DIREITO CIVIL I
8 pág.

DIREITO CIVIL I


DisciplinaDireito Civil I53.131 materiais611.819 seguidores
Pré-visualização3 páginas
DIREITO CIVIL I
	1a Questão (Ref.:201804751693)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	O art. 1º do Código Civil prescreve que toda pessoa é capaz de direitos e obrigações na ordem civil. Assim:
		
	
	o texto se refere à capacidade cognitiva.
	
	o texto apenas se refere à legitimação para os atos da vida civil; 
	
	o texto consagra a chamada capacidade de gozo ou de direito;
	
	o texto consagra a chamada capacidade de exercício ou de fato; 
	
	o texto se refere à capacidade civil.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201804751250)
	Pontos: 0,0  / 0,1   
	  
(Questão 21 - 127º Exame OAB-SP) - A emancipação do menor estará correta se:
		
	
	  o menor tiver 16 (dezesseis) anos completos.
	
	  o menor tiver 16 (dezesseis) anos completos, concedida por seus pais por instrumento público, independentemente de homologação judicial.
	
	Fato jurídico stricto sensu é o acontecimento dependente da vontade humana, que produz efeitos jurídicos, criando, modificando ou extinguindo direitos. 
	
	  o menor tiver 16 (dezesseis) anos completos, por sentença do juiz, independentemente de ser ouvido o tutor.
	
	  por concessão dos pais ao menor de 16 (dezesseis) anos completos, por instrumento público homologado judicialmente.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201804752046)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	Acerca do domicílio, assinale a alternativa correta.
		
	
	É necessário o domicílio da pessoa submetida à prisão cautelar.
	
	Domicílio contratual é aquele determinado por lei, em face de alguma situação jurídica da pessoa, como atividade ou profissão que exerce.
	
	A superveniência de domicílio necessário da pessoa natural, por si só, não afasta o seu domicílio voluntário.
	
	O elemento objetivo do domicílio corresponde à intenção do sujeito de direito de permanecer no lugar de residência ou moradia de forma permanente.
	
	O domicílio do interditado é voluntário.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201804751569)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	No Direito Civil, a capacidade de direito, ou seja, a possibilidade de adquirir direitos e contrair obrigações conquista-se:
		
	
	com o nascimento com vida
	
	com a maioridade, aos 18 anos 
	
	desde a fase embrionária
	
	com a maioridade relativa, aos 16 anos
	
	desde a concepção
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201805259870)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	O Código civil está abrigado dentro dos parâmetros do Direito Civil, ramo jurídico que lida com as relações de natureza civil, desde o nascimento até a morte das pessoas, por isso se destina
		
	
	a esclarecer conflitos de natureza privada, desde que tem como base o direito processual pátrio
	
	a esclarecer conflitos de natureza privada, já que tem como base a norma costumeira como destaque
	
	aos processos administrativos, ou seja, regula o funcionamento dos tribunais em relação a determinado processo de natureza civil.
	
	a esclarecer e resolver conflitos de natureza privada, já que tem como base o nosso ordenamento jurídico pátrio
	
	aos processos judiciais, ou seja, regula o funcionamento dos tribunais em relação a determinado processo de natureza civil.
	1a Questão (Ref.:201804751178)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	Será possível distinguir uma associação de uma sociedade se aquela:
		
	
	for instituída por dotação de bens mediante escritura pública ou testamento e esta por um contrato.
	
	não possuir bens e esta possuir bens.
	
	não tiver fins econômicos e se esta tiver fins econômicos.
	
	se constituir apenas de pessoas físicas e esta se constituir por pessoas físicas e por pessoas jurídicas.
	
	possuir bens e esta não possuir bens.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201804751692)
	Pontos: 0,0  / 0,1   
	O Código Civil prevê que são pessoas jurídicas as associações, fundações e sociedades. Entre estas pessoas jurídicas, há diferenças acerca da forma da constituição e da finalidade. Sendo assim, considerando que Selma, Alex, João e José querem se unir para criar uma pessoa jurídica visando ao auxílio moral e material de crianças carentes e que, para atingir estes objetivos, vão realizar desfiles e bazares, qual deverá ser a pessoa jurídica a ser constituída:
		
	
	Devem constituir uma sociedade para auferir lucros e com este resultado ajudar as crianças carentes.
	
	Podem constituir uma associação, registrando-a no Registro Civil de Pessoas Jurídicas.
	
	Devem constituir uma fundação porque somente esta entidade, entre as três, pode ter finalidade assistencial.
	
	Podem constituir uma associação, mas não poderá realizar os bazares e desfiles.
	
	A entidade que pretendem criar será necessariamente precedida de autorização governamental para funcionar, além do registro em cartório.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201804751219)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	(Questão 24 - 125º Exame OAB-SP) - O domicílio, como consagrado pelo Código Civil:
		
	
	é único e consiste no centro de ocupação habitual da pessoa natural. 
	
	é considerado o local onde a pessoa exerce sua profissão. Se a pessoa exercer a profissão em locais diversos, deverá indicar um local específico para todas as relações correspondentes. 
	
	Nenhuma das opções acima
	
	pode ser plural, desde que a pessoa tenha diversas residências onde alternadamente viva.
	
	é único e consiste no local em que a pessoa estabelece residência com ânimo definitivo.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201804751714)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	(Procurador ¿ Prefeitura de Curitiba/PR ¿ 2015 ¿ Núcleo de Concurso ¿ UFPR ¿ NC-UFPR) Em relação aos direitos da personalidade, é correto afirmar:
		
	
	os direitos da personalidade não podem ser considerados direitos subjetivos, porque o conceito de direito subjetivo é dotado de alto grau de abstração, o que o torna superado na compreensão do Direito Civil contemporâneo, que tem matriz constitucional.
	
	a Constituição Federal consagra uma cláusula geral de tutela dos direitos da personalidade que prescinde de regulamentação para gozar de eficácia imediata, até mesmo em relações interprivadas.
	
	passados mais de cinquenta anos desde o golpe militar de 1964, as pretensões de indenização por danos decorrentes de violação aos direitos da personalidade durante o período da Ditadura Militar estão prescritas.
	
	N. D. A. 
	
	a proteção dos direitos da personalidade não se estendem às pessoas jurídicas, pois tais direitos têm por objetivo primordial a preservação do respeito à dignidade da pessoa humana.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201804751969)
	Pontos: 0,1  / 0,1   
	Com relação ao ato de disposição do próprio corpo e sua disciplina pelo Código Civil, assinale a alternativa INCORRETA:
		
	
	É admitido para fins de transplante, na forma estabelecida em lei especial.
	
	O ato de disposição pode ser livremente revogado a qualquer tempo.
	
	É válida, com objetivo científico, ou altruístico, a disposição gratuita do próprio corpo, no todo ou em parte, para depois da morte.
	
	O ato de disposição do próprio corpo tem limitações de ordem religiosa.
	
	É válido o ato de disposição do próprio corpo que contrarie os bons costumes, independentemente de exigência médica.
	1a Questão (Ref.:201804751691)
	Pontos: 0,0  / 0,1   
	Conforme dispõe o Código Civil, aplica-se, no que couber, a proteção dos direitos da personalidade às pessoas jurídicas. Partindo desta regra e da sua correta aplicação, assinale a opção correta:
		
	
	Somente as pessoas jurídicas de direito público gozam da referida proteção.
	
	A Pessoa Jurídica goza de proteção quanto ao seu corpo, assim entendido o prédio onde funcione sua sede.
	
	A honra da pessoa jurídica é tutelada na sua versão objetiva, que pode ser entendida como reputação.
	
	A honra da pessoa