A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
2 pág.
BNCC FUNDAMENTAL

Pré-visualização | Página 1 de 1

1
2) Entendendo que as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental de Nove Anos (Resolução CNE/CEB nº 7/2010), sinaliza os desafios à elaboração de currículos para essa etapa de escolarização, de modo a superar as rupturas que ocorrem na passagem não somente entre as etapas da Educação Básica, mas também entre as duas fases do Ensino Fundamental: Anos Iniciais e Anos Finais. Como está estruturada a BNCC do ensino fundamental?
O Ensino Fundamental de Nove Anos é a etapa mais longa da Educação Básica, atendendo estudantes entre 6 e 14 anos. A BNCC desse segmento encontra-se dividida por áreas do conhecimento, componentes curriculares e unidades temáticas e tem como proposta a progressão das múltiplas aprendizagens, o estímulo ao pensamento lógico, criativo e crítico. Também desenvolve a curiosidade, argumentação, interação e amplia a compreensão de mundo. 
Assim como no ENEM, A BNCC está estruturada por áreas de conhecimento, com intuito de favorecer a multidisciplinaridade. São cinco as áreas do conhecimento do Ensino Fundamental:
Linguagens;
Matemática;
Ciências da Natureza;
Ciências Humanas;
Ensino Religioso.
Dentro de cada área de conhecimento, encontram-se os componentes curriculares (conhecidos anteriormente como disciplina ou matéria). Dessa forma temos: 
	ÁREA DE CONHECIMENTO
	COMPONENTE CURRICULAR
	Linguagens
	Língua Portuguesa
	
	Arte
	
	Educação Física
	
	Língua Inglesa
	Matemática
	Matemática
	Ciências da Natureza
	Ciências
	Ciências Humanas
	História
	
	Geografia
	Ensino Religioso
	Ensino Religioso
Da mesma forma que acontece na BNCC da Educação Infantil, cada componente curricular possui competências específicas (conjunto de habilidades relacionadas aos objetos de conhecimento - conteúdos, conceitos e processos) que devem ser trabalhadas até o término do Ensino Fundamental de 9 anos. 
A divisão dos objetos de conhecimento é feita por unidades temáticas que consistem na reunião de um conjunto de conteúdos de uma mesma temática em uma unidade. Essas unidades aparecem em todos os componentes curriculares, com exceção da Língua Portuguesa, ao longo de todo Ensino Fundamental, com a diferença que as habilidades exigidas são maiores para cada ano letivo. Assim, o conteúdo trabalhado em um ano é retomado e ampliado nos anos seguintes, permitindo que o aluno adquira novas habilidades.
Dessa forma, é possível garantir que, durante o período de transição das etapas de escolarização, ocorra uma aprendizagem continuada, sem rupturas, evitando a fragmentação do trabalho pedagógico. Além disso, os professores devem cuidar para que o conhecimento adquirido pelo aluno ao longo dos anos iniciais do Ensino Fundamental seja ampliado durante os anos finais desse mesmo segmento de ensino.