A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
80 pág.
Biblioteca 1428565 revisao anatomia

Pré-visualização | Página 1 de 3

Anatomia Sistêmica
José Carlos Siciliano
CONTEÚDO DESTA AULA
Anatomia Sistêmica
Generalidades de Anatomia
Generalidades de Osteologia
Generalidades de Artrologia
Generalidades de Miologia
Sistema Cardiovascular
Sistema Arterial e Sistema Venoso
Generalidades de Anatomia
CONCEITO
Dissecação do corpo humano ou de qualquer animal ou vegetal para
estudo e conhecimento de sua organização interna
Anatomia Sistêmica
Normalidade, Variação Anatômica, Anomalia e Monstruosidade
Normalidade  padrão que ocorre no corpo do 
indivíduo, ocorre na maioria dos 
casos, é mais frequente 
estatisticamente.
Variação Anatômica  diferenças morfológicas entre
diferentes indivíduos ou órgãos
sem prejuízo para a função.
Anomalia  Variações morfológicas que acarretam
prejuízo funcional.
Monstruosidade Anomalia acentuada incompatível
com a vida.
Anatomia Sistêmica
Terminologia Anatômica
A Nomenclatura Anatômica é o conjunto de termos empregados 
para designar e descrever o organismo ou suas partes. A língua 
oficialmente adotada é o latim, por ser uma língua “morta”.
Órgão Internacional responsável pela nomenclatura: 
IFAA
Órgão Nacional Responsável: 
SBA
Anatomia Sistêmica
Posição Anatômica
Objetivo:
Posição padrão para evitar termos diferentes nas descrições
anatômicas
 Posição Bípede
 Corpo ereto
 Membro superior 
estendido ao longo do 
corpo com as palmas 
voltadas 
anteriormente
 Pés paralelos com as 
pontas dos dedos 
apontadas para frente
 Face voltada 
anteriormente.
Anatomia Sistêmica
Planos de Delimitação
• Anterior ou ventral
• Posterior ou dorsal
• Lateral (esquerdo ou direito)
• Superior ou cranial
• Inferior ou Caudal
Planos de Secção (Dividir/Cortar)
• SAGITAL MEDIANO - Divide o corpo
em 2 partes simétricas (Direita e
Esquerda), os planos paralelos ao
sagital mediano serão denominados
sagitais paramedianos
• FRONTAL OU CORONAL - Divide o
corpo em 2 partes diferentes (Anterior e
Posterior)
• TRANSVERSAL OU HORIZONTAL -
Divide o corpo em 2 partes diferentes
(Superior e Inferior)
Eixos de Movimento
• Anteroposterior
• Laterolateral
• Craniocaudal Ou Superior-inferior
Generalidades Osteologia
Osteologia é a parte da Anatomia Humana que estuda os ossos, que
são estruturas rígidas, esbranquiçadas e resistentes, que apresentam,
em um adulto, a quantidade de aproximadamente 206 ossos. Em
conjunto, os ossos formam o esqueleto.
Tipos de esqueleto
Exoesqueleto
Endoesqueleto
Endoesqueleto
Substâncias Ósseas 
C
om
pa
ct
a 
( C
or
tic
al
) Esponjosa ( Trabecular)Periósteo
Divisão do Esqueleto
Esqueleto Axial - 80 Esqueleto Apendicular - 126
• Cabeça;
• Coluna Vertebral ; e
• Tórax. 
 Apendicular Superior:
◦ Cíngulo do Membro 
Superior
◦ Braço
◦ Antebraço
◦ Mão
 Apendicular Inferior
◦ Cíngulo do Membro 
Inferior
◦ Coxa
◦ Perna
◦ Pé.
Quantidade de Ossos:206
Esqueleto Axial: 80
• Cabeça: 29
• Crânio neural: 8
• 2 Pares: Temporal, parietal 
• 4 Ímpares: Frontal, occipital, etmóide, esfenóide 
• Crânio Visceral: 14
• 6 Pares: Nasal, lacrimal, zigomático, maxila, 
concha nasal inferior e palatino
• 2 Ímpares: Vômer e mandíbula
• Ossículos do ouvido: 6 (3 pares)
• Osso Hióide: 1
• Coluna Vertebral: 33 vértebras - 26 ossos
• Cervical: 7
• Torácica: 12
• Lombar: 5
• Sacral: 5 vértebras (osso sacro)
• Coccígea: 3 ou 4 (osso cóccix)
• Tórax - 25
• Costelas: 24
12 pares:
7 verdadeira
3 falsas
2 flutuantes
• Osso Esterno: 01
Esqueleto Apendicular Superior: 64
• Cíngulo do Membro Superior (Cintura escapular): 2
• Clavícula: 1
• Escápula: 1
• Braço: 1
• Ante-braço: 
• Rádio (lateral): 1
• Ulna (medial): 1
• Mão: 27
• Carpo: 8
• Metacarpo: 5
• Falanges : 14
Total: 32 x 2 MMSS= 64
Esqueleto Apendicular Inferior: 62
• Cíngulo do Membro Inferior (Cintura Pélvica) : 1
• Coxa: 1
• Perna: 2
• Fíbula (lateral): 1
• Tíbia (medial): 1
• Joelho: 1
• Pé: 26
• Tarso: 7
• Metatarso: 5
• Falanges: 14
Total: 31 X 2 MMII = 62
Função do Sistema Esquelético
Ex.
