JK urologista que mudou a capital do Brasil

JK urologista que mudou a capital do Brasil


DisciplinaProjeto de Ensino em Histria6 materiais49 seguidores
Pré-visualização2 páginas
História do Brasil Republicano II
Profa. Dra. Marcília Gama
Carlos Augusto
Jaime Guimarães Jr
Jonas Durval
Karoline Mery de Oliveira
Willams Augusto
50 anos em 5 (1956-1960) e suas consequências
Infância e Juventude
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u201cTodo mundo conhece a minha história e sabe que eu 
fui educado pela minha mãe. Meu pai morreu 
quando eu tinha um ano de idade, e minha mãe 
lutou de uma maneira formidável para ter a glória 
de trazer um filho que saiu descalço de sua terra 
natal até o Palácio do Catete. e viu a posse dele 
como presidente da República...\u201d
No exercício da Medicina
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u201cNão, sinceramente, eu não 
desejo ser padre. Eu quero 
estudar, quero ser doutor, 
quero se médico.\u201d
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u201cGetúlio, nós sabemos, era um 
homem muito interessante - mais 
adiante nós iremos falar a respeito 
dele -; ele amava o poder acima de 
tudo. Aliás, esta é uma característica 
dos homens que, depois, tomam a 
direção que Getúlio tomou, mais 
tarde, no Estado chamado Novo.\u201d \u2013
Depoimento JK
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Prefeito de Belo Horizonte (1940 - 1946)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
De Volta à Câmara dos Deputados (1946 - 1950)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Governador de Minas Gerais (1951 - 1955)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u201cFui para o governo de Minas Gerais. No 
governo de Minas, no fim de seis meses 
- com aquela movimentação que eu 
fazia pelo interior do Estado - já todo 
mundo proclamava: "Para presidente, 
Juscelino, Juscelino!". E começou minha 
candidatura.\u201d
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
A Campanha Presidencial de 1955
A Campanha Presidencial de 1955
\uf0a1 Doença de Café Filho
\uf0a1 Estado de Sítio
\uf0a1 Oposição que não sabe perder
\uf0a1 Deposição de 2 presidentes: 
Café Filho e Carlos Luz
\uf0a1 Presidente do Senado Nereu Ramos
\u201cRecebo essa bandeira, levarei esta bandeira 
ao Palácio do Catete até o dia da minha 
posse. Nada impedirá o meu caminho. 
Nem a violência, nem as manobras, nada. 
Porque esta Deus me entregou para 
realizar esta missão no Brasil.\u201d
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
A Campanha Presidencial de 1955
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
A Campanha Presidencial de 1955
\uf0a1 Brasília estava na Constituição
\uf0a1 Estado de Sítio
\uf0a1 Oposição que não sabe perder
\uf0a1 Deposição de 2 presidentes: 
Café Filho e Carlos Luz
\uf0a1 Presidente do Senado Nereu Ramos
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)A Campanha Presidencial de 1955
\u201cDeste Planalto Central, desta solidão que em breve 
se transformará em cérebro das mais altas 
decisões nacionais, lanço os olhos mais uma vez 
sobre o amanhã do meu país e antevejo esta 
alvorada, com uma fé inquebrantável e uma 
confiança sem limites no seu grande destino.\u201d
\uf0a1 Estabelecer estruturas para desenvolver
\uf0a1 Brasília estava na Constituição
\uf0a1 Barganha de João Goulart + UDN = CPI
\uf0a1 Oposição que não sabe perder
\uf0a1 Sentimento de poder do povo
\uf0a1 Alto índice de popularidade
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)A Campanha Presidencial de 1955
\u201cEm 40 anos de vida republicana, eu fui o único 
governo civil que começou e terminou no dia 
marcado pela Constituição. Este é um dos 
títulos para mim de maior benemerência.\u201d
\uf0a1 Multinacionais
\uf0a1 Industrialização
\uf0a1 Dívida externa
\uf0a1 Êxodo rural
\uf0a1 Ferrovias vs Rodovias
\uf0a1 Impossibilidade de reeleição
\uf0a1 Criação do Grupo de Ação Política (GAP)
\uf0a1 Duas possibilidades para o PSD
\uf0a1 Eleições de 1960
Castilho Cabral, Afonso Arino e outros 
participam do Movimento Popular 
Jânio Quadros.
(entre 20 de abr. de 1959 e out. de 1960)
Folheto de propaganda do candidato à 
Presidência da República, Henrique Teixeira 
Lott.
Augusto e Ernani do Amaral 
Peixoto com João Goulart e 
Henrique Teixeira Lott entre 
outros durante o comitê central 
pró-canditatura Lott Jango. 
Rio de Janeiro,1960.
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Senador Por Goiás (1961 - 1964)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Cassação e Exílio (1964 - 1967)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
De Volta ao Brasil
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)\u2022Deputado Federal (1935 - 1937)
Na vida privada
Fonte: https://jk.cpdoc.fgv.br/imagem-som/trajetoria-de-vida
Em 22 de agosto de 1976, Juscelino Kubitschek viajava de 
São Paulo para o Rio de Janeiro no banco de trás de seu 
Opala, quando sofreu um acidente fatal.
O carro, que o ex-presidente chamava de Platão, era 
conduzido por Geraldo Ribeiro, motorista particular de JK 
por 30 anos, que também não resistiu aos ferimentos 
decorrentes da tragédia e morreu. 
Vítimas do condor?
Eliminar inimigos do regime militar. Seria 
esse o plano da Operação Condor, firmada 
entre as ditaduras de Brasil, Argentina, Chile 
e Paraguai. No Brasil, JK, João Goulart e 
Carlos Lacerda articulavam a criação de uma 
Frente Ampla que lutava pela volta da 
democracia. Coincidência ou não, em menos 
de um ano os três morreram em 
circunstâncias misteriosas.
Conspiração militar
Em 2013, a Comissão Municipal da Verdade de São 
Paulo concluiu que Juscelino Kubitschek, ex-
presidente do Brasil (1956-1961), foi assassinado em 
1976, na Rodovia Presidente Dutra. Seu Opala preto 
se desgovernou, supostamente, após se chocar com 
um ônibus, cruzou a pista e bateu de frente com uma 
carreta Scania. JK e o motorista, Geraldo Ribeiro, 
morreram na hora. O presidente da comissão, 
Gilberto Natalini, disse ter mais de 90 indícios de que 
\u201cJK foi vítima de complô e atentado político\u201d.
Referências
CONY, Carlos Heitor. JK: nasce uma estrela. 2ª edição. Rio de Janeiro: Record, 2002.
CARDOSO, Miriam Limoeiro. Ideologia do Desenvolvimento \u2013 Brasil: JK \u2013 JQ. 2ª edição. Rio de Janeiro: Paz e 
Terra, 1978.
FIGUEIREDO, Ney Lima, Org. Políticos ao entardecer: Poder e dinheiro no outubro de Vargas, JK, Geisel, Café 
Filho, Brizola, Andreazza, Covas e Lacerda. São Paulo: Editora de