o açúcar cristalizado. Levem 
rapidamente ao forno por baixo do grelhador apenas o 
tempo de dar cor ao merengue 
 
Uma tarte gelada para servir quente. 
 
 
«IRISH COFFEE» 
 
(Para 4 pessoas) 
Quatro chávenas de muito bom 200 g de natas bem frias; 
café muito quente; Quatro copos grossos do estilo do 
Quatro cálices de uísque irlandês; copo de taberna. 
Quatro quadradinhos de açúcar; 
Passem cada copo por água a ferver, enxuguem-nos. Em cada 
um, deitem um quadrado de açúcar, uma chávena de café 
quente, um cálice de uísque irlandês. Mexam para que o açúcar 
derreta. Nas costas de uma colher de café deixem correr as natas 
até à altura de, pelo menos, 1 cm. Não mexam. Tomem-no 
imediatamente 
Simultaneamente sobremesa e café, eis um fim de refeição a oferecer 
de preferência ao meio-dia. 
 
 
 
O ESCORPIÃO 
À mesa: sensualidade e picantes violentos 
 
 
 
 
Terrível e perigoso, ardente como a sua cozinha, o Escorpião 
deslumbrar-vos-á com os seus conhecimentos culinários. Como é evidente, 
nada daquela alquimia complexa que se verifica nas provas de cozinha mais 
misteriosas lhe escapa. Os poderes escondidos do homem fazem parte da sua 
ciência e é um delicado gastrônomo. Usará para vos seduzir todos os seus 
conhecimentos demoníacos, destruição e regeneração, o estranho, o 
açucarado e o apimentado, um pouco de magia negra. Por que não? Estais 
pois avisados. 
Estejam em forma para irem a sua casa. Um pouco de relaxamento no 
patamar. Em jejum desde a manhã, com uma colherada de azeite no 
estômago para preservar o pobre órgão dos traumatismos que vai sofrer, eis-
vos prontos a ingurgitar uma cozinha indiana explosiva, massas estranhas e 
violentas regadas de harissa, pigmentos vermelhos, especiarias 
desconhecidas, molhos virulentos, excitantes eróticos, ingredientes 
afrodisíacos, fortes, fortes, fortes. 
É o maior sexual do zodíaco. Não sabiam? Fato útil de conhecer, tal 
como a sua tendência para o ocultismo. Nada o detém nestes domínios. Não 
vos matará a sede com palavras, mas com misturas a 95.° Não podeis 
recusar. O seu mutismo serve-lhe de escudo. A sua vontade impõe os seus 
desejos. A sua energia sustenta as suas paixões. 
É vosso amigo? Tanto melhor. Os seus sentimentos íntegros, 
duradouros, são inabaláveis. É vosso amante ou vossa amante? Ai, ai! A 
força do seu olhar desconcertante perscrutará até aos mais pequenos 
pormenores o cândido azul da vossa íris para saber, entre a pêra em gengibre 
e o queijo com pimenta, se o seu ciúme se justifica realmente. Amigos, 
amantes, inimigos, tudo é bom para roer a sua alma vermelha e negra, tão 
extremista que a si mesma se rói em segredo. 
Ser-vos-á preciso muita engenhosidade para tomar a iniciativa e 
convidá-lo. Todas as dificuldades vos esperam. Não podeis contentar-vos 
com o mais ou menos: é um autêntico perito. Atenção, comidas pouco 
condimentadas condenam-vos ao fiasco. Não tenham medo de despejar o 
pimenteiro na sopa e de lhe 
 
colocar a mostarda ao alcance da mão. Por desgraça, não podeis agradar-lhe 
sem o prejudicar. A sua saúde reclama salada cozida, perfeita para lhe 
acalmar os nervos e a libido delirante; ele, porém, abomina-a. Só as gorduras, 
os estimulantes e as substâncias que inflamam, horríveis para o seu 
organismo, o interessam. 
É inútil empregar o raciocínio. Obteríeis o resultado contrário. O 
Escorpião destruidor ama o perigo. Polícia, detetive, espião, agente secreto 
duplo, mesmo triplo, acumula emoções fortes. Não apeleis para a sua ternura, 
ele só conhece a dureza. Tem medo? Porquê? Basta preparar-se. Ou 
abandonar-se... 
 
