A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
17 pág.
POLITICAS EDUCACIONAIS

Pré-visualização | Página 4 de 5

É correto apenas o que se afirma em:
 l, ll e III.
Pergunta 25
Barreto (1995, p. 159) afirma que “Não creio que a centralização e a descentralização sejam, em si próprias, virtude ou defeito. A ambas correspondem objetivos, estratégias e políticas. Só podem ser compreendidas e explicadas no seu contexto histórico e social. Tanto uma como outra já foram bem ou mal, se assim se pode dizer. Ambas ajudaram a desenvolver a educação e a liberdade, a manter a ignorância ou a ditadura. Ambas podem contribuir para a democracia ou a oligarquia. Nenhuma é valor absoluto”.
Sobre a descentralização do ensino é correto afirmar que:
I – A descentralização do ensino foi incentivada por organismos internacionais como FMI e o Banco Mundial.
II – Um dos objetivos da descentralização do ensino era aumentar o número de vagas nas escolas (municipais e estaduais) sem que houvesse um aumento do aporte financeiro por parte do governo central. 
III – Ao propor a descentralização do ensino, buscava-se diminuir a burocratização da gestão escolar, possibilitando a flexibilização, a autonomia e a democracia nas escolas.
É correto apenas o que se afirma em
 l, II e III. 
Pergunta 26
(ENADE 2017 – PEDAGOGIA)
Aprovado pela Lei n. 13.005/2014, o Plano Nacional de Educação (PNE) para o decênio 2014-2024 constitui-se em instrumento de planejamento governamental que cumpre uma das prescrições da Constituição Federal de 1988 (art. 165, parágrafo 4º). O PNE visa à realização de 20 metas. A essas metas são vinculadas 254 estratégias, que devem ser cumpridas em sua vigência. Entre essas metas, estão a meta 15 - que trata da garantia, em regime de colaboração entre a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios, no prazo de um ano de vigência desse PNE, da política nacional de formação dos profissionais da educação - e a meta 20 - que trata da ampliação do investimento público em educação pública.
Nesse contexto, o PNE também estabelece
a formação em nível superior dos profissionais da educação básica, em cursos de licenciatura na área em que atuam.
Pergunta 27
(ENADE 2017 – PEDAGOGIA)
Do ponto de vista formal, atualmente todos os alunos podem visar a excelência, na medida em que todos podem, em princípio, entrar nas áreas de maior prestígio, desde que autorizados por seus resultados escolares. A escola e gratuita, os exames são objetivos e todos podem tentar a sorte. O quadro formal da igualdade de oportunidades e do mérito foi globalmente instalado em grande número de países. DUBET, F. 0 que e uma escola justa? Cadernos de Pesquisa, São Paulo, v. 34, n. 123, p. 539-55, 2004(adaptado).
A escola legitima, pela via da apreciação do mérito pessoal dos alunos, as diferenças e desigualdades entre indivíduos, transformando-as em um escalonamento dos rendimentos escolares. Assim,legitima-se como instituição que oferece oportunidades para todos, ainda que não ofereça a todos a mesma coisa.SACRISTAN, J. G. A educação obrigatória: seu sentido educativo e social. Porto Alegre: Artes Medicas,2001 (adaptado).
Considerando-se o contexto meritocrático exposto pelos autores, estimulado pela ampla utilização das avaliações externas como instrumentos de quantificação da qualidade da educação, cabe ao professor,no exercício da sua profissão, propor alternativas que visem garantir a igualdade de oportunidades para todos os alunos.
Nesse contexto, avalie as afirmações a seguir.
 III. Participar de ações colaborativas na escola, a partir de um planejamento coletivo em que se utilizem os índices obtidos em avaliações externas como mais um elemento de análise da realidade escolar, sem desconsiderar a realidade de cada aluno, é uma prática que contribui para a formação não só do estudante, mas também do profissional.
IV. De posse dos resultados das avaliações externas, o docente deve embasar-se nos fundamentos da pesquisa educacional, para identificar avanços e problemas pelos quais passa a escola e, a partir desse diagnóstico, propor ações para melhorar o processo educativo.
