A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
término contrato de trabalho

Pré-visualização | Página 1 de 2

TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
PRINCÍPIOS:
DA CONTINUIDADE DA RELAÇÃO DE EMPREGO
DIREITO SOCIAL/FUNDAMENTAL 
CF, ART 7º, I
TST, SÚMULA 212
DA PROTEÇÃO
SUPERIORIDADE ECONÔMICA
IN DUBIO PRO OPERARIO – D. MATERIAL DÚVIDA SE JUSTA CAUSA OU NÃO DECIDE PARA SEM JUSTA 
DA IRRENUNCIABILIDADE OU INDISPONIBILIDADE 
CLT, ART 500
EMPREGADO ESTÁVEL
TST, S.276
AVISO PRÉVIO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
DA PRIMAZIA DA REALIDADE
CTPS
DA RAZOABILIDADE
ABANDONO DE EMPREGO/ ÔNUS DA PROVA
DA BOA FÉ
RELAÇÕES JURÍDICAS – CC, ART. 113,164,187 e 422
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
P. NON BIS IN IDEM
GRADAÇÃO DE PUNIÇÃO AO EMPREGADO
ADVERTÊNCIA VERBAL
ADVERTÊNCIA ESCRITA
SUSPENSÃO
NÃO SUPERIOR A 30 DIAS - CLT, ART 474 
DEMISSÃO 
OBS1: PERDÃO TÁCITO 
OBS2: RAZOABILIDADE/PROPORCIONALIDADE
OBS3: NÃO DISCRIMINAÇÃO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
JUS VARIANDI x P. DA INALTERABILIDADE
DIREITO DIRETIVO DO EMPREGADOR
CLT, ART 2º, CAPUT
CLT, ART 468, §1º - DEIXA CARGO DE CONFIANÇA 
CLT, ART 469, §2º - TRANSFERÊNCIA NA EXTINÇÃO DO ESTABELECIMENTO
JUS RESISTENTIAE
DIREITO DE RESISTÊNCIA DO EMPREGADO
ORDEM ILEGAL
ORDEM ILÍCITA
ORDEM CONTRÁRIA ÀS CLÁUSULAS DO CONTRATO DE TRABALHO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
DEFINIÇÕES: 
RESOLUÇÃO – EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO PELA CONDUTA FALTOSA DE UMA OU DAS PARTES ENVOLVIDAS
RESILIÇÃO – EXTINÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO PELA VONTADE DAS PARTES
RESILIÇÃO BILATERAL - DISTRATO
RESILIÇÃO UNILATERAL – DENUNCIA 
RESCISÃO – EXTINÇÃO PELA NULIDADE DO CONTRATO OU OBJETO ILÍCITO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
CLT, ART 477 E SS
_____________
_____________
§6º - _________
OJ 162 DA SDI-1, TST – CC/02, ART 132
§8º- _________
CLT, ART 477-A
 SEM ASSISTÊNCIA DO SINDICATO 
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
INICIATIVA DO EMPREGADOR SEM JUSTA CAUSA
INICIATIVA DO EMPREGADOR COM JUSTA CAUSA
INICIATIVA DO EMPREGADO CAUSADO PELO EMPREGADOR = RESCISÃO INDIRETA
INICIATIVA DO EMPREGADO
INICIATIVA DO EMPREGADO E EMPREGADOR = ACORDO
DEMISSÃO INCENTIVADA
CULPA RECÍPROCA
INICIATIVA DE TERCEIROS
EXTINÇÃO DA EMPRESA
MORTE DO EMPREGADO
PRAZO DETERMINADO
APOSENTADORIA
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
1) INICIATIVA DO EMPREGADOR SEM JUSTA CAUSA
		1.1) OPTANTE DO FGTS
AVISO PRÉVIO – CLT, ART 487 E LEI 12.506/2011
SALDO DE SALÁRIO - CLT, ART 457
FÉRIAS VENCIDAS/PROPORCIONAIS (PP) – CLT, 146, PARÁGRAFO ÚNICO/147/TST, S.171
TERÇO CONSTITUCIONAL – ART 7º, XVII/ TST, S.328
13º PROPORCIONAL (PP) – LEI 4.090/62 = GRATIFICAÇÃO NATALINA
