A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
106 pág.
Aula 2- Raças de bovinos de corte

Pré-visualização | Página 1 de 2

Prof. Patrícia A. M. Metz Donicht 
Médica Veterinária e Zootecnista 
Mestre em Produção Animal 
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA MARIA 
COLÉGIO AGRÍCOLA DE FREDERICO WESTPHALEN 
CURSO TÉCNICO EM AGROPECUÁRIA 
 O que é uma raça? 
 
◦ É um grupo de indivíduos com características 
semelhantes. 
 Duas origens: 
 
◦ Bovinos mantidos na europa central: 
 Bos taurus taurus (gado europeu) 
 
 
◦ Bovinos que migraram para o oriente: 
 Bos taurus indicus (gado zebuíno) 
Raças sintéticas: são as raças 
que foram criadas pelo homem, 
a partir de cruzamentos 
 Bos taurus taurus (Raça Européia) 
◦ Britânica 
 Origem na Inglaterra e Escócia 
 Característica fundamental: precocidade 
 
◦ Continental 
 Origem no Continente Europeu 
 Característica fundamental: ganho de peso 
 
 Bos taurus indicus (Raça Zebuína) 
 Origem no Continente Asiático 
 Característica fundamental: adaptação aos trópicos 
 
 Hereford 
 
 Aberdeen/Red Angus 
 
 Devon 
 
 Shorthorn 
 
 
 Charolês 
 
 Simental 
 
 Limousin 
 
Britânicas 
Continenais 
 Britânico 
 
 Origem: Inglaterra 
◦ Ótima condição climática 
◦ Pastos de qualidade 
 
 Seleção para precocidade na terminação e 
produção de carne 
 
 Chegada ao Brasil: 1906 
 Principais características: 
◦ Pelagem (pampa): 
 Vermelha de cara branca 
 Vermelha de cara salpicada 
 
◦ Chifre: 
 Com chifre 
 Sem chifre: Polled Hereford 
 
Características: 
Cor: manto vermelho cereja; 
ARBOITTE 
Cara branca; 
Ventre branco; 
Cascos brancos; 
Vassoura da cola branca; 
Chifres brancos; 
Orelhas vermelhas; 
Mucosa rosada 
Presença ou não de óculos; 
 Principais características: 
◦ Precocidade 
 Reprodução 
 Acabamento 
 
Vida útil de 12 a 15 anos 
 Principais características: 
◦ Prolífera 
 
◦ Úbere pequeno 
 
◦ Peso ao nascer: 
 Macho: 35 kg 
 Fêmea: 32 kg 
 Principais características: 
◦ Carne de boa qualidade; 
◦ Boa cobertura de gordura sobre a carcaça; 
◦ Boa Marmorização 
 
 Britânico 
 
 Origem: Escócia 
◦ Inverno rigoroso e verão ameno 
◦ Solo rochoso com vales férteis 
 
 Seleção para produção de carne 
 
 Chegada ao Brasil: 1906 
 Principais características: 
◦ Pelagem: 
 Preto - Aberdeen Angus 
 Vermelho (recessivo) – Red Angus 
 Admitem-se pêlos brancos atrás 
do umbigo de fêmeas e no 
prepúcio de machos. 
 
◦ Mucosas: 
 Pretas nos animais de pelagem preta 
 Rosada nos animais de pelagem vermelha 
 
◦ Chifre: 
 Todos mochos 
 
 Principais características: 
◦ Precocidade 
 Reprodução 
 Acabamento 
 
 
 
◦ Adaptabilidade média 
 Principais características: 
◦ Mais prolífera que o Hereford e Shorthorn 
 
◦ Pouca ocorrência de partos distócicos 
 
◦ Produção de leite maior que o Hereford 
 
◦ Peso ao nascer: 
 Macho: 32 kg 
 Fêmea: 29 kg ALCANÇA O MESMO 
PESO DE DESMAME 
DO HEREFORD 
 Principais características: 
◦ Carne de boa qualidade; 
◦ Boa cobertura de gordura sobre a carcaça; 
◦ Boa Marmorização; 
 
 Britânica 
 
 Origem: Noroeste da Inglaterra, condado de 
Durham 
◦ Clima temperado 
◦ Grande fertilidade 
 
 Bastante difundida na Argentina 
 
 Raça de pouca adaptabilidade, principalmente 
em relação a deficiências nutricionais. 
 