:
PROTEÇÃO: protege de lesões órgãos vitais internos
SUPORTE: atua como arcabouço do corpo, dando sustentação aos tecidos 
moles e provendo pontos de fixação para a maioria dos músculos do corpo.
MOVIMENTO: músculos fixados ao esqueleto e ossos se relacionando por 
articulações móveis, determinam o tipo e a amplitude do movimento que o 
corpo é capaz de fazer.
DEPÓSITO DE MINERAIS: Cálcio, fósforo, potássio e outros minerais são 
estocados nos ossos do esqueleto. Estes minerais podem ser mobilizados e 
distribuídos pelo sistema vascular sanguíneo e para outras regiões do 
corpo.
HEMATOPOIESE: A medula óssea vermelha de certos ossos
produz as células sanguíneas encontradas no sistema circulatório.
Tipos de Ossos
• Se caracteriza por ter 
comprimento maior que 
largura e espessura
Longo
• Equivalência entre 
Comprimento, largura e 
espessura
Curto
• Caracterizado por 
comprimento e largura 
predominar sobre 
espessura.
Plano ou Laminar
• Sem forma definida.
Irregular
• Presença de cavidades 
com ar, cuja uma das 
funções é atuar na fala.
Pneumáticos
• O que os caracteriza é o 
local onde estão inseridos: 
dentro de cartilagem 
(tendão) ou dentro de 
cápsula articular.
Sesamóides
Anatomia Sistêmica
Generalidades de Artrologia
É a união de duas ou mais estruturas que podem ser ossos, cartilagens ou tecido
fibroso. Esta união pode ou não permitir movimento livre, de acordo com o tipo de
tecido e as características próprias das articulações.
Articulações ou Junturas
CLASSIFICAÇÃO DAS ARTICULAÇÕES
FIBROSAS – ou SINARTROSE 
(Syn = junto com; Arthron = articulação) 
 Articulação “Imóvel”
CARTILAGINOSAS – ou ANFIARTROSE 
(Amphi = ambos os lados; Arthron = 
articulação) 
 Articulação Semimóvel
SINOVIAIS – ou DIARTROSE 
(Diarthrosis = articulação móvel) 
 Articulação Móvel
FIBROSAS ou SINARTROSE
• Ossos mantidos juntos firmemente por tecido conjuntivo fibroso
• Articulações “imóveis”
• Dois tipos principais, classificados pelo comprimento das fibras que
unem os ossos:
Suturas Sindesmose
Fibras de conexão curtas, formando
Inter digitações (somente entre os
ossos do crânio)
Fibras de conexão mais longas,
formando bandas ou faixas
CARTILAGINOSAS ou ANFIARTROSE
Ossos unidos por cartilagem
Permitem movimentos limitados
Sincondroses – Ossos são mantidos
juntos por cartilagem
hialina.
. Temporária – A cartilagem é substituída
por osso
. Permanente – A cartilagem permanece
inalterada
Sínfises – Superfícies articulares dos ossos cobertas
camada de cartilagem fibrosa
SINOVIAIS ou DIARTROSE
• Permitem movimentação livre
• Movimento limitado somente por ligamentos, músculos, tendões e ossos
adjacentes.
CARACTERÍSTICAS DAS ARTICULAÇÕES SINOVIAIS
. Cápsula Articular - Membrana dupla que envolve e
encerra a articulação
. Cartilagem articular - Fina camada de cartilagem hialina
que cobre a superfície articular dos ossos (são lisas,
polidas e esbranquiçadas
. Membrana Sinovial - Camada mais interna da cápsula
articular
. Liquido Sinovial - Produzido pela membrana sinovial
(ou bolsa sinovial), é responsável pela nutrição das
cartilagens articulares e pela lubrificação das
superfícies articulares
. Ligamentos - Estrutura de tecido conjuntivo denso com
a função de unir ossos, permitir e limitar o movimento
Anatomia Sistêmica
Generalidades de Miologia
TIPOS DE MÚSCULOS
TIPO IMPULSO CARACTERÍSTICA EXEMPLO
Músculo 
Estriado 
Esquelético
Voluntário Localizado no esqueleto
Bíceps braquial, 
Solear
Músculo Liso Involuntário Paredes viscerais Estômago,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.