É correto apenas o que se afirma em
 III e IV. 
Pergunta 28
Assinale a alternativa que corresponde à sua análise:
As leis n. 10.639/2003 e 11.645/2008 alteram a Lei de Diretrizes e Bases da Educação (Lei n. 9.394/96) ao incluir no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática “História e Cultura Afro-Brasileira e Indígena”.
Em relação a essas diretrizes é correto afirmar que:
I - Nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, torna-se obrigatório o ensino sobre História e Cultura Afro-Brasileira e indígena.
III – São conteúdos previstos em lei e que devem ser ministrados no âmbito de todo o currículo escolar:diversos aspectos da história e da cultura que caracterizam a formação da população brasileira,(africanos e indígenas), o estudo da história da África e dos africanos, a luta dos negros e dos povos indígenas no Brasil, a cultura negra e indígena brasileira, o resgate das contribuições desses povos nas áreas social, econômica e política, pertinentes à história do Brasil.
É correto apenas o que se afirma em
 I e III. 
Pergunta 29
“A principal premissa da gestão escolar democrática é a de ofertar oportunidades de aprendizagem e experiências na área da Educação, partindo da necessidade individual de cada aluno, desenvolvendo um ambiente específico para que estes superem seus desafios individuais e coletivos” (BRASIL, MEC, 2007).
A respeito da gestão escolar democrática, analise as sentenças a seguir:
II – O gestor democrático é um dos principais elementos para que se desenvolva a cidadania dentro das escolas. Esta cidadania só pode ser construída por meio da participação e autonomia de todos que fazem parte desta comunidade.
III – Para a efetivação da gestão democrática são necessários 4 elementos fundamentais: participação, pluralismo, autonomia e transparência.
É correto apenas o que se afirma em:
 II e III. 
Pergunta 30
“O Projeto Político Pedagógico representa a oportunidade para a direção, a coordenação pedagógica, os (as) professores (as) e a comunidade tomarem sua escola nas mãos, definirem seu papel estratégico na educação das crianças e jovens, organizarem suas ações, visando a atingir os objetivos a que se propõem. É o ordenador, o norteador da vida escolar. (LIBÂNEO, 2010, p.96).O Projeto Político Pedagógico consiste em instrumento da gestão democrática. 
Nesse contexto, analise as sentenças a seguir classificando-as como verdadeiras (V) ou falsas (F):
( ) O Projeto Político Pedagógico deve ser concebido como um espaço importante para a participação de todos na construção da escola transparente, plural, democrática, autônoma e de qualidade social.
( ) O gestor, no processo de elaboração e/ou atualização do Projeto Político Pedagógico, assume também o papel de mobilizador das pessoas inseridas no contexto escolar, posicionando-se efetivamente na escola com o compromisso coletivo para a transformação da realidade.
( ) A participação dos professores na elaboração do Projeto Político Pedagógico está prevista na Lei de Diretrizes e Bases da Educação.
Assinale a alternativa que corresponde à sua análise:
V,V,V.
Pergunta 31
Segundo Teixeira (1967 apud SANTOS, 2011, s.p.) “Nos fins da década de 20 e 30, parecia, assim, que estávamos preparados para a reconstrução de nossas escolas. A consciência dos erros se fazia cada vez mais palpitante e o ambiente de preparação revolucionária era propício à reorganização. O país iniciou a jornada de 30 com um verdadeiro programa de reforma educacional”.
O autor Anísio Teixeira, no trecho citado acima, refere-se a qual documento: 
 Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova
Pergunta 32
A definição a seguir refere-se à qual documento:
“[…] documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica, de modo a que tenham assegurados seus direitos de aprendizagem e desenvolvimento, em conformidade com o que

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.