sociedade semi MEIO AMBIENTE
4 pág.

sociedade semi MEIO AMBIENTE

Pré-visualização1 página
L
Universidade Luterana do Brasil
ULBRA \u2013 Campus Santa Maria
Pró-Reitoria de Graduação
	Tipo de atividade:
Prova ( ) 
Trabalho ( ) 
Exercício em aula ( ) 
Avaliação: G1 ( ) G2 ( ) 
Atividade Semipresencial \u2013 Carga Horária: 03 h/a
Substituição de Grau: G1 ( ) G2 ( )
	Curso: Formação Geral
	Disciplina: Sociedade e Contemporaneidade
	Data: 12/05/2018
	Turma: 2018/1
	Professor: Iásin Schäffer Stahlhöfer, Me.
	 
	Acadêmico: Mariana Oliveira
	
Missão: Ser comunidade de aprendizagem eficaz e inovadora.
Valores: Consolidar-se, até 2022, como instituição de excelência acadêmica e administrativa.
Plano de Desenvolvimento Institucional \u2013 PDI \u2013 ULBRA 2017-2022
ATIVIDADE SEMIPRESENCIAL
OBJETIVO: Compreensão da sociedade contemporânea. 
ATIVIDADE: Junho é o mês do meio ambiente. Muitos estudiosos dizem que a humanidade já ultrapassou o limite de regeneração do planeta Terra, sendo que não basta parar de poluir, mas é necessário tomar medidas de reparação aos danos ambientais ocorridos. Discorra em uma página sobre a importância de um dia do meio ambiente para conscientização (05/06), bem como sobre quais práticas devem ser adotadas a fim de que as futuras gerações possam gozar de um ambiente ecologicamente equilibrado. Por fim, não se esqueça de apontar como você contribui à defesa do meio ambiente. 
CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO: 
Serão avaliados o emprego correto do português, assim como o conteúdo explicitado.
DATA DE ENTREGA: 14/06/2018
05 de junho: Dia Mundial do Meio Ambiente
O momento é de ação\ufffd
O Planeta chega ao Dia Mundial do Meio Ambiente em momento crítico. É preciso agir e agir agora, para minimizar os impactos da sociedade de hoje sobre as futuras gerações.
Num momento em que a Natureza se apresenta especialmente inquieta, com manifestações causadas ou não pelo Homem \u2013 mas que cobram um preço alto em vidas \u2013, tais como furacões furiosos, enchentes devastadoras, deslizamentos letais, invernos glaciais, chegamos ao Dia Mundial do Meio Ambiente chamando não somente à reflexão, mas, principalmente, à ação de todos em defesa da vida.
Todos temos como contribuir \u2013 direta ou indiretamente \u2013 para que as sociedades caminhem rumo à sustentabilidade e para que a harmonia entre o desenvolvimento socioeconômico e a conservação da natureza deixe de ser mera utopia.
Atitudes individuais e coletivas, como o consumo consciente no dia a dia e a exigência, pela população, do cumprimento das leis por órgãos governamentais em todos os níveis são fundamentais.
À iniciativa privada cabe não somente investir em conservação do meio ambiente, mas, principalmente, assumir uma postura de responsabilidade 
 socioambiental, trabalhando de dentro para fora, com adequação de suas cadeias produtivas e meios de produção, distribuição etc.
À sociedade civil organizada, em especial às ONGs socioambientalistas como o próprio WWF-Brasil, cabe conceber e aplicar soluções, realizar campanhas, mobilizar e facilitar o engajamento de indivíduos, governos e iniciativa privada num esforço conjunto para o bem comum das gerações de agora e do futuro.
 	Assim como outras importantes datas, o meio ambiente também tem seu dia especial, que é comemorado no dia 5 de junho. Esta data foi estabelecida pela ONU (Organização das Nações Unidas), em 15 de dezembro de 1972, devido à Conferência de Estocolmo, na Suécia, marcando assim um encontro importante entre vários países na busca da defesa do meio ambiente.			Durante o período da chamada Revolução Industrial não havia preocupação com a questão ambiental. Os recursos naturais eram abundantes, e a poluição não era foco da atenção da sociedade industrial e intelectual da época. 											A partir da escassez dos recursos naturais, somado ao crescimento desordenado da população mundial e intensidade dos impactos ambientais, surge o conflito da sustentabilidade dos sistemas econômico e natural, e faz do meio ambiente um tema literalmente estratégico e urgente. O homem começa a entender a impossibilidade de transformar as regras da natureza e a importância da reformulação de suas práticas ambientais. 					A conscientização ambiental de massa, só será possível com percepção e entendimento do real valor do meio ambiente natural em nossas vidas. O meio ambiente natural é o fundamento invisível das diferenças sócio econômicas entre países desenvolvidos e em desenvolvimento. O dia em que cada brasileiro entender como esta questão afeta sua vida de forma direta e irreversível, o meio ambiente não precisará mais de defensores. A sociedade já terá entendido que preservar o meio ambiente é preservar a própria pele, e fragilizar o meio ambiente, é fragilizar a economia, o emprego, a saúde, e tudo mais. Esta falta de entendimento compromete a adequada utilização de nossa maior vantagem competitiva frente ao mundo: recursos hídricos, matriz energética limpa e renovável, biodiversidade, a maior floresta do mundo, e tantas outras vantagens ambientais que nós brasileiros temos e que atrai o olhar do mundo. 											Mas, se nada for feito de forma rápida e efetiva, as próximas gerações serão prejudicadas duplamente, pelos impactos ambientais e pela falta de visão de nossa geração em não explorar adequadamente a vantagem competitiva de nossos recursos naturais.						 Hoje em dia não podemos ver os gases de efeito estufa que ameaçam o futuro do nosso mundo como o conhecemos, o que torna mais fácil de ignorar esse perigo, do que quando vemos as chaminés lançando fumaça preta no céu. Com as emissões de carbono aumentando, as temperaturas subindo e o clima ficando cada vez mais estranho, pode parecer que a ameaça das mudanças climáticas é algo impossível de parar. Mas podemos contribuir para um lugar melhor...	
*Produzindo menos lixo: Há muito plástico no mundo.
*Cuidando do seu lixo eletrônico: existem produtos químicos que podem vazar da bateria no solo e na água. 
*Desperdiçando menos comida: o desperdício de alimentos é uma preocupação ambiental. Pois, é preciso muita energia para produzir a comida. Então, até a comida chegar ao prato, existe uma grande liberação de carbono no meio ambiente. Quando jogamos parte da refeição no lixo, estamos desperdiçando toda essa energia.
*Apagando as luzes: a poluição luminosa está bagunçando a vida selvagem, e provavelmente prejudicando nossos ciclos de sono também.
\ufffd
\ufffd Disponível em: <http://www.wwf.org.br/natureza_brasileira/especiais/dia_do_meio_ambiente/>. Acesso em 17 abr. 2017.