Data: de 23 de Outubro a 21 de Novembro. 
Signo de água regido por Plutão. 
Ponto forte: solidez. 
Pontos fracos: nervos, órgãos genitais e nariz. 
Características: perverso, maligno, traidor, destruidor. 
À mesa: demoníaco para todos, sem exceção, temível, incapaz 
de se tornar melhor, salvo se puserem às escondidas manjerona nos seus 
pratos. 
Pecado capital: a luxúria. 
Cor: vermelho-púrpura. 
Pedra: granada. 
Ervas e infusões: tisanas mercuriais, peônia, pés de cereja, sementes de linho, 
manjericão, tomilho, artemísia, urtiga. 
Aquilo de que gosta 
A cozinha indiana, a cozinha africana. Os ingredientes afrodisíacos, todos os 
excitantes sexuais: os pigmentos vermelhos, as especiarias, os molhos 
violentos. Tudo o que é fone. 
Os peixes, as carnes fumadas, as carnes vermelhas, as tripas, o cuscuz. 
Aquilo que detesta 
A salada cozida (perfeita, contudo, para serenar os seus órgãos genitais e os 
seus nervos). Os legumes verdes cozidos. Todos os calmantes, que no 
entanto, lhe são necessários para lhe serenar os ardores. 
 
O que é bom para ele 
 
Todos os cereais: o arroz integral, a soja, o alho, as vitaminas B, C, E, A, os 
legumes verdes: espargos, acelgas, aipos, couves, agrião, cenouras, 
feijões verdes frescos, alface, erva-benta, taráxaco, nabos, alhos-porrós, 
rabanetes rosa e negros, tomates, girassol. 
As carnes vermelhas grelhadas, cavalo, vaca, carneiro. 
Os frutos frescos: amêndoas frescas, avelãs, nozes, morangos, groselhas, 
melão, framboesas, amoras, pêssegos, maçãs, uvas. 
Uma compota de frutos, quotidiana. 
O leite, os queijos, os queijos brancos, o iogurte, os ovos, sal marinho em 
pequenas quantidades. 
Um pouco de vinho tinto e de uísque. 
O sulfato de cálcio. 
 
 
O que lhe faz mal 
 
As especiarias (impossível evitar). 
Pimenta, harissa, caril. 
 As gorduras, a manteiga, as natas, carne de porco. Os crustáceos, as conchas, 
as conservas, os congelados, as sopas em pó, as carnes e peixes 
defumados, as miudezas, a maionese, o vinho branco, pastelarias. 
 
As suas receitas 
EMENTA-TIPO DO ESCORPIÃO 
Cebolinhas em rum 
Pato em pimenta verde 
Arroz milanês 
Peras em gengibre 
 
 
AS ENTRADAS 
PURÊ DE BERINJELAS GELADO 
 
(Para 4 pessoas) 
1,2 kg de berinjelas; Quatro colheres de sopa de 
Dois tomates; vinagre; 
Quatro pigmentos verdes; Quatro dentes de alho; 
Quatro colheres de sopa de Um ramo de salsa picado; 
azeite; Sal, pimenta de moinho. 
Enxuguem as berinjelas e os pigmentos, assem-nos, colocando-os 
por baixo da travessa do forno, voltem-nos várias vezes. Tirem 
os pigmentos e envolvam-nos em papel absorvente úmido, 
deixem-nos repousar. Tirem as berinjelas, abram-nas em duas e, 
com uma colher, recuperem toda a polpa. Introduzam-na numa 
grande tigela. Passem esta polpa de berinjelas pelo mixer para 
obter um purê e ponham de lado. Tirem os pigmentos do papel, 
pelem-nos, extraiam as sementes, cortem a polpa aos pedacinhos. Passem-na 
igualmente pelo mixer. Misturem os dois purês, 
deitem sal, pimenta, juntem o alho finamente picado, os tomates, 
sem sementes e cortados aos pedaços, o azeite, o vinagre. Misturem 
novamente. Deixem toda a noite no congelador. Sirvam 
muito frio com a salsa picada 
 
Uma entrada fria para atacar uma refeição apimentada. 
CEREJAS EM VINAGRE 
(Para um frasco de 1 l) 
 
 
750 g de cerejas; Dez grãos de pimenta; 
1 l de vinagre de álcool; Dois ramos de estragão. 
Com tesouras, cortem os pés das cerejas, deixando 1 cm, no máximo. Uma a 
uma, enxuguem as cerejas e vão-nas arrumando 
 
no frasco. Juntem os ramos de estragão, a pimenta e o vinagre de álcool. 
Encham até acima. Comam-nas passado um mês. Estas cerejas não são uma 
entrada, mas podem servir de aperitivo; e principalmente como condimento, 
no lugar dos pepinos pequenos 
 
Ele adorará estas cerejas, que servem para tudo. 
 
«HOUMMOS» 
 
(Para 4 pessoas) 
 
 
Duas latas de grão-de-bico em Três dentes de alho; 
conserva; Dois