A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Currículo e Didática na Educação dos Surdos PROVA FINAL OBJETIVA

Pré-visualização | Página 1 de 2

1. A literatura surda não se refere às várias experiências pessoais do povo surdo. O surdo 
entende o mundo e quer modificá-lo, a fim de torná-lo acessível e habitável, ajustando-o 
com as suas percepções visuais, que contribuem para a definição das identidades surdas e 
das "almas" das comunidades surdas. Sobre o entendimento das experiências pessoais do 
povo surdo, assinale a alternativa CORRETA: 
 a) Quando o bebê nasce com ausência ou deficiência em um dos sentidos, a anormalidade 
está ali associada, sendo assim, não há aprendizado. 
 b) Expõem as dificuldades e/ou vitórias das opressões ouvintes, de como se saem em 
diversas situações inesperadas, testemunhando as ações de grandes líderes e 
militantes surdos e sobre a valorização de suas identidades surdas. 
 c) A postura da família diante do diagnóstico da surdez praticamente determina a forma 
como esta criança se desenvolverá, a falta de interesse gera um povo surdo sem 
experiências. 
 d) A literatura surda entende que os cegos também podem fazer parte do mesmo contexto 
social deles. 
 
2. A interdisciplinaridade consiste entre o diálogo que temos entre as disciplinas. Zabala 
(1998) defende que a interdisciplinaridade é a interação entre duas ou mais disciplinas, que 
podem ir desde uma simples comunicação de ideias até a integração recíproca dos 
conceitos fundamentais e da teoria do conhecimento. Sobre a interdisciplinaridade, assinale 
a alternativa CORRETA: 
 
FONTE: ZABALA, A. A prática educativa: como ensinar. Porto Alegre: ArtMed, 1998. 
 a) Enquanto que o termo interdisciplinar visa ao agrupamento de diversos ramos do 
conhecimento, seguindo um objetivo em comum, como um assunto ou tema específico, 
por exemplo, o método multidisciplinar não visa à linearidade dos assuntos. 
 b) A principal diferença entre a interdisciplinaridade e a multidisciplinaridade está na 
linearidade de ambas. 
 c) A palavra interdisciplinar é formada pela união do prefixo "inter", que exprime a ideia de 
"dentro", "entre", "em meio"; com a palavra "disciplinar", que tem um sentido pedagógico 
de instruir nas regras e preceitos de alguma arte. 
 d) A interdisciplinaridade acontece quando as metodologias e conhecimentos de outras 
disciplinas podem ser utilizados por professores de diversas áreas do conhecimento. 
 
3. Comenius sempre apresentou um espírito de inovação, como ele já defendia uma educação 
para todos, independente da classe social da criança, esse foi um seus lemas. Estudar os 
recortes históricos acerca da didática nos possibilita compreender com maior clareza o 
percurso percorrido até aqui. Neste percurso, podemos destacar algumas personalidades 
que foram as peças-chave na evolução do conceito da didática. Sobre estas 
personalidades, associe os itens, utilizando o código a seguir: 
 
I- Sócrates. 
II- Comenius. 
III- Jean-Jacques Rousseau. 
IV- Johann Heinrich Pestalozzi. 
 
( ) Construiu um método chamado de ironia. Este método perpassava dois momentos: a 
refutação e a maiêutica. 
( ) Acredita que o mais importante era o desenvolvimento humano das habilidades e dos 
valores. 
( ) Defendia o ser humano como sendo naturalmente bom e suas ideias estavam focadas 
na liberdade e na sociedade. 
( ) Defendia uma educação para todos. Seu lema era Ensinar tudo a todos. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 
FONTE: LUZURIAGA, L. História da educação e da pedagogia. 16. ed. São Paulo: 
Nacional, 1985. 
 a) I - IV - III - II. 
 b) III - II - I - IV. 
 c) II - I - IV - III. 
 d) IV - III - II - I. 
 