PRAZOS – CLT, ART 477, §§6º e 8º 
FGTS – LEI 8.036/90, ART 20, I 
INDENIZAÇÃO DE 40 % -LEI 8036/90, ART18 , §1º
SEGURO DESEMPREGO - GUIAS CD/SD – CF, ART 7º, II/ LEI 7.998/90
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
1.2) NÃO OPTANTE FGTS
ESTABILIDADE – CLT, ART 492
INDENIZAÇÃO DE ANTIGUIDADE – CLT, ART 477 E 478
PERÍODO ANTERIOR A 05/10/1988
DIREITO AO FGTS E INDENIZAÇÃO DE 40%
PERÍODO POSTERIOR A 05/10/1988
AVISO PRÉVIO
SALDO SALARIAL
FÉRIAS VENCIDAS E PROPORCIONAIS COM TERÇO
GRATIFICAÇÃO NATALINA
GUIAS CD/SD - SEGURO DESEMPREGO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
2) INICIATIVA DO EMPREGADOR COM JUSTA CAUSA - CAUSADA PELO EMPREGADO
PREJUÍZO MORAL
PREJUÍZO PATRIMONIAL
SALDO SALARIAL
FÉRIAS VENCIDAS
TERÇO CONSTITUCIONAL
PROPORCIONAIS NÃO DEVIDO – JURIS, TST, S.171
CLT, ART 482
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
2.1) CLT, ART 482 - COM JUSTA CAUSA DO EMPREGADO
IMPROBIDADE
INCONTINÊNCIA DE CONDUTA 
MAU PROCEDIMENTO
NEGOCIAÇÃO HABITUAL
CONDENAÇÃO CRIMINAL SEM SURSIS – SEM RELAÇÃO COM TRABALHO
DESÍDIA
EMBRIAGUEZ
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
CONTINUAÇÃO - CLT, ART 482 - COM JUSTA CAUSA DO EMPREGADO
VIOLAÇÃO DE SEGREDO
INDISCIPLINA
INSUBORDINAÇÃO
ABANDONO DE EMPREGO
ATO LESIVO À HONRA E À BOA FAMA E OFENSA FÍSICA
PRÁTICA CONSTANTE DE JOGOS DE AZAR
PERDA DE HABILITAÇÃO 
EXIGE DOLO
ATOS ATENTATÓRIOS À SEGURANÇA NACIONAL
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
2.2) EMPREGADO ESTÁVEL
COM JUSTA CAUSA
INQUÉRITO JUDICIAL PARA APURAÇÃO DE FALTA GRAVE – CLT, ART 494
NÃO INQUÉRITO 
2.3) OUTRAS MODALIDADES DE JUSTA CAUSA:
NEGATIVA DO EPI – CLT, ART 158, §ÚNICO
FERROVIÁRIO – CLT, ART 240, §ÚNICO
FALTA DISCIPLINAR DO APRENDIZ – CLT, ART 433, II 
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
3) INICIATIVA DO EMPREGADO CAUSADA PELO EMPREGADOR- RESCISÃO INDIRETA 
DIREITOS = TERMINAÇÃO SEM JUSTA CAUSA
CLT, ART 483 
SERVIÇOS SUPERIORES À SUA FORÇA – CLT, ART 390, 405
SERVIÇOS CONTRÁRIOS A LEI, BOM COSTUME OU CONTRATO
RIGOR EXCESSIVO 
SITUAÇÕES DE PERIGO DE MAL CONSIDERÁVEL
ATOS LESIVOS À HONRA E BOA FAMA
OFENSA FÍSICA
REDUÇÃO DE SALÁRIO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
4) INICIATIVA DO EMPREGADO
SALDO SALARIAL
FÉRIAS VENCIDAS E PP, TERÇO CONSTITUCIOANAL
13º SALÁRIO PP
AVISO PRÉVIO PARA EMPREGADOR
NÃO CABIMENTO: SAQUE DO FGTS, INDENIZAÇÃO E SEGURO DESEMPREGO
OBS: COM MENOS DE 01 ANO
FÉRIAS PP + TERÇO - TST, S.261
13º SALÁRIO PP – TST, S.157
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
5) INICIATIVA DO EMPREGADO E EMPREGADOR = ACORDO
REFORMA TRABALHISTA
CLT, ART 484-A
POR ACORDO DAS PARTES
VERBAS TRABALHISTAS PELA METADE
AVISO PRÉVIO
INDENIZAÇÃO DO FGTS 
 LEI Nº8.036/90, ART 18, §1º 
80% DA MOVIMENTAÇÃO DO FGTS