 
 Grande problema com consangüinidade 
 Principais características: 
◦ Pelagem: 
 Vermelha 
 Vermelha e branca (rosilho) 
 Branca 
 Principais características: 
◦ Pelagem: 
 Vermelha 
 Vermelha e branca (rosilho) 
 Branca 
 Principais características: 
◦ Chifre: 
 Aspado 
 Mocho 
 
◦ Razoavelmente prolífera (em função da exigência 
nutricional) 
 
◦ Alta produção de leite 
 
◦ Peso ao nascer: 
 Macho: 35 kg 
 Fêmea: 32 kg 
 Principais características: 
◦ Grande produção de músculos 
 Principalmente no quarto posterior 
 
◦ Carne com maior marmoreio 
 Britânica 
 
 Origem: Inglaterra, condado de Devon 
 
 Brasil: 1906 
 
 Maior rebanho brasileiro é o do RS 
 
 Considerado de tripla aptidão: tração, carne e 
leite (quartos batidos) 
 
 Dentre as raças britânicas é a de maior 
adaptabilidade 
 
 Grande problema com consangüinidade 
 
 Principais características 
◦ Pelagem: 
 Vermelho rubi 
 Mucosa rósea 
 Vassoura da cauda branca 
 Principais características: 
◦ Altamente prolífera (povoador de campos) 
 Maior taxa de repetição de cria 
 
◦ Boa produtora de leite 
 
◦ Peso ao nascer: 
 Macho: 34 kg 
 Fêmea: 31 kg 
 Continental 
 
 Origem: França, na região de Charolais 
 
 Melhoramento começou no século XVIII 
◦ Melhora da deposição de gordura 
 
 Chegada ao Brasil em 1885 
 
 
 Animal exigente nutricionalmente 
 
 Animais calmos 
 
 Raça com grande ganho de peso 
 
 Ossatura pesada e boa massa muscular 
 Características principais: 
◦ Pelagem: 
 Coloração branca – creme uniforme 
 
◦ Chifre: 
 Coloração branca – amarelada (para frente e para cima) 
 Mocho 
 Principais características: 
◦ Boa habilidade leiteira 
 
◦ Peso de terneiros: 
 Macho: 45 kg 
 Fêmea: 42 kg 
 
◦ Problema de distocia (8%) 
 Principais características: 
◦ Carcaça com grande massa muscular 
 
◦ Carcaça com menor grau de deposição de gordura, 
tanto externa (cobertura) quanto interna 
(marmoreio) 
 Continental 
 
 Origem: Suíça, vale do rio Simme 
 
 Chegada ao Brasil em 1904 
 Principais características: 
◦ Pelagem: 
 Overa – podendo variar do vermelho escuro ao a 
amarelo tostado, com manchas brancas 
Cabeça e ventre geralmente brancos; 
Pigmentação ao redor dos olhos é desejado, sendo atributo de seleção; 
 Principais características 
◦ Boa habilidade materna 
 
◦ Alta produção de leite (dupla aptidão) 
 
◦ Terneiros: entre 35 e 40 kg 
 No RS esta raça não se adaptou bem, por se 
altamente exigente em termos de 
alimentação. 
 
 Dentre os estados, o PR é o que possui maior 
quantidade de animais. 
 Continental 
 
 Origem: no sudoeste da França 
 
 Chegada ao Brasil em 1850. 
 
 Pouco mais rústica que o Charolês 
 Principais características: 
◦ Pelagem: 
 Do amarelo claro ao alaranjado, ocorrendo a variedade 
preta. 
 Ventre, extremidades e cara com a coloração mais 
clara. 
 Principais características: 
◦ Vacas possuem facilidade de parto (0,5%) 
 
◦ Peso ao nascer: 
 Macho: 38 kg 
 Fêmea: 36 kg 
 Principais características: 
◦ Peso de carcaça elevado 
 
◦ Carcaças com grau de cobertura e marmorização 
maior que a dos Charolês 
 Características gerais: 
◦ Animais mais resistentes: 
 Pêlo claro, curto e liso 
 Secreção sebácea repulsiva na pele 
 Presença de cupim ou giba 
 Presença de barbela 
 Pernas compridas 
 Baixa capacidade de ingestão 
 Aparelho digestivo maior 
 Nelore 
 
 Gir 
 
 Guzerá 
 
 Tabapuã 
 
 Brahman 
 Ocupa o 1º lugar no Brasil 
 
 Porte: grande 
 
 Pelagem: 
◦ Branco e cinza claro 
◦ Vassoura da cauda é preta 
 
 Focinho preto 
 
 Orelhas curtas e móveis, em forma de concha 
 
 Barbela bem desenvolvida (até o umbigo) 
 
 Cupim firme e pouco desenvolvido 
 
Barbela desenvolvida