4. O currículo tem várias finalidades, entre elas sociais, culturais e políticas. Através das 
teorias curriculares, identificamos as tradições, crenças de um determinado período 
histórico, buscando as ideologias que carregam, observando seus comportamentos. Sobre 
as teorias curriculares, analise as afirmativas a seguir: 
 
I- As teorias pós-críticas objetivam a formulação de verdades absolutas. 
II- As teorias tradicionais tem como objetivo principal planejar cientificamente as atividades 
pedagógicas e controlá-las. 
III- As teorias críticas preocupam-se em desenvolver conceitos que nos permitam 
compreender o que o currículo faz. 
IV- As teorias pós-críticas concebem o conhecimento como parte inerente ao poder. 
 
Assinale a alternativa CORRETA: 
 a) As afirmativas I e IV estão corretas. 
 b) As afirmativas I, III e IV estão corretas. 
 c) As afirmativas I, II e III estão corretas. 
 d) As afirmativas II, III e IV estão corretas. 
 
5. O currículo é decidido através de vários níveis. Esta construção ocorre em diversos 
contextos, em uma perspectiva macro e micro curricular. Os níveis de decisão curricular 
são: político-administrativo, gestão e realização. Sobre os níveis de decisão curricular, 
associe os itens, utilizando o código a seguir: 
 
I- Político-administrativo. 
II- Gestão. 
III- Realização. 
 
( ) Este nível de decisão curricular está relacionado à forma pedagógica para os 
profissionais inseridos no âmbito da escola e da administração regional. 
( ) Este nível de decisão curricular está relacionado às prescrições no âmbito da 
administração central. 
( ) Este nível de decisão curricular está relacionado ao contexto da ação educativa no 
âmbito da sala de aula. 
 
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA: 
 a) III - I - II. 
 b) II - I - III. 
 c) I - III - II. 
 d) III - II - I. 
 
6. Quando se fala de artefato cultural na comunidade surda, tem-se o aspecto linguístico em 
que se percebe a língua materna e a libras. Afirma-se que a libras não é uma linguagem e 
sim um sistema linguístico com regras, explica que o vocábulo artefato pode estar 
relacionado a objetos ou materiais produzidos, mas também engloba o modo de ver e sentir 
de determinado grupo. Sobre os artefatos culturais presentes na cultura surda, analise as 
sentenças a seguir: 
 
I- Artefato cultural: experiência visual. O conceito de cultura explicita a ideia de que os 
surdos percebem o mundo de forma singular. De modo geral, normalmente, possuem uma 
percepção visual bastante aguçada. 
II- Artefato cultural: linguístico, define-se a língua de sinais como sendo uma língua 
prioritária do povo surdo que é expressa através da modalidade espacial-visual, importante 
para a cultura surda. Através desta língua que o sujeito surdo adquire e transmite 
conhecimento. 
III- Artefato cultural: para que as expectativas se concretizem, espera-se que o bebê nasça 
perfeito. A ideia de perfeição, na maioria das vezes, está associada à utilização dos cinco 
sentidos do corpo humano: visão, audição, tato, paladar e olfato. 
IV- Artefato cultural: em alguns casos, apesar do bloqueio auditivo, o seu domínio da língua 
oral pode se equiparar aos ouvintes, através do uso da leitura labial, o uso de aparelhos, 
implantes auditivos e acompanhamento fonoaudiológico. 
 
Assinale a alternativa CORRETA: 
 
FONTE: STROBEL, K. L. A visão histórica da in(ex)clusão dos surdos nas escolas. In: ETD 
- Educação Temática Digital, Campinas, v. 7, n. 2, p. 244 - 252, 2006. 
 a) As sentenças I e IV estão corretas. 
 b) As sentenças II, III e IV estão corretas. 
 c) As sentenças I, II e IV estão corretas. 
 d) As sentenças I, II e III estão corretas. 
 
7. Para Libâneo (1994), a educação consiste no fenômeno social e universal em que as ações 
humanas são necessárias para o funcionamento e a manutenção da sociedade. Assim, não 
existe uma sociedade isenta de práticas educativas, que promovem o aprendizado de 
conhecimentos e experiências culturais. Alguns elementos fazem parte do processo 
educacional, como o currículo e a didática, influenciando os fazeres e entendimentos 
realizados nas escolas que sofreram influências advindas das transformações sociais. 
Sobre o conceito da didática na teoria tradicional,