LEI Nº8.036/90, ART 20, I-A
SEM DIREITO AO PROGRAMA DE SEGURO-DESEMPREGO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
6) DEMISSÃO VOLUNTÁRIA OU INCENTIVADA
CLT, ART 477 – B 
ACORDO ENTRE AS PARTES
INDIVIDUAL PLÚRIMO OU COLETIVO
INDENIZAÇÕES INCENTIVADORAS
VERBAS RESCISÓRIAS DA CLT, ART 484-A
SEM DIREITO AO SEGURO DESEMPREGO
RESOLUÇÃO 467 DODEFAT, ART 6º
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
7) CULPA RECÍPROCA
CLT, ART 484
INTEGRAL
SALDO SALARIAL
FÉRIAS VENCIDAS
TST, S.14 – 50%
AVISO PRÉVIO
FÉRIAS PROPORCIONAIS
13º SALÁRIO
LEVANTAMENTO DO FGTS
METADE DA INDENIZAÇÃO CASO NÃO OPTANTE FGTS
MULTA DE 20%, LEI 8.036/90, ART 18, §2º
INDEVIDO SEGURO-DESEMPREGO
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
8) INICIATIVA DE TERCEIROS
8.1) FACTUM PRINCIPIS
CLT, ART 486, §§1º, 2º e 3º
PAGAS PELO PODER PÚBLICO
PAGAMENTO SÓ DA INDENIZAÇÃO (MAJORITÁRIA)
FGTS
CLT, ART 479 – CONTRATO POR PRAZO DETERMINADO
8.2) JUIZ INFÂNCIA E ADOLESCÊNCIA
CLT, ART 407, PARÁGRAFO ÚNICO
VERBAS RESCISÓRIAS - RESCISÃO INDIRETA = SEM JUSTA CAUSA
8.3) REPRESENTANTE DE MENOR
CLT, ART 408
14 – 18 ANOS
VERBAS RESCISÓRIAS – DEMISSÃO SEM JUSTA CAUSA
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
9) EXTINÇÃO DA EMPRESA 
9.1) EMPRESA INDIVIDUAL
9.1.1) MORTE DO EMPREGADOR E CONTINUIDADE DA ATIVIDADE
FACULDADE DE RESCINDIR O CONTRATO
CLT, ART 483, §2º - AVISO PRÉVIO NÃO EXIGIDO
MULTA DE 40% NÃO EXIGIDA
9.1.2) MORTE DO EMPREGADOR E NÃO CONTINUIDADE DA ATIVIDADE
= DEMISSÃO SEM JUSTA CAUSA
9.2) EMPRESA NÃO INDIVIDUAL
= DEMISSÃO SEM JUSTA CAUSA
9.3) FORÇA MAIOR OU CASO FORTUITO
CLT, ART 501 E SEGS
TODOS OS DIREITOS
INDEVIDO AVISO PRÉVIO
FGTS 
INDENIZAÇÃO DO FGTS PELA METADE
DEVIDO SEGURO DESEMPREGO
20
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
10) MORTE DO EMPREGADO
HABILITADOS NA PREVIDÊNCIA SOCIAL
OU ORDEM DA LEI CIVIL
SALDO SALARIAL 
FÉRIAS VENCIDAS E PP COM TERÇO
GRATIFICAÇÃO NATALINA
LEVANTAMENTO DO FGTS
NÃO CABE AVISO PRÉVIO
NÃO CABE MULTA DE 40% DO FGTS
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
11) POR PRAZO DETERMINADO
CLT, ARTS 443; 445, CAPUT, P. ÚNICO; 451; 452
____________
____________
____________
____________
	
11.1) EXTINÇÃO NO PRAZO
SALDO DE SALÁRIO
FÉRIAS VENCIDAS E PP COM TERÇO
GRATIFICAÇÃO NATALINA
SAQUE DO FGTS – LEI 8.036/90, ART 20, IX
TERMINAÇÃO DO CONTRATO DE TRABALHO
11.2) EXTINÇÃO ANTECIPADA
11.2.1) CLT, ART 479 – PELO EMPREGADOR
SALDO DE SALÁRIO
13º SALÁRIO
FÉRIAS PROPORCIONAIS
SAQUE DO FGTS
MULTA DE 40% DO FGTS
INDENIZAÇÃO DE 50% PELO TEMPO QUE FALTAVA
11.2.2) CLT, ART 480 – PELO EMPREGADO
SALDO DE SALÁRIO, FÉRIAS VENCIDAS, 13º E FÉRIAS PP
DESCONTO DE 50% DA REMUNERAÇÃO DOS DIAS QUE FALTAVAM
OBS: CONTRATO COM CLÁUSULA

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.